Bill Gates da Microsoft recupera seu posto de homem mais rico do mundo

O filantropo bilionário e co-fundador da Microsoft Bill Gates recuperou seu status de pessoa mais rica do mundo pela primeira vez em dois anos na sexta-feira, superando o CEO da Amazon, Jeff Bezos, a informação veio do Bloomberg.

O Bloomberg Billionaire Index, que monitora a riqueza das 500 pessoas mais ricas, é atualizado após o fechamento dos mercados dos EUA, então Gates teve a vantagem brevemente no mês passado depois que a Amazon registrou uma queda nos lucros.

A ascensão de Gates no ranking pode ter sido ajudada, em parte, pelo Pentágono assinando um contrato de computação em nuvem de US $ 10 bilhões com a Microsoft, em vez da Amazon. O acordo de 25 de outubro provocou um aumento nas ações da Microsoft, enquanto as ações da Amazon caíram cerca de 2% após o anúncio.

Embora ele possua apenas cerca de 1% das ações da Microsoft, mas como o Business Insider relatou no início deste ano, “estima-se que 1% valha cerca de US $ 7,3 bilhões”.

O aumento do mercado de ações mudou o patrimônio líquido de Gates para US $ 110 bilhões, enquanto Bezos está em US $ 108,7 bilhões. O francês Bernard Arnault ficou em terceiro lugar, com uma fortuna estimada em 103 bilhões de dólares. Warren Buffett, Mark Zuckerberg, Amancio Ortega, Larry Page, Sergey Brin, Charles Koch e Julia Koch complementam a lista dos dez maiores bilionários da Terra.

A fortuna de Bezos também foi atingida após o divórcio de MacKenzie Bezos, que recebeu um quarto de suas participações na Amazon por conta da separação. Bloomberg também observa que Gates poderia ter um patrimônio líquido maior, mas ele doou mais de US $ 35 bilhões desde 1994 através da Fundação Bill & Melinda Gates. Parece que ele não está muito preocupado em ser o homem mais rico do planeta.

37 comments on “Bill Gates da Microsoft recupera seu posto de homem mais rico do mundo

    1. Irmão Júnior,

      A inveja corrompe o homem, faz com que venha praticar outros atos pecaminosos como; gostar de Funk, Lula, sexo entre homens e….. homens, editar vídeos da irmã dançando no espelho e espalhar na comunidade. Vejo, um vício doentio nos seus jogos de PlayStation 3 e a forma ilícita no uso do controle DualCock, anda jogando com ele de ponta cabeça, né safado? Olha lá obreiros esse tem a pomba gira no corpo! …..esse seu sorriso na pontinha da boca já entrega, sem contar que só de falar do controle já dá aquela mordidinha nos lábios e as pupilas dilatam, já sabemos que o seu olho detrás é dilatado.

      O contínuo uso de drogas pesadas como PSN Plus, Death Stranding e Bugs Gone, somente neste ano levaram você a perdição, a caminhos tortuosos e a dizer coisas sem sentidos.

      Irei utilizar um versículo dos sagrados consoles para você;

      ” O pai que no momento da caça vê o seu filho se machucar e passa o gelinho na mão dele, tornará o filho um fraco e na dificuldade precisará sempre de um refrescuzinho”

      Livro de PlayStation 4
      Passagem God of War
      Versículo 69

      Se você estiver sem jogos, recomendo um XBOX One pra vc e não esqueça de passar a sua GT para jogar com irmãos da igreja.

      Posso ouvir um amém?

    1. Desculpe, mas o divisão XBOX inegavelmente contribuiu com o alcance da Microsoft chegar a 1 trilhão, tal marca é recorde! Já pelo lado da Sony, a divisão PlayStation detém + 70% dos lucros da empresa, se a marca falir a Sony já era. O PlayStation não está nos seus melhores momentos.
      Viu como é desesperador?

      1. “emocionalmente”, sim. Mas na prática ele é de várias empresas, já que é sócio delas. Mais especialmente, ele é da Melinda Gates Foundation, empresa de pseudo-filantropia e lavagem de dinheiro

          1. Lavagem de dinheiro significa investir rendas ilícitas em negócios lícitos. Quem costuma fazer isso são mafiosos e políticos.

            Quanto à sonegação, existem diversos lugares no mundo com leis fiscais bem camaradas. Nem sempre ela é necessária.

          1. Não doaria. Mas tbm não usaria uma instituição de filantropia pra corrupção e sonegação igual ele, o Warren Buffet, e mais trocentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *