Carregando...

Xbox Scarlett: seis razões pelas quais a Sony deveria estar muito preocupada com o próximo console da Microsoft

Xbox Scarlett: seis razões pelas quais a Sony deveria estar muito preocupada com o próximo console da Microsoft

xboxone-ou-ps4

O próximo console Xbox da Microsoft, apelidado de “Scarlett“, foi confirmado como estando em desenvolvimento na E3 2018 e poderá chegar em 2020, trazendo uma série de novas funcionalidades aos jogadores que antecipam ansiosamente a próxima geração de hardware.

O chefe do Xbox, Phil Spencer, confirmou que novos “consoles do Xbox” estão sendo desenvolvidos na empresa sediada em Redmond durante a conferência de imprensa anual da Microsoft, a E3.

Ele disse: “A mesma equipe que apresentou um desempenho sem precedentes com o Xbox One X está interessada em arquitetar os próximos consoles do Xbox, onde mais uma vez cumpriremos nosso compromisso de estabelecer o benchmark para jogos de consoles”.

Os comentários do Sr. Spencer sugerem várias versões do próximo console. Então, durante a conferência de imprensa da Bethesda pouco depois, Todd Howard, o diretor do estúdio, revelou dois novos jogos que ele apelidou de títulos de “próxima geração” no Elder Scrolls 6 e Starfield. Isso significa que ambos certamente irão para a próxima geração do Xbox.

Com a próxima geração de hardware da Microsoft no horizonte, aqui estão seis motivos pelos quais os fãs do PlayStation devem estar preocupados.

O próximo Xbox será para os jogadores em primeiro lugar e acima de tudo

Ao contrário da revelação confusa do Xbox One em 2013, Scarlett certamente irá aperfeiçoar a estratégia da Microsoft de focar nos jogadores.

Isso significa que a empresa se concentrará no software como principal ponto de venda do hardware, em vez de explicar outras funcionalidades de entretenimento, na tentativa de atrair o público em massa.

O lançamento do Xbox One X mostrou que Phil Spencer dirigiu firmemente o curso da divisão de jogos da Microsoft após um período de mensagens misturadas sob liderança anterior.

Scarlett parece destinado a chegar antes do PlayStation 5 

Com especialistas do setor prevendo que o próximo Xbox chegará em 2020, e após o chefe da divisão Sony PlayStation, John Kodera, admitir no mês passado que o próximo Playstation ainda está a pelo menos três anos, o próximo Xbox deve começar a próxima geração.

A Microsoft saindo em primeiro lugar como na era do Xbox 360 poderá fornecer uma quantidade incrível de dinâmica se, durante um ano inteiro, todos os títulos parecerem e funcionarem melhor no próximo Xbox.

Isso, combinado com o fato de que o Xbox One X já possui uma tonelada a mais de potência do que o PlayStation 4 Pro e pode ser incrivelmente prejudicial para a Sony.

O próximo Xbox será um gigante gráfico

Durante o anúncio do próximo Xbox, Phil Spencer confirmou que a Microsoft estava trabalhando para mais uma vez “definir o benchmark para o console de jogos” – em outras palavras – ser o mais poderoso!

Essa linguagem agressiva do chefe do Xbox certamente significa que a empresa com sede em Redmond está tentando superar a Sony em termos de potência gráfica, assim como fez com o Xbox One X. Se o console aproveitar o hardware gráfico mais recente, isso significa que os jogos certamente rodarão a 60 quadros por segundo em uma resolução total de 4K.

Retrocompatibilidade retorna e poderia forçar a Sony a fazer o mesmo

Uma área onde a Microsoft dominou completamente o espaço do console está na área de retrocompatibilidade. A empresa adicionou o recurso ao Xbox One em 2015 e tornou mais fácil do que nunca para os usuários acessarem um enorme catálogo de títulos de última geração através de seu serviço de assinatura apelidado de Xbox Game Pass.

Enquanto isso, a Sony tem lutado para ganhar força com seu serviço de assinatura do PlayStation Now e certamente será forçada a garantir que seu próximo hardware seja capaz de lidar com todos os títulos anteriores do PlayStation 4.

A Microsoft leva a sério exclusivos first party.

A Microsoft lançou um ataque total à grande à Sony ao anunciar que havia adquirido quatro novos estúdios e formado um quinto.

Todos os cinco estarão desenvolvendo títulos exclusivamente para Xbox e certamente darão mais trabalho ao PlayStation e seu God of War.

Cross-play, Fortnite e a prisão: a Sony poderá não ser perdoada em 2020

Muitos jogadores estão furiosos porque a Sony não só bloqueou o Cross-play com vários jogos, mas também impediu que contas do PS4 fossem usadas em outras plataformas, inclusive no Nintendo Switch. Em suma, os jogadores ficaram presos na plataforma da Sony.  Tudo indica que foi por questão de dinheiro e não pensando nos jogadores, o que agrava ainda mais a situação.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!