Carregando...

Call of the Sea apresenta talentos da Metroid: Samus Returns e Celeste

Apenas um poucos dias do Inside Xbox, um evento que revelou alguns títulos, a principal característica é o fato de todos os presentes terão suporte para Xbox X Series. Um dos que poderia passar despercebido foi o Call of the Sea, mas mais detalhes foram revelados e a verdade é que talvez tenhamos que nos concentrar nele com um pouco mais de atenção.

Antes de tudo, temos aqui um estúdio espanhol encarregado de um projeto desse tipo, no entanto, graças a uma entrevista entre Xbox Wire e Tatiana Delgado, diretora do Call of the Sea, conhecemos alguns detalhes que tornam essa experiência muito mais interessante.

O estúdio tem 12 desenvolvedores que tiveram experiência com jogos altamente reconhecidos, como Red Matter, Metroid: Samus Returns, Deadlight, Gylt, Celeste ou Guacamelee 2, esses dados são relevantes, já que Out of the Blue é realmente um novo estúdio e este é o seu primeiro projeto.

É um jogo inspirado em obras como Firewatch ou Subnautica, e não apenas isso, Tatiana detalhou qual é o título e como será jogá-lo:

Durante sua viagem para o Call of the Sea, queremos despertar sua curiosidade. Eles descobrirão os restos de uma civilização perdida e segredos escondidos enquanto procuram pistas sobre o destino da expedição. Eles também começarão a perceber que as coisas não são como parecem à primeira vista.

Sem uma data específica, sabemos que o Call of the Sea tem uma janela de lançamento agendada para o final de 2020 e sua estreia será lançada no Xbox One, Series X e PC. Será lançado diretamente no Xbox Game Pass. Recomendamos que você fique de olho no Windows Club para obter mais notícias.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.