Carregando...

Diretor criativo do Halo Infinite é substituído

Halo Infinite é um jogo muito aguardado e será lançado junto com o Xbox Scarlett, mas algumas preocupações podem ter acontecido no horizonte. Após anos de desenvolvimento, o diretor criativo da Infinite,Tim Longo, deixou o projeto.

Descoberto por Kotaku, Longo havia recentemente deixado sua posição de diretoria para ocupar outro cargo. Algumas semanas depois, Longo deixou o estúdio 343 Industries. Após a saída de Longo, a produção do Halo Infinite será agora liderada por Chris Lee.

Em uma declaração ao Kotaku, 343 explicou a mudança de pessoal na empresa pós-Longo:

“As funções e responsabilidades dos vários membros da equipe evoluem regularmente para atender às necessidades de um jogo, durante todo o desenvolvimento”, disse 343. “Recentemente, tivemos duas mudanças na equipe de desenvolvimento do Halo Infinite. Nossa Produtora Executiva, Mary Olson, agora assumirá a equipe da campanha no Halo Infinite como Produtora Líder, utilizando seus muitos anos de experiência na 343 para ajudar a criar uma grande campanha para os fãs.

Além disso, Tim Longo recentemente deixou a nossa equipe e estamos realmente agradecidos por suas muitas contribuições para nossos jogos, nosso estúdio e o universo Halo. Desejamos a Tim nada mais que o melhor em seus futuros empreendimentos.

A visão geral criativa e a produção do jogo continuam sendo lideradas por Chris Lee, chefe de estúdio da Halo Infinite.

Temos uma equipe de renome mundial, Halo Infinite, e a resposta positiva dos fãs nos energiza, mais do que nunca, para criar o melhor jogo de Halo até hoje, junto com o Projeto Scarlett no feriado de 2020. Essas mudanças não têm impacto na data de lançamento para o Halo Infinite.”

Halo Infinite é a sexta entrada “mainline” na longa série de ficção científica, mas a terceira a ser criada pelos sucessores, 343 Industries. É algo preocupante? Bem, a Microsoft tem contratado em massa vários funcionários de outros estúdios, inclusive vários da Santa Monica e Naughty Dog, ambos da Sony. Muitos querem levantar uma onda de negatividade para o jogo da 343, mas “esquecem” desse detalhe.

Teremos que aguardar o lançamento do jogo para ver como ele ficará, mas acreditamos que a Microsoft esteja no caminho certo. Vamos torcer.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.