Carregando...

Esta pode ser uma das novidades do próximo controle do Xbox

A Microsoft não para de tentar melhorar não apenas seus jogos e serviços, mas também algumas de suas peças de hardware. Pode-se pensar que, uma vez que o componente é fabricado e colocado à venda, a empresa o ignora, mas parece que não é assim. E vimos isso no próprio Xbox One, que vem recebendo funções para as quais nem foi projetado, por exemplo, a funcionalidade de compartilhamento nas redes sociais.

Agora conhecemos uma nova patente específica para o controle do Xbox. Essa patente é baseada nas respostas dos joysticks ou “cogumelos”. Dessa forma, a Microsoft busca que, dependendo da pressão que um usuário exerça sobre essa parte do controle, ele se comporte ou se adapte de maneira diferente.

A descrição oficial:

O joystick inclinável compreende roscas externas em uma extremidade distal, uma entidade de ancoragem do joystick e uma extremidade proximal oposta à extremidade distal. Um mecanismo de tensão ajustável é configurado para modificar uma tensão de inclinação do joystick inclinável.

Por exemplo, um joystick com tensão mais alta fornece maior resistência a ser inclinado pelo polegar ou dedo do usuário em relação a um joystick com tensão mais baixa. Alguns usuários podem preferir uma tensão de inclinação mais alta em um joystick, enquanto outros podem preferir uma tensão de inclinação mais baixa. São dois, certo? Cada um com pressão ajustável de forma independente.

Essa patente parece mais projetada para um componente mecânico; portanto, se ela se tornar realidade, podemos vê-la no controle que chega com o Xbox Series X ou em um novo modelo do Elite v3 que também deve aparecer.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.