A Microsoft e a Qualcomm anunciaram na WinHEC 2016 que será possível rodar programas x86 em aparelhos com processadores ARM através de emulação nativa.... Rodar programas de PC em processadores ARM dependerá do software

steam-x86-mobile

A Microsoft e a Qualcomm anunciaram na WinHEC 2016 que será possível rodar programas x86 em aparelhos com processadores ARM através de emulação nativa. Na ocasião, também foi demonstrado o HP Elite X3 com Windows 10 executando jogos e programas completos como o Photoshop de forma satisfatória.

Ocorre que, o Elite X3 possui um processador Snapdragon 820, além disso, a Microsoft tinha dito que mais fabricantes de chips ARM, além da Qualcomm, poderiam se valer desta tecnologia para criar dispositivos com Windows 10 mais baratos, finos e com eficiência energética maior.

Agora, o executivo da ARM James Bruce, líder das alianças estratégicas, explicou melhor o assunto ao dizer que tal recursos depende apenas das limitações do software e de parcerias com outros fabricantes como a Samsung e Apple. A ideia seria criar PCs compactos com valor inicial de U$ 200 dólares.

Agora fica fácil de entender a razão do Windows 10 completo ter funcionando até mesmo no Snapdragon 820, o sistema é o que faz que isso seja realidade. Ainda assim, isso destaca a importância da Redstone 3, grande atualização para o Windows 10 que fará com que tudo isso seja possível. Entretanto, vale ressoltar que até agora a Microsoft confirmou apenas o Snapdragon 830 como suportado.

É difícil imaginar que a Apple usará isso em seu sistema desktop até então, ou criar algo híbrido no sentido do Surface Phone, mas seria uma grande ameaça aos novos dispositivos que a Microsoft deve criar este ano.

Por enquanto, apenas a Microsoft está com o segredo em mãos.

jorgemoderador

Sou advogado e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Acompanho todos os produtos das Microsoft, inclusive como jogador do Xbox One.

Curta nossa nova página no Facebook!