Carregando...

O segredo para apps do Win32 rodarem no Polaris pode ser RAIL e VAIL

O segredo para apps do Win32 rodarem no Polaris pode ser RAIL e VAIL

explorador-gerenciador-arquivos

Nós ouvimos que a Polaris, uma futura versão do Windows 10, projetada para acabar com uma boa parte antiga do sistema operacional, está sendo voltada aos aplicativos UWP, mas que poderia rodar aplicativos Win32 por meio de uma virtualização remota.

Agora, o blog italiano Surface-phone.it afirma ter mais informações sobre como a Microsoft pretende oferecer esse recurso sem uma penalidade brusca de desempenho. A solução está aparentemente nas siglas RAIL e VAIL.

RAIL significa “Remote Layer Interface Application“, e presumivelmente oferecerá acesso Win 32 às APIs Win32 que a Microsoft decidiu remover, executando com segurança em um servidor remoto Azure.

VAIL é para quando uma conexão com internet não estiver disponível e significa “Virtualized Application Interface Layer“. Isso presumivelmente ofereceria o mesmo serviço, mas funcionando em um contêiner local e permitir que os aplicativos do Project Centenial ainda funcionassem apesar do sistema operacional principal não oferecer mais as APIs do Win32.

De acordo com as fontes do Surface-phone.it, o Polaris provavelmente será lançado sem suporte para essas chamadas de API remotas em 2018 (provavelmente em dispositivos especializados, onde não serão necessários), mas irá adicioná-los no Polaris v2, que é destinado a laptops e desktops regulares.

Na verdade, o Surfacephone.it (sem surpresa) espera que o Surface Phone seja lançado no final de 2018 com suporte para a Shell Andromeda e também para a primeira versão da Shell Polaris e para poder alternar entre os dois. Isso significa que o telefone Surface Phone não será inicialmente capaz de executar aplicativos Win32,  apenas UWP, mas que eles podem ser adicionados o suporte ao Win32 em uma atualização posterior.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!