É assim que a retrocompatibilidade funciona no Xbox Series X, e vai além dos jogos!

Já era algo que estávamos preparados desde que o programa de retrocompatibilidade com a família Xbox One foi interrompido. A Microsoft levou toda a equipe para garantir que tudo funcionará bem em seus próximos consoles. Tanto o Xbox Series X quanto o previsível Xbox Lockhart, que em breve poderemos ouvir mais sobre ele.

O fato é que, a Redmond confirmou que a nova geração do Xbox será compatível com todas as gerações de Xbox até o momento. Então, está mais do que certo que o Xbox Series X suportará quatro gerações de consoles, um feito inédito e sem precedentes na história dos videogames.

Mas como isso funcionará? Escutamos muito que o “O Xbox Series X será compatível com todas as gerações do Xbox”. E isso obviamente levou muitos a pensar em uma total retrocompatibilidade com todos os jogos existentes em todo o Xbox.

No entanto, na realidade, as palavras das quais essas declarações foram extraídas são aquelas que já sabíamos, que o Xbox Series X seria compatível com todos os jogos atuais que estão no programa de retrocompatibilidade e adicionaria todos os jogos de forma nativa. Um resumo abaixo:

  • Você pode jogar todos os jogos retrocompatíveis do Xbox 360.
  • Você pode jogar todos os jogos originais do Xbox retrocompatíveis.
  • Você pode jogar todos os jogos Xbox One e Xbox One.
  • Jogos que não se adaptaram à retrocompatibilidade, ao menos por enquanto, não serão compatíveis.

Pelo menos essas são as informações reais que temos até o momento, existem rumores que a Microsoft estaria trabalhando com total compatibilidade com versões anteriores, sem precisar adaptar os jogos ao console. Primeiro porque é mais barato por não ter que adaptar o código, e segundo porque a Microsoft abre uma gama muito maior de jogos para oferecer no Xbox Game Pass.

No entanto, a desvantagem dessa “retrocompatibilide total por hardware” é que os jogos poderão ser iguais da mesma forma quando foram lançados e não adaptados para aproveitar o poder das novas máquinas. Por exemplo, Red Dead Dedemption no Xbox One X tem uma qualidade similar de um remaster, pois foi melhorado para tal. Talvez, se fosse apenas por hardware, não veríamos isso.

Além dos jogos, a retrocompatibilidade do Xbox Series X chega também aos acessórios do Xbox One. Então, controles e demais periféricos funcionarão no Xbox Series X. Algo diferente do que ocorreu na transição do Xbox 360 para Xbox One.

Mais esclarecimentos deverão ser fornecidos até a E3 2020 ou quem sabe um pouco antes. Por hora, é dessa forma que funciona de acordo com as últimas declarações da Microsoft no The Game Awards 2019.

49 comments on “É assim que a retrocompatibilidade funciona no Xbox Series X, e vai além dos jogos!

    1. É um pepino para a Sony resolver. Devem ter ficado pistola por ter que gastar dinheiro investindo em retro, sendo que adoram vender seus remasters de remasters. O que não faz uma boa concorrência.

    2. Pô. Queria que não, mas sei que é real possibilidade. Ainda não sei porque compro jogos de PS3 digitais, pois creio que a Sony não manterá por muito tempo a PSN no PS3.

        1. O console só se chama agora “Xbox”, e serão vários modelos:

          Série X
          Série D
          Série A
          Série Y

          Bem diferente de “Xbox 360” e “Xbox One” que tinham que carregar o nome completo mesmo com modelos diferentes.

  1. Os enhanced deveriam ser defendidos pela mídia. São muito mais pró-consumidor do que os remasters. Entendo que um remaster hoje deve oferecer algo além do jogo original pra fazer algum sentido.

    A própria Ubisoft se deu conta disso quando lançou o Assassin’s Creed 3 Remastered, ao adicionar refinamentos à antiga gameplay, coisa que não foi feita no Rogue Remastered, até onde eu saiba.

    1. A mídia é mais fanboy q os sonystas tontos q vêm aqui, ela não fala de enhanced, game pass, não transmitem os eventos da Microsoft aí a Sony inventa o state of play e eles já estão lá prontos pra transmitir.
      Pra mim remaster só se for de jogos bem antigos, ou então como a Ubisoft fez com Ac 3 remastered q vêm junto na versão Gold do Ac odissey.

        1. Vejo esses caras fazerem vídeo qual ganhou a geração, qual o melhor só pra rir mesmo sempre tem um, dois q não entende nada de jogos q não sei como trabalha no ramo. Mas sim PS atraí mais views e esses sites além da preferência por PS parecem q tem medo de criticar e perder quem acessa o site.

      1. Não sei não amigos. Ultimamente venho vendo alguns movimentos no Youtube estranhos.. Pessoal do Enemy em debate, eram 3 dialogando, 2 deles consideraram o xbox como o melhor videogame de 2019 por conta do gamepass e suporte da microsoft ao Brasil (O outro la considerou o switch melhor por conta da variedade de exclusivos lançados durante o ano alem de mario e zelda, porém, ficou sem argumento quando os outros dois jogaram na cara dele que a Nintendo caga para o Brasil kkkk). Outro movimento foi o Coisa de Nerd glorificar o xbox all digital (meu sentimento). No video ele dá uma sugestão de presente de natal pelo custo beneficio. Demonstrou as featurings do console como playanywere com o pc e como gravar gameplay diretamente do console e editar o video.. Pra quem é hater da marca de carteirinha foi no mínimo intrigante. Pode ser que a MS esteja,a muito esforço, diluindo o ranço criado em 2013.

        1. a verdade a mídia nunca teve um lado, o problema é que a microsoft fez muita cagada (que estão acertando agora) e a mídia metia o pau mesmo (errado não está), único problema é que tem aquela massa que defende até quando esta errado

          1. Todo mundo tem um lado a pessoa pode até dizer q gosta de ambos mas sempre vai jogar mais em um console q no outro.
            Vc pega esses sites grandes poucos cobrem eventos da Microsoft aí a Sony lança state of play e rapidamente arrumam gente pra cobrir, o pessoal começa a reclamar q não cobrem o evento do Xbox eles dizem q vão mostrar e já não mostraram a xo19.

        2. Os caras passam o ano todo sem falar sobre o game pass aí no final do ano vem dizer q o serviço é bom.
          Muitos sites não comentam sobre os jogos q vêm entrando e saindo do serviço e não demora pra fazer um vídeo sobre os jogos q vêm para o serviço, acho q o mínimo q um site gamer devia fazer é informar e vejo muita omissão nesse sentido qnto ao Xbox.
          Adrenaline tem uma aba de Xbox não sei pra q faz uns dois anos q soltaram promoção de Black Friday da steam e PSN Xbox não, perguntei pq não tinham feito ninguém respondeu.

        3. Eu não vejo canal brasileiro de games pprque os caras na verdade são só oportunistas. Como o Xbox One se popularizou muito nos últimos anos, não duvido nada que seja esse o caso mais uma vez.

      1. Resta saber se irão adicionar novos jogos, e SE for o caso, o Xbox One ainda estará incluído nisso.
        Creio pra mim que a equipe da retro deu apenas um tempo, pra voltar com força no lançamento do console, e após ele.

  2. Poderia ter compatibilidade com os jogos do Kinect 1. Foi uma baita bola fora da Microsoft deixar eles de fora no One, só mantenho um 360 em casa até hoje porque minha esposa joga Michael Jackson Experience…

  3. Se for assim sera uma maravilha poderei vender meu ONE FAT sem me preocupar tenho bastante jogos em midia fisica e ainda mais em digital saber que não perderei esse jogos me deixa mais tranquilo proxima geração vou de Xbox primeiramente…..

  4. A retro de games e ACESSÓRIOS é uma feature importantíssima no XBOX SX. Imagina perder todo o dinheiro gasto em games e, principalmente, acessórios da geração sem a possibilidade de poder usufluir na geração seguinte e ainda ser obrigado a manter o console antigo. Console antigo que um dia vai quebrar, console antigo que não será possível encontrar outro pra comprar, e sem o console antigo os games acessórios para ele não servirão pra nada. E tem gamer que ainda não entende a importância da retro do passado e do futuro.

    1. A de acessórios é genial, controle e caro pá k7 por exemplo, ngm é MT fã de gastar uma fortuna para poder ter um segundo controle para jgr cm amigos, poder usar o controle do one como um secundário e ótima jogada

    2. “console antigo que um dia vai quebrar”
      Se vc cuida das suas coisas mal a esse ponto, só lamento. Tenho as 4 gerações de Playstation, 3 gerações de Sega, 5 de Ninty, fora PSP e todos os portáteis da Ninty. E todos funcionando… Talvez a exceção seja o Sega Dreamcast o leitor de disco, mas que não é nenhuma dificuldade se uma hora eu resolver trocar. Quem deixa aparelho eletrônico antigo quebrar é pq não sabe ou tem preguiça de cuidar

    1. É retrocompatibilidade completa com toda a biblioteca atual, inclusive a biblioteca retrocompatível. A questão é que alguns jogos ainda não foram portados. Ao invés de criticar o rótulo, deveria estar valorizando todo o trabalho feito até agora.

    1. Na prática ele é um Xbox com Gamepass ultimate parcelado em X vezes. A real é que a cultura de parcelar produtos não é comum lá nos EUA, então pra eles é algo diferente. Pra gente é na prática a mesma coisa que ir na Magazine Luiza e comprar o negócio parcelado

  5. Só queria entender uma coisa.
    Por que tiveram que levar o time da retrocompatibilidade pro série X se tudo que roda no one rodaria lá? Não era só continuar lançando games retrocompativeis no X? Fica o mistério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *