Carregando...

Desenvolvedor defende o Xbox Game Pass frente ao Google Play Pass

Mike Rose, desenvolvedor do Descenders, defendeu o modelo do Xbox Game Pass frente ao Google Play Pass e os “jogos Spotify”. O Google Play Pass chegou ao mercado oferecendo um modelo semelhante ao Xbox Game Pass. É um modelo de assinatura de U$ 4,99/ mês que permite reproduzir tudo o que está incluído no catálogo. Embora aparentemente seja o equivalente ao Xbox Game Pass para o Google, Rose esclareceu que não é exatamente o mesmo. De fato, Rose disse que as vendas de seu jogo Descenders dispararam graças ao Xbox Game Pass, enquanto o Google Play Pass esconde uma armadilha para os desenvolvedores.

O grande problema que o Google Play Pass coloca é que ele procura oferecer royalties aos desenvolvedores com base no tempo jogado pelos usuários em seus jogos. Mais tempo, mais dinheiro. O que seria extremamente perigoso para o futuro e estabeleceria as bases para um modelo que é bastante prejudicial para desenvolvedores e consumidores, forçando o primeiro a criar jogos especialmente orientados para que os jogadores passassem mais tempo com eles.

“Eu sabia que isso ia acontecer. Várias plataformas já se aproximaram de mim e todas se ofereceram para me pagar com base no tempo jogado no meu jogo. À medida que continuamos, em alguns anos nos afogaremos nesses serviços, o que forçará os desenvolvedores a desenvolver jogos pensando apenas em como ganhar dinheiro com eles. Os pequenos jogos narrativos desaparecerão e teremos apenas Fortnite e pachinkos”, disse Mike Rose ao site IGN.

Diante disso, Rose quis dar um exemplo ao Microsoft e Xbox Game Pass como um serviço que funciona e está fazendo bem as coisas. As vendas de Descenders só melhoraram, que dispararam graças ao serviço por assinatura da Microsoft.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.