Diferente do Xbox One, o lançamento do Xbox Series X será global

Phil Spencer, líder do Xbox.

O chefe do Xbox, Phile Spencer, está confiante de que haverá Xbox Series X suficientes para atender a demanda no lançamento. Falando com Reggie Fils-Aime no podcast Talking Games, Phil Spencer falou sobre o lançamento do console e como as coisas estão indo. O chefe do Xbox confirmou que está se sentindo bem ao lado do hardware e que terá unidades suficientes para o lançamento mundial do console.

Devemos lembrar que o Brasil foi um dos países prioritários no lançamento do Xbox One, e que enquanto o Playstation 4 foi lançado em mais de 50 países, o Xbox One foi disponibilizado apenas em 13 países. Bem, não esperem mais erros deste tipo da Microsoft, algo menos os planos são para um lançamento global – mesmo com a pandemia do coronavírus ainda em curso.

Ainda não sabemos quando o Xbox Series X será lançado ao certo, mas a janela de lançamento está programada para o final deste ano. Além dele, o console mais poderoso do mundo deverá vir acompanhado com Halo Infinite.

79 comments on “Diferente do Xbox One, o lançamento do Xbox Series X será global

  1. Anunciem logo data de lançamento e valor para o mercado nacional!
    Pois assim como eu fiz quando comprei o meu xbox 360, xbox one e xbox one x!
    Irei comprar o “console nacional”!

  2. O problema é que, com esse aumento generalizado dos preços dos consoles, a gente aqui no Brasil dificilmente vai conseguir aproveitar isso. De toda forma, numa visão global, a estratégia me parece ótima, o resto do mundo vai ter a oportunidade de conhecer o XSX na data do lançamento e o console poderá atingir um número considerável de vendas logo nos primeiros dias.

  3. Achei muito interessante dentro do perfil que Microsoft vem adotando e espera que realmente esteja procurando acertar. (Pensador) É errando que se aprende, mas nem sempre temos que errar pra poder aprender, certos erros são imperdoáveis e incorrigíveis. Tem coisas que mesmo errando a gente não aprende. E só aprende quem tem coragem de tentar mesmo errando.
    Essa é Microsoft. Vamos ver o que acontece por adiante. Vai Phil!

  4. Pena que o console estará muito caro, se julgar o preço do Xbox one S e ps4 que aí estão no mercado nacional atual por R$2500,00 reais, este console chegará no lançamento por uns 6 mil reais.

    Ficar com o Xiboquinha One X mesmo… ele ainda dará um caldo.

      1. Não tem nada a ver com vendas.. o problema é o dolar. Se o custo do console é em dolar não tem muito pra onde correr se o dolar estiver a 6 reais no final do ano

    1. O dólar já começou a apresentar queda, chegou a R$5,30 hoje. O problema da pandemia é a irracionalidade e o pânico decorrentes..muita gente ganhou dinheiro, mas MUITA gente perdeu porque surtou junto…acredito que até final do ano o dólar fique ao redor de 5 reais…

        1. Eu tenho fé…dólar fechou a R$5,28 (comercial)…pandemia já passou do pico na maioria dos lugares, Brasil já começando a reabrir…sei que é pensamento positivo, mas vejo possibilidade de melhora a médio prazo (a curto prazo talvez não)…

        1. Não houve sinal falimentar mais claro do que Calazans publicando artigo lá.

          Eu acho que os caixistas deviam parar de brigar pelo “controle” da GV e deixar o moribundo bater as botas de uma vez.

  5. Acredito que o preço não será revelado tão cedo,devido ao sobe e desce do dólar por causa da pandemia,eles já até podiam ter um preço definido,mas nessa onda que estamos passando muitas coisas precisam se ajeitar.

    1. Não faz sentido pq o preço vai ser inicialmente anunciado em dolares.. Se custar 500 dolares não importa se o dolar estiver a 3 reais ou a 6 reais.

      1. Mas afetaria em outros países, principalmente aqui no Brasil,onde a base de jogadores é muito grande,você preferia pagar custando 3 reais ou 6 reais o dólar?

        1. Logico que preferia comprar com o dolar a 3 reais, mas o custo do console e o preço não faz diferença o real pq ta tudo em dolar. Se o console custa 400 pra fazer e a MS vender a 500 dolares não importa se o dolar ta 3 reais ou 6 reais aqui, a MS não vai vender mais caro ou barato pq um pais de 3º mundo não conseguiria comprar. Infelizmente a verdade é essa..

          O que eu disse é que o primeiro preço vem em dolar, depois a MS vai soltando o preço em cada pais. Por exemplo, com o One a MS anunciou um pouco depois do anuncio oficial o preço aqui no Brasil, ja a Sony foi anunciar quase na epoca do lançamento.. Na situação que estamos é bem provavel que a MS anuncie o preço em julho e depois anuncie o preço no Brasil la pra outubro ja em cima do lançamento

  6. generacionxbox.com/phil-spencer-dificil-remontar-marca-xbox/

    Essa notícia que quero ver aqui no Windows Club.
    Phil Spencer, DE NOVO, conta detalhes internos do processo de mudança do Xbox desde a sua chegada como chefe.

    Sempre gosto de tocar nesse assunto, porque os fãs mais fanáticos do Xbox evitam isso. É tipo assim: “Não pode expor essas coisas ruins, porque queima a marca Xbox. Sonistas vão zuar a gente… etc..”

    Cara, o Xbox está no caminho certo hoje, mas o conhecimento mais aprofundado dessa crise que aconteceu em 2013, nos faz entender melhor o trabalho brilhante que Phil Spencer está fazendo. É muito mais fácil explicar pro leigo que o Xbox é melhor, mostrando todo esse processo pra ele. “Xbox era assim… Agora está desse jeito… comprou estúdios… tá investindo em jogos… etc..

    Acho impressionante como alguns “caixistas” ignoram todo esse processo, todas essas informações, não passam isso adiante, não explicam que o Xbox tá num processo criativo bom, que é questão de tempo pra jogos grandes saírem. Mas não, preferem fazer vídeo mensal pra reclamar do games with Gold, e meter o pau na marca com mesmos argumentos infantis que fanáticos sonistas fazem.

    Muitos cobram por uma fanbase mais unida. Eu cobro por uma fanbase de pessoas mais inteligentes.

    1. Se vc tá querendo ver “fanbase buscar inteligência”, deveria ir atrás da fanbase que não possui nenhuma, que é a azul. Agora tome no olho do seu cu, babaca.

      1. Irmão, se somente você e mais ninguém visse esse meu comentário, já valeu a pena eu ter escrito. É pra pessoas como você que eu escrevo essas coisas.

        Só acho que faltou um olhar mais crítico sobre o que eu falei. Mas ok. 

    2. Cara a única coisa que quero, é jogos novos e IPS novas em julho, só isso. Pois não tem mais o que exigir, pois a plataforma Xbox está completa.

          1. Segundo Phil Spencer, depois de dobrar a quantidade de estúdios, agora chegou a hora de pôr a mão na massa. Jogos novos é o que não vai faltar.

          2. Tomara, quero ver julho. Pois vou esculachar a MS se caso não vier IP nova ou jogo novo.

            Não precisa ser uma enxurrada de games, mas e apresentarem Multi eu vou ficar putasso com a MS.

          3. Não, julho é só ‘Xbox games Studios’. Mas óbvio que não existe mais jogos somente de console. Quando falamos de First Party é Xbox e PC.

          4. Cara, vai vir muita coisa boa do XGS, o problema ´[e que vai demorar um pouco para a maioria desses jogos chegarem nas nossas mãos. kkk

          5. Sim, esse mês demorou uma eternidade, mês que vem deve ser o mesmo, para termos um deslumbre do que estar por vir.

          6. Quero pelo menos anúncios de novas IP em julho. Se não vier eu vou descer a lenha.

            Sei que jogos demoram para ser feitos, mas só de ter anúncio eu já ficaria satisfeito.

    3. A verdade é que só erra quem tenta..O Xbox errou em 2013 pq eles estavam tentando fazer algo diferente, deu errado? sim.. mas eles estavam tentando fazer algo melhor, a ideia de instalar os jogos e não precisa do disco até fazia sentido pensando hj em consoles sem disco, mas pra epoca foi um tiro no pé, outras tentativas como o EA Access deu certo, kinect deu errado, mas se desse certo teriamos uma “Alexa” na TV, GamePass com jogos day one tbm é algo inovador que poderia ser outro tiro no pé se mais ninguem comprasse jogos, e por ai vai..
      É igual a Nintendo, acertou com o Wii.. depois errou com o Wii U e agora voltou a acertar com o Switch..
      Se todo mundo fosse fica só no que “da certo”, teriamos 3 “PS4” de marcas diferentes, com jogos basicamente iguais e sem muita inovação.. É nas tentativas que o mercado progride.. Depois que alguem errou fica facil ajusta e fazer de um jeito melhor que de certo

      1. Eu já comentei sobre isso várias vezes aqui no site. Se reparar bem, tudo que Xbox one tentou fazer em 2013 é exatamente como a indústria está hoje. Quase 100% online, com serviços dominando tudo. Foi uma implementação de ideia a frente do seu tempo.

        Por outro lado teve alguns erros sim imperdoáveis, como tirar o foco dos games, vender o Kinect obrigatoriamente, console mais caro… etc.  

        1. Concordo.. talvez o pior erro tenha sido querer ser mais que um console.. A ideia de console ja é ser algo pra “jogos”, ai vieram com toda aquela historia de central multimida que acabou ferrando.. As outras ideias estavam a frente do seu tempo mas com o tempo seriam “perdoadas”, mas a mudança de foco não

      2. Esse lado diferente da Microsoft é que me atrai.

        A Sony é muito acomodada. Apegada a mesma formula de jogos. Só agora vão melhorar o controle.

        Se houvesse apenas Playstation e Nintendo, eu ficaria só no PC.

    4. Cara, concordo contigo em tudo. Xbox ficou mal das pernas, o trabalho do Phil Spencer foi algo fenomenal, ele salvou o Xbox da falência e fechamento pela MS. Contou muito também o apoio do novo CEO da MS, mas ele teve o mérito de reinventar o Xbox quase do zero.

      1. Sim, no último podcast dele, diz que foi pior que do imaginava. Ele teve que lidar com a parte emocional do funcionários. Alguns choravam perguntando se fizeram tudo errado etc.. estava um ambiente muito ruim.

        Phil Spencer segurou muita coisa ruim naquela época. O cara é muito mesmo.

        1. Para mim ele foi tipo o Henrique Meirelles salvando a economia no governo Temer…fez um trabalho muito bom! Tenho altas expectativas com ele!

    5. Eu venho falando desse processo de mudança desde quando comecei a comentar por aqui, quem esta no mundo real conseguiu e consegue ver isso de forma muito clara.

      1. Cara, Essa turbulência que a divisão Xbox passou sempre foi vista como uma mentira de insiders pelos próprios caixistas. Mas na verdade estavam tentando passar pano nessas coisas pra alimentar o ego e evitar a zueira de sonistas. Os canais de youtubers são assim.

        Não estou jogando conversa fora, eu lembro dessas coisas, de Youtubers fã de Xbox falando que era tudo mentira, ao invés de expor o assunto e aplicar a situação. Agora Phil Spencer vem a público e confirmando tudo. Xbox estava sim com problemas.

        1. E assim o problema não foi somente do Xbox pois a ”reestruturação” atingiu praticamente toda a empresa desde que o novo CEO chegou, e vi isso com bons olhos apesar de algumas decepções como o fim da linha Lumia e o fim do Groove Music que na época era o melhor player da época.

          Enfim, tudo que a Xbox fez desde então foi reconstruir as bases da marca para novamente construir ela novamente o próprio One X não foi criado para ser o console mais poderoso e rodar 4K, na minha visão ele foi criado para REAFIRMAR a capacidade da Microsoft de fabricar consoles e mostrar ao mundo que ela não tinha desistido.

          Há muito que falar mas… Aqui no site é mais fácil zoar e tirar onda são poucos que realmente sabem dialogar.

          1. Sim, isso aí mesmo. O One X foi a mensagem do Xbox: estamos de volta.

            Lembro que o Mike Ybarra falou que o One X era a essência do verdadeiro Xbox, assim como foi o primeiro. Um console poderoso e fácil pra se desenvolver jogos. Foi o ponto de virada mesmo.

            Mas na reestruturação da empresa, o Xbox one já tinha “fracassado”. Talvez foi um ponto de sorte a Microsoft trocar o CEO justamente na hora que o Xbox precisava mudar. Daí saiu a famosa pergunta do Nadella pro Phil Spencer: Qual motivo da existência o Xbox? O resto é história…

    6. Sempre tem aquele Microsoft tem q criar novas ips AAA, tem q ver q nessa geração os estúdios da Microsoft q tinham capacidade de fazer AAA fizeram. Adquiriu mais estúdios agora é só aguardar q os jogos vão vir. Mas falar disso não dar views o q dá é falar mal do Gwg pra agradar a poneyzada.

      1. Primeiro a Microsoft precisou arrumar a casa, depois ela procurou formas de entregar os jogos e agora ela pode fazer todas as entregas que planejou. Não iria adiantar ter apenas os AAA teria que mudar a imagem da divisão como foi feito com sucesso.

    7. Isso ai bem lembrado, mas não só em 2013, mas também aquele cara que desviou 1 ou 2 bilhões (não lembro bem o valor) da divisão Xbox para tentar salvar a divisão Windows Phone.

      1. Foi o Terry Myerson! Esse cara era chefe da divisão Windows. Pra quem não sabe, o Xbox era uma Subdivisão do Windows. Recentemente o Xbox passou a ser uma divisão de verdade na Microsoft. Foi na época que Phil Spencer passou a reportar diretamente com o CEO da empresa e deixou de ser capacho da divisão Windows.

        Segundo essas informações que você tá falando, esse cara estava usando verba e lucro do Xbox para os problemas do Windows. Mas cá entre nós, o cara só estava alimentando a divisão que ele chefiava. O maior problema era o Xbox estar ali dentro.

        O Xbox não era levado a sério por muita gente dentro da empresa. Phil Spencer também já confirmou isso. Foi ele que deu o papo reto na frente do CEO dizendo: tira a coleira do meu pescoço e deixa solta a gente! Libera a divisão Xbox!” Por isso esse investimento todo atualmente.

        1. Maior acerto do Phil Spencer foi convencer a Microsoft de que a marca de games da empresa deveria ser o Xbox e não a enésima encarnação do “Games for Windows” ou coisa que o valha.

  7. Ótima notícia. Diferente de 2013, esse ano o Xbox Series X por ser disponibilizado em uma maior quantidade de países, deve estabelecer uma base de jogadores maior da qual a Microsoft teve no lançamento do Xbox One.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *