Contra o estupro, Microsoft lança aplicativo “Assédio Zero” para proteger mulheres

assedio-zero

A Microsoft está engajada em promover proteção a grupos vulneráveis. Nós já vimos o “Espaço Livre” que protege os gays ao mapear locais onde a violência está mais presente. Agora a fabricante de softwares em conjunto com o Instituto Eldorado criaram o aplicativo “Assédio erro” que ajuda mulheres a identificar lugares com maior índice de assédio e violência.

De acordo com informações do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a cada 11 minutos uma mulher é estuprada no Brasil.

Os tipos de violência – física ou verbal – são apresentadas em uma “mapa de calor”. Recomendamos que você indique para outras mulheres também, é sempre bom saber aonde pisa.

Ele funciona no Windows 10 Mobile, Android e vai chegar em breve ao iOS.

Baixe aqui grátis na Windows Store.

[appbox windowsstore 9nblggh4wkmv]

5 comments on “Contra o estupro, Microsoft lança aplicativo “Assédio Zero” para proteger mulheres

  1. Olha até acho importante esse app pra proteção contra o estupro, mas e os assaltos ??? Não é só mulher que sofre não! (contém muita ironia).
    Falando sério: App sensacional, assim como o da homofobia, possui um grande valor. Infelizmente, apps como esse são necessários.

  2. Não entendo a MS, os apps famosos primeiro vão para as outras plataformas, já esse daí deveria ser lançado primeiro para o Android e iOS, dada a utilidade do app, mas preferiu trazer primeiro para o W10M.
    Pelo que vi aqui, parece que as meninas não gostam muito de usar Windows, portanto, acho eu, que não vai adiantar muita coisa, pelo menos para seus usuários!

  3. Acho que deveriam juntar tudo em um unico app e fazer um “waze” da violência, a pessoa marcava o local e o tipo de violência sofrida, homofobia, assédio, assalto, agressão e existisse um monitoramento da policia, pq um app pra cada tipo de violência, ai não basta a pessoa ja estar nervosa e ainda tem que procurar o app correto pra denunciar entre um pra cada coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *