Carregando...

Bill Gates da Microsoft recupera seu posto de homem mais rico do mundo

O filantropo bilionário e co-fundador da Microsoft Bill Gates recuperou seu status de pessoa mais rica do mundo pela primeira vez em dois anos na sexta-feira, superando o CEO da Amazon, Jeff Bezos, a informação veio do Bloomberg.

O Bloomberg Billionaire Index, que monitora a riqueza das 500 pessoas mais ricas, é atualizado após o fechamento dos mercados dos EUA, então Gates teve a vantagem brevemente no mês passado depois que a Amazon registrou uma queda nos lucros.

A ascensão de Gates no ranking pode ter sido ajudada, em parte, pelo Pentágono assinando um contrato de computação em nuvem de US $ 10 bilhões com a Microsoft, em vez da Amazon. O acordo de 25 de outubro provocou um aumento nas ações da Microsoft, enquanto as ações da Amazon caíram cerca de 2% após o anúncio.

Embora ele possua apenas cerca de 1% das ações da Microsoft, mas como o Business Insider relatou no início deste ano, “estima-se que 1% valha cerca de US $ 7,3 bilhões”.

O aumento do mercado de ações mudou o patrimônio líquido de Gates para US $ 110 bilhões, enquanto Bezos está em US $ 108,7 bilhões. O francês Bernard Arnault ficou em terceiro lugar, com uma fortuna estimada em 103 bilhões de dólares. Warren Buffett, Mark Zuckerberg, Amancio Ortega, Larry Page, Sergey Brin, Charles Koch e Julia Koch complementam a lista dos dez maiores bilionários da Terra.

A fortuna de Bezos também foi atingida após o divórcio de MacKenzie Bezos, que recebeu um quarto de suas participações na Amazon por conta da separação. Bloomberg também observa que Gates poderia ter um patrimônio líquido maior, mas ele doou mais de US $ 35 bilhões desde 1994 através da Fundação Bill & Melinda Gates. Parece que ele não está muito preocupado em ser o homem mais rico do planeta.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.