Carregando...

Em movimento contrário ao Xbox, Sony decide fechar um dos seus estúdios

Nós últimos anos temos visto a Microsoft investir agressivamente no Xbox, algo nunca visto na indústria até então. A Redmond começou a comprar vários estúdios como se isso fosse algo corriqueiro e comum, mas não é. A Sony, por outro, decidiu fazer um movimento contrário e ao invés de comprar estúdio, fez foi fechá-lo.

A Sony encerrou o Manchester Studio antes mesmo de ter a oportunidade de anunciar um jogo. Ele era baseado em realidade virtual (VR) e foi formado em 2015 e estava trabalhando em um projeto desconhecido, mas a japonesa decidiu dedicar tempo à equipe “como parte de nossos esforços para melhorar a eficiência e a eficácia operacional”. De acordo com a Games Industry.biz, todo o grupo foi despedido.

É claro que os desenvolvedores britânicos sob o guarda-chuva do PlayStation não tiveram muita sorte nos últimos anos, com o Studio Liverpool, o Guerrilla Cambridge, o Bigbig Studios e o Evolution Studios fechando suas portas na última década. O criador de Blood & Truth, London Studio, e a Media Molecule, permanecem, mas tem sido um período difícil para os colaboradores da Sony. Também não podemos deixar de pensar no que as notícias de hoje significam para o PlayStation VR pode não estar indo tão bem.

Como sempre, deixem sua opinião sobre o caso logo abaixo.

Fonte

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.