Carregando...
0 1

Bolsa de valores castiga Sony e Nintendo por suas conferências na E3 2018

Bolsa de valores castiga Sony e Nintendo por suas conferências na E3 2018

nintendo-switch-2

Nintendo já realizou a conferência na E3 2018, e mais descaradamente do que nunca, dedicou quase tudo para Super Smash Bros Ultimate e mais alguns anúncios. Sony, por sua vez, centrou-se  em quatro títulos exclusivos como The Last of Us: Parte II, Ghost of Tsushima, Death Stranding e Spider-Man.

Pelos fóruns e redes sociais, as pessoas estão mais ou menos satisfeitas, também os críticos não gostaram tanto dessas apresentações, especialmente com a Nintendo que já anunciou vários grandes nomes no passado. Mas onde parece que houve unanimidade é na Tokyo Stock Exchange, que não aprovou as conferências das suas empresas japonesas. O dia depois de cada conferência, terça e quarta-feira para a Sony a Nintendo respectivamente, as ações tiveram quedas drásticas.

6,21% foi a queda das ações da Nintendo, que voltou a fechar abaixo a 40.000 ienes por ação, depois de ter recuperado esse valor nos dias anteriores da feira nos Estados Unidos. A queda da Sony foi mais suave, que na terça-feira abriu forte e rapidamente perdeu quase 3% após sua conferência. No entanto, ele conseguiu avançar ao longo do dia (madrugada no Brasil) e conseguiu compensar na quarta-feira com um pequeno aumento de 0,42%.

Não custa lembrar, tanto a Sony quanto a Nintendo atualmente tem suas receitas baseadas prioritariamente nos jogos, logo qualquer movimento não bem aceito na indústria dos games abala suas ações.

 

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!