Carregando...

Deu certo! A estratégia para os PCs Windows abalou o mercado da Apple

Deu certo! A estratégia para os PCs Windows abalou o mercado da Apple

surface-studio-apple

A Microsoft  tem realizado estratégias agressivas para voltar a ganhar espaço no competitivo mercado de PCs, e deu certo. Satya Nadella deve estar rindo à toa.

Os PCs com Windows 10 começaram a sacudir a Apple no mercado de computadores high-end, e tal notícias foi veiculada pelo CFO da Microsoft, Amy Hood. Na última reunião com os acionistas, Hood revelou que a estratégia com o Creator Update está começou a dar frutos, e isso vale para produtos corporativos e pessoais.

Outro ponto revelado é que as licenças “não-pro” no mercado obteve crescimento de 5% no último trimestre, número significante o bastante para bater o atual desaquecimento da indústria de computadores. A empresa define, por assim dizer, que computadores “premium” são aqueles na faixa de preço dos 900 dólares.

surface-studio-coruja

Por muitos e muitos anos, esta faixa era a menina dos olhos de outro da Apple, a exemplo dos famosos iMacs e MacBooks, que atualmente são sinônimo de luxo em todas as regiões do planeta. Já a Microsoft dominava o mercado de baixo e médio custo, tentando justificar suas receitas com volume. Enquanto isso, a Apple, com seu produto premium, passou a ocupar a primeira posição ficar no top da lista para aqueles que buscam mais de desempenho e design.

Para desafiar a grande rival, a Microsoft lançou seu primeiro Surface Book, em 2015, que chegou no mercado como uma alternativa versátil ao MacBook Pro. E assim a empresa começou a pavimentar o caminho para abraçar um novo segmento. Estratégia Como empresas como Dell, Asus, Lenovo e HP estavam ocupadas fabricando os mesmos PCs, a Microsoft viu no Surface Studio a melhor estratégia para se reafirmar no mercado e chamar a atenção de designers e executivos ao mesmo tempo. O computador não é barato (US$ 3 mil), mas o tiro foi certeiro.

Como pontos negativos para Apple, muitos acreditam que  “derrapou” ao lançar um notebook com apenas uma entrada para todos os periféricos, e isso fez com que a linha Surface ganhasse ênfase nas prateleiras e no gosto das pessoas.

Será que o iPhone será o próximo? Achava que a Microsoft abalaria o mercado premium da Apple? 😀

Fonte:Business Insider

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.