Quando a Microsoft anunciou o Xbox One X no ano passado na E3, muitos começaram a pensar em voz alta se esse seria o... Próximo Xbox estaria se tornando “all-in on gaming” para vencer a “próxima geração”, segundo Thurrott

xbox-bgs

Quando a Microsoft anunciou o Xbox One X no ano passado na E3, muitos começaram a pensar em voz alta se esse seria o último console que veríamos da Microsoft. Considerando que os ciclos do console se estendem por mais de sete anos, a ideia de que os jogos de streaming na nuvem se tornariam realidade antes do próximo ciclo de atualização parecia uma plausibilidade viável para alguns analistas.

Mas não parece que será o caso aqui, ou se a empresa se mover em direção aos jogos de streaming, ainda haverá uma peça de hardware dedicado para a plataforma Xbox. Segundo Paul Thurrott, após ouvir de três fontes diferentes que disseram que a Microsoft está criando um novo hardware, mas que vai demorar vários anos para ser lançado.

A empresa está procurando contratar um especialista com experiência em GDDR6 e, de acordo com Thurrott, também está explorando formas de como integrar profundamente o streaming de jogos em seu próximo console.

Muitos ainda acham isso uma tecnologia não adequada para o nosso tempo, e podem ter razão. Contudo, não podemos pensar no streaming de jogos como uma forma de jogar um game completo pela nuvem em tempo real, há possibilidades mais realistas a curto prazo enquanto o desafio de latência ainda não foi superado. Por exemplo, imagine um jogo em que o ambiente é dinamicamente atualizado a partir da nuvem enquanto você explora o mapa para que ele nunca se torne interminável ou tenha uma cidade atualizada dinamicamente com tempo e tráfego local. Mas esses são os cenários que estariam sendo explorados. Lembrem, a Microsoft está lutando pelo posto de segunda empresa mais valiosa do mundo graças a nuvem, e jogos como Rainbow Six Siege, mesmo no PS4, utilizam a nuvem da Microsoft – neste caso para criar os efeitos de destruição.

Quanto ao lançamento do próximo console, Thurrott diz que ouviu dizer que dentro de três anos não será uma realidade; a empresa não está atualmente com pressa em substituir o Xbox One X, pois tem uma vantagem significativa em relação à atual oferta da Sony. E como seria de esperar, o console será compatível com versões anteriores e futuras, muito parecido com o Xbox One X; Paul também está ouviu que a Microsoft está construindo outra iteração do Xbox também.

Mesmo que a Microsoft esteja cada vez mais ligada às empresas com seus serviços Windows e Office, o Xbox é uma das poucas marcas dentro da Microsoft que conseguiu criar um enorme público consumidor e tem uma grande vantagem em relação a isso, pois jogos e eSports continuam a crescer. A empresa também anunciou recentemente que está expandindo sua presença na E3, o que mostra que a Microsoft está dedicada aos games.

Embora a Nintendo tenha conquistado uma fatia considerável do mercado de jogos casuais com seu Switch, o Xbox tem apenas um concorrente principal; Sony com seu Playstation que tem a liderança desta geração, mas a Microsoft está realizando investimentos significativos em hardware/conteúdo para suporte “all-in-gaming” (uma máquina “tudo-em-um” com várias formas de explorar os jogos)  para ganhar a próxima geração.

jorgemoderador

Sou advogado e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Acompanho todos os produtos das Microsoft, inclusive como jogador do Xbox One.

Curta nossa nova página no Facebook!