Epic Games: mais fácil adicionar 120FPS a jogos no Xbox Series X|S do que no PS5

Nós vimos alguns desenvolvimentos interessantes na semana passada relacionados ao suporte a 120FPS no Xbox Series X e Xbox Series S, com jogos do Xbox One como Star Wars: Squadrons e Rocket League anunciando que opções de 120FPS chegarão a esses títulos para os novos Consoles Xbox em um futuro próximo. Hoje, descobrimos que Call of Duty: Warzone também, e não rodará a 120FPS no Playstation 5.

Agora, podemos ter uma explicação do porquê. Em uma declaração ao site Push Square, o desenvolvedor do Rocket League, Psyonix, agora da Epic Games, destacou que por causa de como a retrocompatibilidade é implementada nos dois conjuntos de sistemas, o Xbox realmente torna muito mais fácil obter o suporte a 120FPS.

“No momento, não temos mais nada para compartilhar sobre os planos adicionais do Playstation 5, mas podemos esclarecer o porquê. O foco principal de nossa equipe neste ano foi nossa recente transição gratuita para jogar e atualização de recursos importantes como nosso sistema de torneios. Devido a isso tivemos que tomar decisões difíceis sobre o que mais poderíamos alcançar. Ativar 120 Hz no Xbox Series X | S é um patch menor, mas ativá-lo no PS5 requer uma port nativo completo devido à forma como a retrocompatibilidade é implementada no console, e infelizmente não foi não é possível”.

Apoiando isto, Eurogamer também descobriu que Call of Duty: Warzone adicionou silenciosamente suporte a 120FPS no Xbox Series X recentemente, mas o mesmo não foi aplicado ao PlayStation 5.

Obviamente, Psyonix não fala pela EA e Activision, então pode haver outras razões pelas quais esses títulos não estão recebendo modos de 120FPS para PS5 também, mas da perspectiva do Xbox é certamente agradável ver a Microsoft tornando mais fácil para os desenvolvedores voltarem e adicione esta opção para jogos mais antigos.

O que você acha disso? Dê-nos a sua opinião nos comentários abaixo.

83 comments on “Epic Games: mais fácil adicionar 120FPS a jogos no Xbox Series X|S do que no PS5

  1. Ué mas… segundo o sonysta fanático a alguns meses a Sony tinha “comprado a Epic, a Unreal, o Fortnite, o Gears, etc”…
    Tô confuso, me ajuda aí sonysta.

  2. Legal, percebe-se que na retrocompatibilidade o Xbox tira de letra em cima do PS5. Vamos ver nos port nativo e nos jogos para a geração nova como o XBOX vai se comportar, eu pensava que ia dar certo, mas fico ainda meio receoso se o slogan “o console mais poderoso” vai se confirmar até o final da geração. Mas o jogo está apenas começando…

  3. Devido a isso tivemos que tomar decisões difíceis sobre o que mais poderíamos alcançar. Ativar 120 Hz no Xbox Series X | S é um patch menor, mas ativá-lo no PS5 requer uma port nativo completo devido à forma como a retrocompatibilidade é implementada no console, e infelizmente não foi não é possível”.

    Playstation 5 é um console feito as pressas, por mais que digam que não.

    1. Qualquer um que não seja fanboys percebe que era pra atrasar o lançamento do PS5 pra 2021, tiveram que fazer overclock no console por causa da disparidade do séries X, e precisariam de mais tempo pra otimizar melhor e adicionar recursos .

  4. O que tem que ser um fã incondicional dos jogos da Sony ou desinformado pra comprar um PS5

    ———————————————————-

    Xbox Series X: mais barato e mais poderoso, game pass com 338 jogos

    PS5: mais caro e hardware mais fraco, jogos custando R$ 350+

  5. Rapaz, quando os recursos Full RDNA2 forem dominados e utilizados, principalmente em jogos True Nextgen, até o XSS vai “bater” no PS5, mas sendo quase a metade do preço.

  6. O Que eu mais gostei do Series S é o preço, e o projeto em si.

    -É pequeno e eficaz.
    -Consome quase 0 de energia.
    -Não esquenta.
    -É Bonitinho.
    -Vai receber os Games de Nova Geração.

    O Da hora é que abrindo ele, ele é literalmente como se fosse um console portátil… Realmente, 4 TFLOPS num negócio pequeno desse é genial.

    Única coisa que a MS deu ruim, foi a ausência de 2gb a mais e também um pouco mais de largura de banda.
    Pois em jogos de Xbox One, com Patch ainda por cima, o One X da geração passada está o superando no quesito resolução. Fora a Retro, deveria rodar a versão do One X e não do One FAT.

    1. Concordo sobre a retrô, deveria roda as versões Enhanced X, em relação a resolução, a proposta é diferente de cada um, então nesse ponto acho aceitável.

        1. uma combinação de burrice com afobação

          o ss não vale a pena em nenhuma hipótese

          ano q vem aparece ps5 e sx por menos de 4200 com certeza no mercado cinza, se duvidar aparece os dois por 3500

        2. Quem tem o one x é porque quer a melhor perfomance em um console, é claro que ele vai ir para um SX e não um SS, até pq com ele dá para segurar mais 2 anos tranquilamente, diferente de quem tem um one base

  7. Teve soninho burro que falo que a sony tinha comprador a epic meu deus tem que se muinto burro pra fala uma coisa dessa ta ai o resutado er tudo capado no ps5 chora soninhos 4 kkk

  8. Fóruns no Reddit e no suporte oficial da Microsoft crescem em reclamações de que o novo console não carrega jogos corretamente, além de apresentar quedas e forçar reinicializações

    Ué!!
    A Divisão Xbox não tem setor de “Controle de Qualidade”??

    Agora Fanboys Xbox se passarão por isentos!!

    “Aqui tá tranquilo! Não tive problema!! Tô jogando de boas!!
    Isso aí é Sonysta fazendo Flame, denegrindo o XboxSeriesX por ser melhor que o Play5!!”

  9. Tô gostando bastante das devs deixando a taxa de fps desbloqueada pra deixar os jogos correrem até 120, mesmo que não sejam cravados, isso é muito bom pra quem joga fps, e as quedas podem ser amenizadas com o freesync.

    1. Aceite a derrota. 4K em um jogo como rocket league não tem muita diferença pra um 1080p e 1440p. A real diferença nesses tipos de jogos vai ficar mesmo na taxa de frames, onde o Xbox tá levando uma vantagem ENORME em cima do Playstation

  10. O Series, seja S ou X, foi construído com a portabilidade PC em mente, ao invés do tradicional salto geracional disruptivo que conhecemos. Isso se percebe no controle, na interface, na retrocompatiblidade, no conjunto de recursos a disposição do jogador e desenvolvedores, enfim.

      1. Sim, é a filosofia do Xbox. O Xbox Series é um ‘PC dedicado a jogos’ tão quanto o Sega Genesis foi uma espécie de ‘Arcade doméstico’ em sua época.

      2. Sim, é a filosofia do Xbox. O Xbox Series é um ‘PC dedicado a jogos’ tão quanto o Sega Genesis foi uma espécie de ‘Arcade doméstico’ em sua época.

        1. Essa de trazer o arcade pra residência foi uma filosofia que acompanhou a Sega. Mas lamento que o Mega não tenha tido o devido suporte da Capcom e da Konami na época, principalmente de 92 em diante. Tinha o jogo de wrestling Saturday Night que era melhor no SNES. Sunset Riders, TMNT (tanto o beat em up quanto o jogo de luta). O port do beat em up do rei artur que saiu só pro SNES, além de Final Fight que saiu só pro Sega CD.
          Vejo o Dreamcast como único console da Sega que conseguiu realmente trazer o arcade pra casa, mas nessa época arcade já estava fora de moda 😔

  11. Relaxa sonystada, quando a Sony aumentar a velocidade da Fan por atualização os jogos com certeza vão alcançar…

    Não, nem assim.

    Spolerzinho: As features da RDNA 2 nem começaram a ser utilizadas ainda, ray-tracing no WDL é só a ponta do ice-berg, então vão estocando hipoglós

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *