Carregando...

Últimos resultados financeiros do Playstation e Xbox possuem boas e más notícias

E finalmente o mês de janeiro acabou, e com ele soubemos os resultados financeiros do último trimestre de grandes empresas, como a MicrosoftSony. Vamos entender o que está acontecendo na parte econômica da divisão do Xbox One e Playstation 4.

Começaremos pela japonesa, a Sony Corp. divulgou lucros mais fracos nos negócios do PlayStation e reduziu sua previsão de receita anual, provocando o maior declínio de participação em quase três anos e meio. Desde 2015 a Sony não tinha tido uma queda desde nível. Suas ações caíram 8,1 por cento em Tóquio na segunda-feira, a maior desde setembro de 2015, depois que o lucro operacional em jogos caiu 14%, para 73 bilhões de ienes (666 milhões de dólares) no trimestre. A companhia, com sede em Tóquio, vendeu 8,1 milhões de consoles PS4, contra 9 milhões há um ano, disse em um comunicado na sexta-feira.

O PlayStation 4, que deve chegar ao seu sexto ano, provavelmente ultrapassará a marca de 100 milhões de unidades vendidas até meados de 2019, consolidando-o como um dos consoles mais vendidos da história. Mesmo assim, a programação deste ano não é tão impressionante quanto no ano passado, quando títulos de grande sucesso como God of War e Spider-Man foram lançados. Para o ano fiscal completo, a Sony manteve sua previsão para a divisão de games de 310 bilhões de ienes. Agora, a atenção está se voltando para os detalhes e o lançamento do próximo console.

Para as vendas totais, a Sony reduziu sua previsão para 8,5 trilhões de ienes para o ano fiscal até março, em comparação com a previsão anterior de 8,7 trilhões de ienes. A demanda mais fraca por chips de câmeras, aparelhos celulares e serviços financeiros esteve por trás da queda, embora um ajuste fiscal impulsione o lucro líquido.

Os números ressaltam a luta em grandes empresas de tecnologia, que estão vendo a desaceleração da demanda por seus produtos e serviços. A Apple anunciou um declínio na receita pela primeira vez em dois anos, enquanto as fabricantes de chips Intel e Nvidia alertaram para vendas mais fracas, já que a economia da China começa a balbuciar .

Com menos jogos na loja para o já obsoleto PlayStation 4 e o próprio negócio de telefonia Xperia da Sony, o CEO Kenichiro Yoshida terá que provar que a recuperação da Sony pode continuar em vez de atingir um pico neste ano. A divisão de telefonia móvel continuou a lutar, com uma perda operacional de 15,5 bilhões de ienes durante o trimestre, o quarto período consecutivo. Yoshida até agora rejeitou a pressão para vender a divisão, dizendo que é vital para impulsionar a inovação, incluindo a pesquisa relacionada ao 5G.

Xbox

CEO da Microsoft, Satya Nadella

O console da Microsoft sem dúvida alguma perdeu esta geração em quantidades vendidas, mas não ache que isso tornou o Xbox One mais fraco, muito pelo contrário, a empresa de Redmond está buscando fortalecer a marca mais do que nunca e os resultados, por incrível que parecem, já agradam bastante.

Segundo Satya Nadella, atual CEO da Microsoft, foi o maior trimestre de receita de jogos de todos os tempos, mas mais uma vez enfatizou o compromisso da Microsoft com os jogos. E repetimos, a Microsoft nunca em sua história obteve uma receita tão farta oriunda dos games, nem quando o Xbox 360 em seus tempos de ouro.

O CEO  Satya Nadella continuou a informar em última reunião com os acionistas sobre o futuro dos jogos na empresa. Ele enfatizou o grande compromisso com os jogos na Microsoft com as seguintes palavras:

“Continuamos a buscar nossa extensa oportunidade de mudar a forma como os jogos são distribuídos, reproduzidos e visualizados. Nosso investimento em serviços de conteúdo, comunidade e nuvem em todos os endpoints resultou no engajamento recorde do usuário, bem como no registro da receita média por usuário, contribuindo para o nosso maior trimestre de receita de jogos de todos os tempos, software e serviços. Neste trimestre, adquirimos dois novos estúdios, elevando o número total de treze anos e nossa capacidade de conteúdo de first party nos últimos seis meses mais do que duplicou … .. assinantes Xbox Game Pass e compromisso com o Mixer também alcançou novos pontos máximos. E Minecraft, que ainda é uma das marcas de jogos mais populares e duradouras da indústria, registrou recorde de vendas à medida que nos expandimos para novas plataformas, regiões e segmentos, como educação … PlayFab ultrapassou um bilhão de contas no trimestre e Xcloud ainda será testado este ano em testes públicos, porque estamos a fazer progressos em nossos esforços para construir uma plataforma de jogos de primeira classe para smartphones, PCs e consoles”.

Parece que a estratégia de Satya Nadella e Phil Spencer tem dado certo, mas cabe salientar que a Sony, no quesito de jogos, ainda é sua pior rival, e reverter esse quadro para a próxima geração pode ser difícil pois a marca Playstation voltou a ser mais forte nesta geração. Fique com o Windows Club e vamos acompanhar como a próxima grande guerra dos games será jogada.

 

VIA (1), (2)

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!