Duas novas funções chegam ao Xbox Game Pass

O Xbox Game Pass é um serviço que convence proprietários e estranhos. Mas, longe de exigir o uso do console para examinar a biblioteca de jogos disponíveis e gerenciar tudo, um aplicativo para celulares é oferecido para executar todos os tipos de procedimentos e consultas. O aplicativo aprimora suas funções, permitindo a instalação de jogos de qualquer lugar e, agora, duas funções chegam ao aplicativo Xbox Game Pass para gerenciar os recursos.

Como vimos ao abrir o aplicativo para Android e iOS nos últimos dias, duas novas funções são apresentadas no aplicativo Xbox Game Pass para gerenciar os recursos. A primeira é o que adiciona a capacidade de desinstalar jogos, a segunda, que permite verificar o espaço disponível no disco rígido para instalar mais jogos.

Mas esses novos recursos do aplicativo Xbox Game Pass exigem uma ação na configuração do console. Da mesma forma que para poder instalar jogos do aplicativo e em qualquer lugar, é necessário que o console esteja permanentemente conectado, dessa vez você também precisa habilitar uma função adicional para executar essas funções. Na seção Configurações> Sistema> Atualizações e downloads, você deve ativar a opção que permite a administração de aplicativos e jogos no seu celular.

Com isso, o aplicativo Xbox Game Pass permitirá que você gerencie melhor os recursos que oferece da biblioteca de jogos, onde os jogos já instalados aparecerão e que você poderá desinstalá-los, se necessário. E, quando novos jogos chegarem, será muito útil saber se temos espaço no disco rígido para poder fazer isso.

30 comments on “Duas novas funções chegam ao Xbox Game Pass

  1. Estou cada vez usando mais o App para utilizar o Console, mas isso é irrelevante pois já dizia os sonystas que console é só para jogar.

      1. Ainda não, não sou feito os sonystas daqui que ficam hateando sites que não me interessam, no entanto já sabemos que sonystas choram escondido com tudo que temos.

  2. Antes de ser atacado ou me chamearem de sonysta. Não generalizando vão se fuder! Descorda de algo dentro da plataforma não quer dizer que sou contra. São ideia a ser construídas.

    Sempre usei o aplicativo para Android Xbox e Game Pass. Faça uso constante para conversar ate por (voz) muito ‘top’, instalar jogos, ir à loja, essas coisas…agora essa função de desinstalar é sem dúvida é demais, e coisas boas virá e uma delas para facilitar poderia colocar um tradutor em algumas línguas, tipo Xtradutor assim poderíamos conversa simultaneamente com outros colegas de outros países. Falo como fã e jogador e sempre vou descorda se algo não agradar. Se Phil Spencer chegasse na divisão com o mesmo pensamento do Don Mettrick e não descordasse das velhas ideias. Xbox estaria fudido agora e alguns de vocês estariam batendo palmas com mulas.

      1. Elogiando a Microsoft mas ñ endeusando. Na época que esse filho da put* Don Mettrick ele esta fudendo a Xbox e muitos de vc’s estava elogiando, idolatrava sem pensar nas consequências que ele levou a plataforma. Por causa de alguns vc’s prejudicava a disão Xbox.

        1. A galera lembra do Don Mattrick apenas daquele lançamento do XBox One, mas ele entrou na MS em 2007 e fez um ótimo trabalho com o 360. Sob a sua supervisão as vendas do Xbox 360 cresceram substancialmente, ultrapassando até o PS3. Ele chegou até a receber premiações de revistas (Fortune, CNN..) pelo trabalho desenvolvido na MS. Com o Xbox One, acho que ele tentou ser “visionário” demais e depois foi bem arrogante com as críticas, o que acabou enterrando a carreira dele na MS. Mas no geral, acho que ele fez um bom trabalho e ajudou bastante a consolidar a marca Xbox.

          1. Don Mattrick é um nome que não deixa saudades à grande maioria dos fãs da Xbox
            A declaração que despertou a fúria dos gamers: “Se você não tem nenhum tipo de conexão, nós temos um dispositivo offline, chamado Xbox 360”.
            Esse é o cara que fez uma declaração dessas e vc diz que ele fez bom trabalho, Ainda bem que ele saiu da MS. Aliás, ainda bem que ele já nem trabalha na indústria dos video jogos. Não precisamos de pessoal como ele.

      1. Espero num tempo oportuno revelar aqui meu gamertag espero que vc seja um jogador. E vou te dar um conselho.

        É melhor você jogar venha pra cima com mínimo 50.000G na sua gamertag !

          1. Ok. Sem problema.? Para nós que somos fã da marca, ser chamado de sonysta é como se fosse uma ofensa ao Maomé kkkk rapaz me perdo-a. Estamos iguais a torcida do Flamengo brigando entre si. Vou beber um chá de erva cidreira. Perdão

    1. Acho que não cara, o Don Mattrick conseguiu a façanha de afastar muitos fãs da marca, com seus discursos irracionais, se o Phill seguisse pelo trajeto dele, não teriamos o X, All Digital, o Gamepass, as compras de estúdios, definitivamente a Retrocompatibilidade… já que em um dos famosos discursos do Mattrick, ele induzia o pessoal a permanecer no 360…com tudo isso, consequentemente a marca teria ainda menos investimento e o pouco que já tivesse, continuaria sendo desviado pra outro setor da M$ (como de fato acontecia), isso provavelmente encerraria a era da M$ nos consoles de mesa.

      Muita gente deixou de comprar o console, migraram pro PS4 ou resolveram esperar…quase ninguém defendia a marca em 2013, o que de fato acontecia era um massacre nos comentários de sites que promoviam a destruição da marca Xbox… então acho muito difícil que houvesse alguma defesa nessas condições.

      1. Sim. Exatamente. Ñ estou discordando entendo seu raciocínio.

        As algumas pessoas quando falava de xbox pareciam despertadas e a todo custo defendiam tudo e nessa época foi assim a divisão Xbox com Don Mettrick, passando sufoco e elogiando Xbox… apesar alguma cabeça de amendoim baterem palmas cegamente hoje.

        Com chegada de Phil Spencer muitas coisas boas acontecendo. Porque ele percebeu os erros da divisão com as nossas reclamações e aos poucos a marca esta se fortalecendo é notório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *