A imprensa nem sempre é favorável aos produtos da Microsoft, e por algum motivo desconhecido, a Redmond coleta uma grande legião de haters. A... A mída fez um grande favor a comunidade de fãs do Xbox, novos jogos a caminho

xbox-enhaced

A imprensa nem sempre é favorável aos produtos da Microsoft, e por algum motivo desconhecido, a Redmond coleta uma grande legião de haters. A exemplo, os produtos da Apple são normalmente repassados como inovadores e a impressão que dá é que você será uma pessoa melhor se usar um dispositivo com uma maçã mordida nas costas. No caso dos consoles, a coisa ainda é pior, pois estamos apelando para um mercado nostálgico e que tradicionalmente foram dominados pela Nintendo e Sony.

A Apple, a empresa mais rica do mundo, já até tentou adentrar neste mercado, mas fracassou com seu console fracassado Pimpe. O Google agora passa longe dos games também, mas a pergunta é: Como foi que a Microsoft conseguiu brilhar com os jogadores nos consoles, já que até no próprio Windows a Valve tomou a dianteira com a Steam? Bem, o improvável aconteceu e muitos ainda não engoliram isso ou não entende como uma empresa tão valiosa e tão inovadora quanto a Microsoft pode ditar tendências no mundo dos games.

Lá em 2013, como esquecer este ano, entendemos que a mídia prejudicou ainda mais o marketing fracassado do Xbox One. Particularmente, demorei um ano para comprar o Xbox One pois notícias que o PS4 era 50% mais poderoso e que a vantagem do “monstro” da Sony era imensa se espalharam – acabaram com o Xbox. Se você era fã do seu dinheiro em primeiro lugar, você não compraria um Xbox.

Ainda lá, a Microsoft lançou ótimos exclusivos como Titanfall (visto como revolucionário na época), Sunset Overdrive, Dead Rising 3, Ryse, Forza 5…. mas para mídia não importava, naquele momento, o que valia era o suposto o poder que o PS4 poderia entregar.

recore

Quando ao ReCore, por exemplo, até Phil Spencer chegou a criticar que a imprensa tinha pegado pesado demais com o jogo, afirmou inclusive que alguns reviews dão notas baixas por cliques.

Até hoje, é incrível ver quantas pessoas amam os exclusivos da Microsoft, até mesmo o Ryse, mas ainda assim, o Xbox é visto como o console sem exclusivos. E olha que a Sony demora séculos para lançar um Gran Turismo, enquanto a Microsoft oferece sua dupla de Forzas religiosamente. The Last of Us 2 e God Of War, “mitos” da Sony, ainda não foram lançados e já tem gente rezando pelo Playstation 5 pois o Xbox One X está sem concorrente digno para o mercado premium de consoles. Neste ano, os sucesso da Sony foram uma DLC do Uncharted, Horizon Zero Dawn e Persona 5. Estes dois últimos foram adiados, eram para ter sido lançados em 2016 ou antes. Notem, a Sony é conhecida como a “rainha dos exclusivos”, mesmo sem ter tantos exclusivos, assim como o PS4 era visto como poderoso, sem ter tanto poder assim. Pense como quiser, mas a mídia favorecer mais o console da Sony.

Não existe console perfeito, ainda

xbox-one-x-4

Todas as fabricantes de consoles têm seus defeitos, mas a Microsoft é a novata e não possui uma base nostálgica como apoio (a não ser nos Estados Unidos com a saga Halo). No Windows Club, você sabe que preferimos os produtos da Redmond, mas na mídia multiplataforma você não sabe as preferencias do editor. Cansei de ver “especialistas” de sites afirmarem que não tinham Xbox. Ora, como você vai escrever sobre algo que não possui? 

Para a Microsoft bater a Sony e a Nintendo, ela tem que nada contra a maré, como sempre fez. A Microsoft tem que tornar o Xbox o console perfeito. Dessa forma, os próprios fãs do Xbox ganham com isso. Quem fala mal do sistema do Xbox One? Ou dos serviços da Xbox Live? Ou do harwared do Xbox One? Podem não serem perfeitos, mas estão acima da concorrência. A grosso modo, a Microsoft precisa continuar calando a boca de todos os contras.

O favor que a mídia nos fez

forza-horizon-2-streaming-xbox-one

Todos os sites de tecnologia que leio, sejam específicos para consoles ou não, têm cobrado a Phil Spencer exclusivos AAA first party. Notem, a Sony demora bastante lançar seus grandes nomes, mas alguns de tais títulos estão preses a finalmente a serem lançados. A Microsoft precisa abafá-los, assim como fez com Gran Turismo. Não é guerra, é concorrência.

Não acreditamos, sinceramente, que faltam exclusivos do Xbox One. Achamos que tivemos muitos jogos em 2017 apesar da grande perda chamada Scalebound que manchou bastante a confiança na marca. Contudo, a mídia é sempre um pouco mais cruel com a Microsoft na nossa opinião, e isso no final foi ótimo pois Spencer dará justamente isso de acordo com as últimas notícias da semana ao comprar novos estúdios ou ampliar os já existentes.

Por exemplo, o jogo de RPG da Playground Games terá grandes nome de GTA V, MGS 5 e muito mais. Provavelmente será um exclusivo, pois houve ampliação de estúdios e fizeram questão de dizer que era um “AAA”. Isso casa perfeitamente com as críticas da mídia e com as declarações recentes de Spencer.

No final das contas, a mídia fez um grande favor. A Microsoft é riquíssima, o Windows está unificado com o Xbox e cada vez mais dependente do público gamer e Spencer agora é uma das 16 pessoas mais importantes da empresa. Fazer exclusivos AAA de sucesso, criando ou comprando equipes renomadas, não é algo tão difícil para ela. Basta querer.

Anthem

Faltam exclusivos ou jogos no Xbox? Longe disso, mas pressão na Microsoft está tão grande que ela terá que ceder e investir mais nisso. Claro,  atitude de usar Anthem para finalizar a E3 2017 do Xbox, para a mídia, não foi uma coisa boa pois deu gás para falar que o “Xbox não tem exclusivos“.

xbox-exclusivos

exclusivos-xbox-2018

Mas podem anotar, a pressão da mídia global está muito alta para exclusivos AAA da Microsoft, e apesar de estar louco para jogar PUBG no Xbox One X, quero muito ver a empresa dar uma resposta para fechar a última lacuna que tira o console Xbox da perfeição frente aos correntes.

Vai ser bonito ver a resposta de Phil Spencer, particularmente confio bastante neste cara. Obrigado pela crueldade.

O que vocês acham?

jorgemoderador

Sou advogado e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Acompanho todos os produtos das Microsoft, inclusive como jogador do Xbox One.

Curta nossa nova página no Facebook!