Carregando...

É assim que a retrocompatibilidade funciona no Xbox Series X, e vai além dos jogos!

Já era algo que estávamos preparados desde que o programa de retrocompatibilidade com a família Xbox One foi interrompido. A Microsoft levou toda a equipe para garantir que tudo funcionará bem em seus próximos consoles. Tanto o Xbox Series X quanto o previsível Xbox Lockhart, que em breve poderemos ouvir mais sobre ele.

O fato é que, a Redmond confirmou que a nova geração do Xbox será compatível com todas as gerações de Xbox até o momento. Então, está mais do que certo que o Xbox Series X suportará quatro gerações de consoles, um feito inédito e sem precedentes na história dos videogames.

Mas como isso funcionará? Escutamos muito que o “O Xbox Series X será compatível com todas as gerações do Xbox”. E isso obviamente levou muitos a pensar em uma total retrocompatibilidade com todos os jogos existentes em todo o Xbox.

No entanto, na realidade, as palavras das quais essas declarações foram extraídas são aquelas que já sabíamos, que o Xbox Series X seria compatível com todos os jogos atuais que estão no programa de retrocompatibilidade e adicionaria todos os jogos de forma nativa. Um resumo abaixo:

  • Você pode jogar todos os jogos retrocompatíveis do Xbox 360.
  • Você pode jogar todos os jogos originais do Xbox retrocompatíveis.
  • Você pode jogar todos os jogos Xbox One e Xbox One.
  • Jogos que não se adaptaram à retrocompatibilidade, ao menos por enquanto, não serão compatíveis.

Pelo menos essas são as informações reais que temos até o momento, existem rumores que a Microsoft estaria trabalhando com total compatibilidade com versões anteriores, sem precisar adaptar os jogos ao console. Primeiro porque é mais barato por não ter que adaptar o código, e segundo porque a Microsoft abre uma gama muito maior de jogos para oferecer no Xbox Game Pass.

No entanto, a desvantagem dessa “retrocompatibilide total por hardware” é que os jogos poderão ser iguais da mesma forma quando foram lançados e não adaptados para aproveitar o poder das novas máquinas. Por exemplo, Red Dead Dedemption no Xbox One X tem uma qualidade similar de um remaster, pois foi melhorado para tal. Talvez, se fosse apenas por hardware, não veríamos isso.

Além dos jogos, a retrocompatibilidade do Xbox Series X chega também aos acessórios do Xbox One. Então, controles e demais periféricos funcionarão no Xbox Series X. Algo diferente do que ocorreu na transição do Xbox 360 para Xbox One.

Mais esclarecimentos deverão ser fornecidos até a E3 2020 ou quem sabe um pouco antes. Por hora, é dessa forma que funciona de acordo com as últimas declarações da Microsoft no The Game Awards 2019.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.