Carregando...

Impressões do modo multiplayer de Crackdown 3, Wrecking Zone

Parecia que nunca iria acontecer, mas o lançamento do Crackdown 3 é iminente. E não foi fácil chegar aqui, longe disso. A Microsoft tinha planejado seu lançamento para o início de 2016, uma data que foi adiada até 2017, e depois para 2018 … E finalmente para 15 de fevereiro de 2019.

Mas desta vez não passa, o jogo da  Sumo Digital e Microsoft Studios Xbox Game Studios vai à venda em cerca de uma semana e nós tivemos a oportunidade de jogar a versão de testes liberada para os Insiders.  Correr, atirar e fazer todo tipo manobras com agentes em Crackdown 3 no modo multiplayer Wrecking Zone não é nada mal, acredite.

O Windows Club já postou o que a mídia achou da versão prévia de Crackdown 3, e os resultados foram altamente diversos e polêmicos que só reforçam que você terá que jogar e tirar suas próprias conclusões. Contudo, nesta matéria veremos mais opiniões de jogadores do Xbox One.

Se o que estamos procurando é uma destruição em grande escala de edifícios e estruturas, é claro que teremos que ir ao modo Wrecking Zone. Nele, duas equipes de 5v5 se enfrentam em um mapa totalmente destrutível, o que dá origem a situações totalmente caóticas que dão a este jogo grande dinamismo. As paredes caem peça por peça com os impactos,  até mesmo o chão e pontes cedem quando sofrem danos em suas estruturas e acabam em colapso ao longo do jogo … A grande diferença de Crackdown 3 para os demais jogos começa aqui: não há lugar seguro, o que obriga o jogador a se mover de forma constante e tornam-se mais agressivo do que rivais para sobreviver. Não é o jogo que favorece covardes ou campers.

Na verdade, cada jogador tem uma arma explosiva (além da principal) e munição ilimitada, por isso é inútil se esconder, especialmente com um ambiente em mudança como esse. No entanto, a destruição oferecida por este modo é um pouco menor do que foi mostrado anteriormente, com aqueles edifícios complexos que estavam em colapso uns sobre os outros, ou pelo menos essa é a impressão que nos causou nesta versão de testes. Mesmo com isso, os jogos neste modo multiplayer acabaram sendo realmente divertidos com todo o caos que acontece neles, com uma taxa alta, explosões em todo lugar e muita diversão.

Algo que merece destaque é o modo Agent Hunter já que nele o nosso objetivo não é apenas acabar com os agentes do outro time, mas também obter as medalhas que eles liberam quando morrerem, o problema é que elas desaparecem em alguns segundos. É inútil matar outro jogador do outro lado do mapa, se não formos capazes de recolher o saque que ele deixa após a sua morte. Além disso, distribuído pelo mapa haverá vários power-ups na forma de orbes.

Abaixo, os comentários de jogadores:

Estou a ter uma explosão com o CD3 [Crackdown 3] Wrecking Zone. A forma como o jogo recompensa verticalmente e oferece bons movimento se sente muito bem. Design de som é top-notch, destruição funciona muito bem. Algumas questões de fps ainda precisam melhorar, eu posso definitivamente ver isso encontrar uma base de jogadores saudável. Espero que vocês tenham gostado, também.

Realmente funciona assim. O caos é tão grande que a metade da área desmorona e você tem que correr para evitar ser enterrado. Este  multiplayer de Crackdown 3 dará muitas noites 😁.

Crackdown 3  Wrecking Zone  é muito divertido, e a destruição da nuvem funciona muito bem. 7 dias!

Olhei e funcionou melhor do que eu pensava, mas não me deixa otimista para o componente on-line de Crackdown 3.

Crackdown3 MP proporciona uma enorme diversão 😁. Ele foi odiado por nada. Pergunto-me qual site primeiro admite que o jogo é divertido.

Finalmente, Crackdown 3 nos deu a impressão de ser um jogo muito polido (até melhor que Fortnite), que fez bom uso do tempo de desenvolvimento extra para entregar um produto sólido. Não só na parte técnica, mas também na jogabilidade, com novos movimentos e da grande variedade de inimigos que mantêm fresco a fórmula da série.

Crackdown 3 vindo para Xbox One e Windows 10 no dia 15 de fevereiro e será disponibilizado diretamente no Xbox Game Pass.

 

Obrigado Daniel pela ajuda.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!