Os usuários do Xbox One receberam uma grande bomba hoje (23), os assinantes do Xbox Game Pass receberão os jogos exclusivos da Microsoft neste... A jogada dos novos exclusivos no Xbox Game Pass foi inteligente, segundo Pachter

State-of-Decay-2-2

Os usuários do Xbox One receberam uma grande bomba hoje (23), os assinantes do Xbox Game Pass receberão os jogos exclusivos da Microsoft neste programa já no dia do lançamento. Agora, mais do que nunca, temos um modelo muito similar ao popular Netflix.

Desta forma, vamos aproveitar Sea of Thieves, State of Decay 2 ou Crackdown 3 no mesmo dia do lançamento pelo preço de uma única assinatura. Contudo, no GamingBolt, o famoso analista da Wedbush Securities, Michael Pachter, falou o que achava sobre a atitude da Microsoft.

Suas palavras sobre isso foram as seguintes:

“Eu não acho que seja algo significativo para as vendas do console. É uma maneira inteligente de oferecer aos consumidores acesso a uma grande quantidade de conteúdo a um preço razoável e nada mais do que isso. Pelo preço de dois novos jogos por ano (US $ 120), um assinante do Game Pass pode jogar todo o conteúdo exclusivo da Microsoft (pelo menos dois títulos AAA) e mais 100 jogos. É uma boa jogada se alguém pretende comprar pelo menos uma versão da Microsoft por ano, e com tantos fãs de Halo, Forza e Gears of War, eles devem notar um aumento nas assinaturas. Não vejo nenhuma correlação com as vendas de consoles, mas talvez esse programa os beneficie a longo prazo”.

Pachter também comentou que ele não acredita que a Microsoft sofra perdas pelos jogos no lançamento, uma vez que qualquer pessoa pode se registrar por um mês e revogar o acesso, no entanto, a maioria dos quais se registram permanecem tempo suficiente e gerarão benefícios.

jorgemoderador

Sou advogado e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Acompanho todos os produtos das Microsoft, inclusive como jogador do Xbox One.

  • Capitão Óbvio.

  • Jose Lima

    Kkkk esse cara eh uma piada, soh fala merda, daqui a pouco tá ele se retratando de novo e falando q alavancou as vendas… esse aí eh Walter mercado dos VG… ligue já 😂😂😂

  • xPayperboyx

    O dinheiro que eu tava juntando só pro state of decay, agora vai me render tbm sea of thieves e crackdown 3, quem ta vendo problema nisso tem deficiência

    • Luiz Souza

      E eu q comprei Gamepass de um ano por 50 reais.

      • xPayperboyx

        Maravilha, até mesmo o preço salgado da assinatura anual que da 348 compensa se a pessoa curte os exclusivos da microsoft, pois num ano costuma vir no mínimo uns 5 jogos dela e pra jogar todos no lançamento nao daria pra comprar 2 com esse valor, fora que todo mês entra varios jogos fora os exclusivos, gamepass ja se tornou a melhor assinatura do xbox

  • malik

    O dinheiro que eu tava juntando só pro state of decay, agora vai me render tbm sea of thieves e crackdown 3, quem ta vendo problema nisso tem deficiência

    • Sammy_Hagar

      Melhor que isso. Se vc não gostar de nenhum destes jogos, o teu prejuizo foi apenas miseros 30 reais. E ainda é muito difícil num catálogo de mais de 100 jogos vc não ter nada do que goste. O sujeito tem que ser muito arrombado pra falar uma vírgula contra o Xbox Game Pass.

  • Fernando
  • Matheus Francisco Leite

    E de quebra, inutiliza o sistema de “compartilhar contas”, gerando mais receita e fortalecendo a comunidade

    • Tarciso Cassiano Lins

      Meu gamepass funciona normalmente no sistema de compartilhamento de console.

      • Matheus Francisco Leite

        Ok, mas nao é tao vantajoso como era antes

        • Tarciso Cassiano Lins

          – funciona normalmente-. Que parte você não entendeu? Se funciona, continua sendo dividido do mesmo jeito. Poupe-me.

          • Rafael Medeiros

            Kkkkkkkkk

  • Jairo Picanço

    Decisões desse nível com o GamePass não são tomadas na base do chute ou achismo. Certamente foram considerados:

    1 – O atual êxito do Game Pass.
    Se os resultados iniciais não fossem muito bons, não estaria sendo usado como carro-chefe da empresa para publicação de games. Simples assim.

    2 – Maior probabilidade de receita
    É bem mais confortável para a empresa conseguir se planejar e prever quando, onde e como direcionar a verba dos jogos, ao invés de ficar na “tentativa e erro” de investir em algo que pode fracassar. Acredito que com essa plataforma, a tendência é aumentar o investimento em jogos exclusivos, até mesmo single player, porque assim o catálogo do GamePass estará recebendo novidades de maneira mais constante e que agregariam valor ao plano. O próprio Phil já declarou lá atrás que pretende usar o GamePass como importante financiador desses jogos.

    3 – Acessibilidade
    São mais pessoas jogando, e assim aumenta a probabilidade do jogo ser mais bem sucedido do que se fosse lançado solo.

    • blogaomobile

      Sea of Thieves mesmo, muito caro por R$ 200, muita gente ia esperar o jogo ficar mais barato. Agora com essa notícia, todo mundo vai jogá-lo no lançamento, acho que vai bombar.

      Até no PC já tá começando a valer a pena assinar.

      • Jairo Picanço

        Eu era um. Achei a proposta legal pra jogar com amigos nas Alphas que testei, e estava curioso pra ver como seria a versão final, mas 200 reais estava fora de cogitação.

        Mas lançando no GamePass é outra história. Como minha assinatura já expirou, então vou aproveitar para terminar uns jogos pendentes e em março vou assinar pra jogar Sea of Thieves.

      • Sammy_Hagar

        Perfeito comentário. Se muitas pessoas deixassem Sea of Thieves ficar mais barato pra comprar depois o jogo poderia fracassar no lançamento, já que é multiplayer e precisa de gente jogando pra ser divertido. O multiplayer de Titanfall 2 fracassou em parte porque era difícil achar jogadores no lançamento. Agora tenho quase certeza que Sea of Thives vai bombar no lançamento.

      • Faboo

        pensa aí como o multiplayer dos jogos do game pass vão ficar bem povoados… a xbox live vai lotar muito mais… é lucro chamando lucro…

    • pcmasterwait

      Esses caras tem acesso a dados de acesso, venda, uso etc dos consoles que ninguém mais imagina, só eles. Nego acha que eles iam tomar essa decisão de forma avulsa à toa. Sabem de nada.

  • Tarciso Cassiano Lins

    Cadê a ovelha defendendo que os jogos da Sony não tem microtransações. Apareça!

    https://uploads.disquscdn.com/images/4a852368ded2f7b64feb867df76f0d941c26107dc71945bc4955b4bbab9f79f5.jpg

    • XCaixa

      XP Boost pressupõe turbinar as habilidades… mas que habilidades? o Kratos não vai pular, nadar, nem dirigir o barco, seria melhor então se aposentar e cuidar do filho.

      • Tarciso Cassiano Lins

        Esse vai ser o tipo de jogo que vai demorar a zerar porque vai demorar a “catar lixo”.

    • Fernando
      • Vinicius Bezerra

        serio?

      • Dcar

        Sacanagem seria ter downgrade num jogo como Crackdown 3, que já pareceu medíocre em gráficos logo quando foi apresentado, mas GOW. kkkk

    • Dcar

      O Conteúdo grátis de pré venda é o que vc chama de micro transação ou eu não to conseguindo entender? Explica ai como será e do que se trata essa micro transação?

      • Tarciso Cassiano Lins

        XP boost, você paga para passar de nível mais rápido. XP = experiência e boost = impulso. Qualquer dúvida você coloca no google tradutor. 😉

        • Ovelhinha

          vc ta precisando de pica ou buceta para deixar de ser lunático delirante.

          • Tarciso Cassiano Lins

            Pode ser um cú também, nunca se sabe. No interior é o que mais se faz com ovelhas. 😉

        • Dcar

          Vc é bem inteligente mesmo heim. kkkk Mas onde está a micro transação? Como vai funcionar? Explica! Vc deve ter propriedade pra isso pra falar tamanho lixo. kkkk

          • Tarciso Cassiano Lins

            Óbvio que a mamãe sony não vai colocar um xp boost só para quem comprar em pré-venda, ela quer que todas as suas crianças tenham direitos iguais (desde que paguem). Portanto, como exemplos de vários jogos com microtransações, não é difícil saber que existirá isso no jogo. Seja um pouco mais inteligente, até colocava fé em você…

          • Dcar

            Se for inteligente é falar o que não sabe, falar achismo sem ter propriedade, ser ovelha alienada, fanboyzinho… prefiro ser burro. Só vejo ai itens exclusivos de pré venda, como qualquer outro jogo da Sony, sem adivinhações até ai.

          • Tarciso Cassiano Lins

            Vou esperar você comprar e me dizer.

          • Dcar

            Melhor, se quiser eu até transmito minha partida.

          • Tarciso Cassiano Lins

            Não achei o jogo interessante o suficiente para isso, mas obrigado pelo convite.

  • Sammy_Hagar

    Micheal Pachter e inteligente não cabem numa mesma frase. É obvio que se a Microsoft está abrindo mão de ganhar com a venda de jogos AAA no lançamento ela pretende aumentar a base de assinantes do Xbox Game Pass e da Gold. Também é obvio que ela pretende vender mais consoles pra angariar usuários que gastam pouco (segundo a EA a maior parte dos usuário de videogame não gasta mais de US$ 100,00 por ano nos EUA, dai a criação do Xbox Game Pass).
    Phil Spencer foi muito ousado em querer transformar o Xbox Game Pass literalmente num Netflix dos videogames. Existe o perigo do tiro sair pela culatra. A Netflix já bancou muito dinheiro em algumas super produções que foram muito mal de audiência, prejudicando os lucros do serviço.
    De qualquer forma essa bomba ofuscou a data de revelação do lançamento do God of War. Acho que o Xbox One vai arrebentar na próxima E3.

    • Jairo Picanço

      Você tocou no ponto. Atrair novos jogadores que tradicionalmente compram poucos jogos.

      Eu vejo essa iniciativa do GamePass na seguinte perspectiva: Da mesma forma que o Netflix enquanto serviço levou muitas pessoas para o hobbie de assistir filmes e séries de maneira regular como nunca antes, MUITAS outras pessoas que não tem tanto contato assim com games, ou jogam esporadicamente, possam se sentir cativadas em apostar no GamePass por tamanha acessibilidade de conteúdo pra games.

      E não é questão de digamos… “arrancar mais dinheiro” do jogador como alguns poderiam falar, mas sobretudo de trazer novas pessoas para os games de maneira regular, fazendo-os investir no serviço o que nunca se sentiriam tentados a investir jogo-a-jogo, tal como muitos antes do Netflix nunca gastariam filme-a-filme.

      Sem contar que o mercado de usados tem grande impacto nessa relação de jogos vendidos. Se considerar que esse consumidor de usados não tem apego à posse (pelo menos os que passam adiante), parte desses consumidores pode ser seduzida ao plano, talvez não por uma assinatura perene, mas quem sabe por períodos eventuais.

      • Tarciso Cassiano Lins

        Não esquecendo o fato da Netflix ter criado o “comodismo” diante da pirataria.

      • Sammy_Hagar

        Mercado de usados só vai servir pra comprar jogos do PS4 e da Nintendo, e olhe lá. God of War provavelmente vai ter boas vendas no lançamento, mas assim que o pessoal que comprou midia física zerar uma ou duas vezes, vão passar o jogo pra frente, fazendo o preço do mesmo despencar.

  • felipe

    Vix tudo que patcher fala acontece ao contrario..então alguma merda está para acontecer.

    • João Silverado

      Pois é, kkkk.

  • Cody Wade

    Esses caras tem acesso a dados de acesso, venda, uso etc dos consoles que ninguém mais imagina, só eles. Nego acha que eles iam tomar essa decisão de forma avulsa à toa. Sabem de nada.

    • Coala Japonês

      exatamente o que eu penso… e se o Michael Patcher diz uma coisa é totalmente o contrário pq esse “analista” só da bola fora!

  • Kazuma Kiryu

    Se a MS já não investia em exclusivos de peso, daqui em diante será menos ainda. Colocar os lançamentos no game pass gera sim alguma receita, mas não o suficiente pra custear produções de alto nível e custo. Vão lançar apenas jogos de baixo orçamento focados em multiplayer e microtransacoes ( Pubg, por exemplo), daí o prejuízo é bem menor.
    Imagine, por exemplo, se a Disney lançasse um novo Vingadores no cinema e, no mesmo dia, colocasse no Netflix. Seria uma prática predatória e que arruinaria a principal fonte de receita — as bilheterias. Analogamente, é a mesma situação do Xbox.

    • João Silverado

      Se fosse jogo single player de campanha curta, sim. Mas serão jogos multiplayer e competitivos. Cada partida é uma coisa diferente q acontece. Cinema é estático e toda vez q vc for ver o filme, é o mesmo filme. Por isso acho essa comparação válida para SinglePlayers curtos. Se o QB fosse pra ser lançado esse ano, com as mesmas 1 semana de campanha, ñ seria legal coloca-lo no GamePass.

      • Joab Dierlein

        cara, faz igual eu, eu pesquisei os custos de produções de jogos, e de series da netflix, stranger things custou mais de 100 milhões de dolares, ou seja. de alguma forma eles conseguem lucrar e muito. No começo só tinha house of card. Alem da microsoft lucrar com isso, ela vai lucrar com a live, com as dlcs, com itens ( isso dentro do jogos do game pass fora as vendas dos jogos por fora, dos que não irão assinar.) Hoje a netflix é grande, mas ela já foi pequena, e agora tá grande e com muitos concorrentes, hulu, amazon, disney e varias outras empresas tão criando algo parecido, mesmo assim acho que vale a comparação

        • Kazuma Kiryu

          Cara, Netflix possui mais de 100 milhões de assinantes, ou seja, uma base muito mais sólida pra aguentar os custos das suas produções. Mesmo assim, eles acumulam dividas de bilhões e só não quebram porque suas ações são extremamente valorizadas.

          • Rafael Medeiros

            Cadê as fontes? Kkkkk
            Kazuma= vergonha diária

          • Rudo Alexa

            Uma praga dessa não aguenta meia hora de debate numa mesa…

        • Mendigo Strife

          Pessoal acha que os jogos da MS são como os “filmes interativos” da Sony, em que uma tarde você já termina o jogo e deixa la pegando poeira, um “Game Pass” no PS4 sim seria um tiro no pé, ja que o foco no multiplayer é abaixo de nulo.

        • João Silverado

          – É, eu já melhorei minha opinião. Pq se o número de assinaturas for grande e a Dev do jogo, no caso o Single player de campanha curta, receber sua fatia do bolo todo sendo um valor maior do q a previsão mais otimista de vendas full, vai valer mto a pena pra ela disponibilizar o jogo na plataforma tbm. É tudo questão do quanto de público será atingido.
          – Discutindo esse assunto no Twitter ontem, tbm cheguei a conclusão que a MS deve ter um esquema de compensação inicial para as Devs enquanto o sistema vai sendo adotado pelos usuários e ñ gera a receita esperada pela Dev. Grana pra isso a MS tem.

    • Vinícius

      Mano, sei que é exemplo, mas porra, por quê dar o exemplo de algo totalmente diferente? Tu é demente?

    • Michel Bazzo

      Ser de baixo orçamento não quer dizer baixa qualidade. A pessoas não reclamam que o jogo tem que ter uma história boa? Acredito que criar um jogo focado na história é mais barato que manter servidores dedicados.
      E a netflix não faz filmes exclusivos? Acha que bright saiu quanto? Comparar com vingadores é sem noção esse filme é arrecadação certa mais de 1bi.

    • Luiz Felipe Meirelles Barbosa

      Penso que no Netflix sim!!!
      Você tem Razão…
      No entanto, se fosse no próprio serviço da Disney, que ja está previsto, e que por sinal, a mesma irá remover seu conteudo do Netflix, entre 2019 e 2020, provavelmente, quando termina o prazo de licenciamento do conteúdo.
      Acho que a situação é completamente diferente!!!

    • Jefferson

      desculpa aí analista da MS.

    • Sammy_Hagar

      Vc acha que a Microsoft vai produzir Forza, Halo, Fable, Gears com qualidade mediana ? Se a metade da base do Xbox Game Pass assinar o serviço a produção destes jogos já vai estar paga.

    • Alexandre

      O custo de produção de séries e filmes originais da Netflix estão bem longe de se enquadrar como baixo orçamento! Kkkkk
      Outra má notícia, mesmo a base instalada de Tekken 7 ser muito maior no PS4, no Xbox One o multi funciona muito melhor e vem com Tekken 6
      😉

      • Kazuma Kiryu

        Não mesmo. Mas estamos falando de um serviço com mais de 100 milhões de assinantes (3x a base do XBOX), ou seja, eles têm um culhão operacional muito maior pra aguentar esses custos. E, mesmo assim, o Netflix acumula alguns bilhões em dívidas, ou seja, eles precisam acertar muito bem a mão em que séries vão investir.
        E não entendi o que Tekken tem a ver com meu comentário. Tá viajando? kkkkk

        • Dcar

          Esquece, cara. Os fanboys caixista nunca entederam o que você disse, porque não convém a eles. Mas uma coisa é certa, a Microsoft meio que anulou o que já não era grande coisa, a venda de jogos exclusivos, se o Xbox é a plataforma que menos vende jogo multiplaforma, agora também carregara o título de plataforma com número de vendas de exclusivo mais insignificante da história do videogame. Pelo lado do gamer a notícia é ótima, afinal de contas poder jogar um lançamento ao preço de 30 pilas, tá otimo. Mas preocupa pra onde se vai a qualidade e de onde irá vir fundos para investimento de novas IPs exclusivas, se é que virão, talvez apostem só no trio de força (Gears, Halo e Forza). Bora esperar a E3 desse ano pra ver se terá coisa nova e o impacto que isso trará ao futuro dos exclusivos do Xbox no futuro.

          • alanfast .

            “Anulou o que ja não era grande coisa” kk michael patcher de guarulhos!

          • Mendigo Strife

            Lembrei dos exclusivos da Sony agora…, com a tal “base” em que volta e meia vende mais de 1 milhão de unidades, mas nem vale a pena perder tempo mostrando os fatos, quem nasce com a mente fechada morre com a mente fechada.

          • Sammy_Hagar

            No Playstation a venda de exclusivos também não é lá grande coisa. O divertido é ver que o cu dos executivos da Sony ta apertadinho com as baixas pre-orders do God of War. Quem presta atenção nos números sabe pra onde ir, já quem alimenta a midia com marketing enganoso uma hora vai dar de cara no chão. Pelo menos God of War vai ser um ótimo entretenimento pra se assistir no Youtube. O mais legal sobre o Xbox Game Pass é que qualquer um que tenha Xbox One vai poder jogar jogos da M$ no lançamento a preço de banana, sem se preocupar com reviews escritos por gente que não joga nada.

          • Rafael Medeiros

            Vende mais que no play beta com certeza, os exclusivos dos poneys mal entram no top 10

          • Ovelhinha

            imagine se os exclusivos do PS4 vendem pouco, com a Sony mostrando os numeros…

            Imagine quem ESCONDE os numeros.

          • Dcar

            Kkkk. Já deu pra ver que vc não sabe nada mesmo. Se do PS4 não entra, imagina do One. Mas faz assim, dá um pesquisada ai dos jogos mais vendidos no mundo e veja quais foram e mesmo os multiplataforma em qual plataforma vendeu mais. Vai lá pesquisar e depois volta aqui.

        • Alexandre

          A quantidade de produção original da Netflix é muito maior que a quantidade de jogos first party da Microsoft, Sony e Nintendo somadas. A base do Xbox é muito mais sustentável visando 3 ou 4 produções originais por ano.
          Tekken é um exemplo de um jogo de luta japonês que se o console é incompetente para o online pouco importa o tamanho da base.
          No mais, vamos ver se o foco da MS será investir menos ou mais em jogos, é uma pena que não dá pra apostar, seria dinheiro fácil para mim.

        • Rafael Medeiros

          Só falta vc dizer que a Netflix é maior que a Microsoft. Vc é um ótimo analista, está seguindo bem o seu guru patcher. Netflix com prejuízo…. kkkkkkk

      • Dcar

        Vamos rir pra não zuar. kkkkkkk

  • Edilson Jr Pinto

    Halo Wars que eu peguei no Game Pass funcionando em 4K no PC. Antes de dizerem que “Game Pass é exclusivo de Xbox, Game Pass não funciona no PC, Avisa a Microsoft pra mudar o FAQ dela”, TESTEM, caramba, antes de ficarem falando abobrinha. Querem que eu mande fotos do ReCore e Gears of War 4 também? Os que forem Play Anywhere vão funcionar no PC, sim.

    Por isso que Game Pass é uma boa notícia para o PC, também.

    https://uploads.disquscdn.com/images/f8a07118d3c5143f3f88387cb0797902421810b52277d4d0cf64df6b6260490d.jpg

    • João Silverado

      Mas dessa forma, só com os PlayAnywhere, funciona mesmo.

      • Edilson Jr Pinto

        Sim, e Sea of Thieves é Play Anywhere. Crackdown é Play Anywhere e todos os jogos “exclusivos” da Microsoft agora são. Então quem tem PC faturou com o novo GamePass. Entendeu?

        “Ah, mas PC tem hacker”, então quem tem console se ferrou junto, pois os jogos também são Crossplay, isso quer dizer que se você estiver no Xbox One também jogará contra pessoas no PC e vice-versa. É uma única rede. Como já falei antes, não existe mais GAMES FOR WINDOWS, a rede do PC se chama Xbox agora (para jogos Microsoft).

        Sinto muito, mas o seu Gears of War 4 tá cheio de jogadores de PC queiram vocês ou não.

        • Tarciso Cassiano Lins

          PC tem hacker na Steam, na rede do Windows, não. Uma boa para os PC gamers, apesar de não aproveitar de todo o gamepass.

          • Vinicius Bezerra

            tem hack no Windows store

          • Tarciso Cassiano Lins

            Se você fala do Game Hackers, sinto muito, mas não vai funcionar com Gears ou outros jogos de PC.

          • Vinicius Bezerra

            gears 4 eu sei que existe acho que a 1 ano atrás, tem um vídeo sobre isso no Xbox mil grau

          • Tarciso Cassiano Lins

            Pesquisei e nada, no entanto, o Forza realmente existe, mas aparentemente só ele.

          • Edilson Jr Pinto

            Forza Horizon 3, inclusive, foi pirateado e funciona online. Não sei de outros.

          • StopManx

            Não funciona o online, o online é pelos servidores do Xbox Live, logo iriam saber que vc não tem o game.

          • Edilson Jr Pinto

            Então, mas o pessoal tem que divulgar. Acho que no GamePass tem 5 jogos que servem pra PC. Com isso aumenta o público que pode assinar o serviço. Caramba, Gears 4, ReCore e outros. Vale. O que não pode é ter egocêntrico que reclama que o dá pra baixar no PC.

        • alanfast .

          crossplay é só em partidas sociais e privadas, partidas por ranking são restritas.

          • Edilson Jr Pinto

            Nossa. Em julho de 2017 as partidas rankeadas entre PC e Xbox One já estavam liberadas. Dá uma olhada aí, faz tempo que pode.

        • João Silverado

          Pois é. Depois me lembrei q todos os jogos da MS tbm são obrigatoriamente PlayAnywhere. Agora já ñ sei mais se estes jogos funcionando no PC via GamePass é permitido ou é alguma brecha/bug. O papo sempre foi que um jogo comprado no Xbox, sendo PlayAnywhere, seria acessado do PC tbm. Agora se via GamePass está liberado tbm, mto bom para os PC gamers.

  • Lucas
  • william coleman

    Você tocou no ponto. Atrair novos jogadores que tradicionalmente compram poucos jogos.Eu vejo essa iniciativa do GamePass na seguinte perspectiva: Da mesma forma que o Netflix enquanto serviço levou muitas pessoas para o hobbie de assistir filmes e séries de maneira regular como nunca antes, MUITAS outras pessoas que não tem tanto contato assim com games, ou jogam esporadicamente, possam se sentir cativadas em apostar no GamePass por tamanha acessibilidade de conteúdo pra games

    • Junior Santos

      Cara foi o que aconteceu aqui em casa, Hoje em dia Minha mãe praticamente todos os dias assiste Netflix, eu tenho meus jogos comprados que praticamente são Single, no game pass de um mês meus sobrinhos vieram pra ca e baixei alguns pra jogar com eles. O game não deixa de ser uma alternativa otima pra todos. só falta um plano anual. como live e ea access.

  • JadaH

    E de quebra, inutiliza o sistema de “compartilhar contas”, gerando mais receita e fortalecendo a comunidade

    • Michael Gomes

      Onde você viu que não será mais possível compartilhar contas?

    • Rafael Medeiros

      Nem tem o console e vem bostejar aqui

  • Kaka SP

    Mas ainda dão atenção pra esse cara rsrs.

  • Cell

    Os Sonystas e analistas de plantão só pensam em vendas de consoles e triplo AAA. Não pensam em serviços, em qualidade. Ficaram umas 6 horas sem PSN ontem só jogando campanha single-player e vem com essa de vendas vendas vendas.

    • Sammy_Hagar

      A preocupação dos sonystas é que a qualidade dos exclusivos da Microsoft tenha uma queda, como se eles jogassem alguma coisa no console. O fato é que a poneyzada tá com o cotovelo dolorido porque a Sony não faz absolutamente nada que seja interessante aos donos de um PS4. Nem melhorar a PSN se preocupam. Ainda preferem empurrar jogo de filminho do God of War que muita gente nao vai comprar no lançamento, pois sabem que compensa comprar mais barato depois já que o jogo vai consistir apenas em uma campanha limitada. Pra piorar, transformaram o Kratos num velho cuzao.

      • Hendrick Serafim

        Mano e raro eu comentar aqui no site … sou bem ghost mesmo kkk. Mas cara diminui esse ódio ai mano… pow cara seja um Gamer e não confunda qualidade de um jogo com qualidade de um console. Sou grande fã de PC e Xbox o PS só foi bom pra mim no ps2.

        • Rudo Alexa

          Não se trata de ódio, se trata de personalidade.

          É OU NÃO É?

          Personalidade…

      • CarlosCaixa

        Não dá pra negar que a qualidade dos exclusivos Microsoft decaiu muito
        2017 foi o pior ano de longe, nada de bom de exclusivo.

        • Rafael Martins

          Chora mais, clone.

          • CarlosCaixa

            Minha opinião =)

          • Rudo Alexa

            Adolescentes não tem opinião legal. É pura emoção espontânea e verdadeira. Digo isso olhando pra mim quando eu era adolescente.

          • CarlosCaixa

            legal mas não sou adolescente rsrs

      • Rudo Alexa

        O Kratos tá parecendo um npc de missão secundária de um RPG qualquer, puta mudança tosca no rosto dele…

    • Marcelo

      Os “analistas” que só tem visão da Sony realmente é um mal negocio essa ideia da MS, exclusivo da Sony é pra comprar, jogar 10 horas e esquecer, pra esses jogos realmente vale mais vender por 200 reais que alugar por 30..
      Os jogos da MS são mais sociais (a maioria é MP) se o cara alugar o jogo pra economizar e ficar jogando por meses o jogo ja se paga, sem contar que tem DLC, compras no jogo e outras fontes de receita que vão crescer se a base de usuários for maior.

  • CarlosCaixa

    Não achei inteligente mas só o tempo nos dirá…

  • Ovelhinha

    se o Patcher disse que foi uma boa jogada, não é.

    fico pensando como a MS vai fazer publicidade disso para o norte americano medio burro e ignorante, o consumidor tipico do xbox… O gordo burro não sabe nem o que é midia digital….

    • Sammy_Hagar

      O norte americano médio burro e ignorante por enquanto tem comprado PS4. Porém, por mais burros que sejam, a maioria deve ter acesso a internet e deve saber fazer conta pra entender as vantagens do custo / beneficio que somente o Xbox One proporciona.

  • Marcelo

    O que os analistas não entendem é que a MS ta procurando “qualidade” e não “quantidade” de usuários.. Alugando o jogo por esse serviço a MS perde na venda do jogo, mas ganha nas assinaturas de gold e nas compras dentro do jogo(dlc, etc)
    E sem contar que jogadores que tem mais de um console(e que são os que mais gastam) se um assinar o serviço, provavelmente vai deixar o Xbox como seu console principal e vai acabar comprando os outros jogos pro Xbox, deixando outros consoles só pra exclusivos..

  • Celio Maia

    Isso é um tapa na cara da mídia tendenciosa principalmente a BR, agora só é pagar $30 conto testar o jogo e tirar suas próprias conclusões… Kkk

  • Hunter_Superior

    Essa é uma cartada incrível da Microsoft, tanto os usuários quanto à empresa saem ganhando! O usuário se beneficia pelo custo benefício, convenhamos jogos lançamentos são relativamente caros, ainda mais aqui no nosso Brasil, imagine jogar os lançamentos no dia e ter uma variedade de 100 jogos à sua escolha pela bagatela de 30 reais mensais!!!

    Já à empresa fortalece ainda mais o nome da marca entre os jogadores, dificilmente terá um caixinha mudando de lado, já o contrário… algo à ser considerado é que o número de assinantes Live Gold deve aumentar bruscamente, logo os demais serviços tbm se beneficiarão com isso.

    Sendo bem sincero, na minha visão (e de muitos), o Gamepass era um serviço mais pra quem estava pegando o console agora e quer jogar bons jogos pagando pouco, jogos esse que à grande maioria já aproveitou durante à geração ou que não havia interesse, mas agora…agora o Gamepass tem à atenção de todos novamente.

    Live Gold + EA acces + Gamepass

    Ultimate!

  • Diogo Rafael Rodrigues

    Acho que merece um estudo antropológico o comportamento das pessoas na internet, é incrível !
    A pessoas escreve como se fosse do circulo intimo do Bill gates, meeeerrrmão, ninguém sabe porra nenhuma de nada, se a gente fosse foda mesmo, estaria trabalhando pra eles, não vem com essa de “acho que…” – “deviam fazer….”, mano nós somos só um bando de merdas, aceite.

    Se sua opinião fosse importante, eu veria ela na capa da TIME, e não em comentários
    de site.

    • Rudo Alexa

      Não, o cérebro serve pra ser testado também. Filtre tudo, scrolle rápido quando ver um comentário que não acrescenta nada. Absorva pra si aquilo que é essencial, que é legal, que tem coerencia, que acrescenta. Do nada, você pode SE SURPREENDER.

      Uma coisa é fato pra mim, de cada 10 comentaristas, somente 3 acrescentam alguma coisa. Então, de 3 em 3, você vai interagindo com pessoas legais.

      Outro fato, você está aqui na sessão de comentários passando raiva, quando o certo segundo sua lógica, era ler a notícia e sair fora…

  • Murilo

    Particularmente achei uma ótima jogada da Microsoft!

    Dessa forma, a Microsoft pode acabar lucrando mais com a venda de serviços e, eventualmente, compras ingame nos jogos que o suportam.

    Creio que ter um grande engajamento de público desde o lançamento de um jogo é uma ótima forma de demonstrar a infraestrutra de serviços online e a força de uma comunidade…

Curta nossa nova página no Facebook!