Carregando...

Estes são os jogos do Kojima que você pode desfrutar no seu Xbox One; muitos não estão no PS4!

O nome de Hideo Kojima está na histórias dos games. Análises de seu último jogo, Death Stranding já forma publicadas. Além disso, o anúncio do lançamento deste título para PC já no próximo ano aumentou o interesse de muitos usuários em saber os jogos dele podem ser apreciados em outras plataformas. Se você tem interesse nos jogos de Kojima, saiba que você pode desfrutar alguns no seu Xbox One, e tem título até ausente no Playstation 4.

A verdade é que nem todos os títulos da série Metal Gear foram apreciados pelos usuários do Xbox, veja o exemplo de Metal Gear Solid IV, um título exclusivo para PS3. No entanto, graças às versões de compilação em HD de outros jogos e à política de multiplataforma da Konami nos últimos anos, pudemos apreciar algumas das obras desse cara.

Coleção Metal Gear Solid HD

A remasterização de 2011, lançada originalmente para o Xbox 360, agora é retrocompatível no Xbox One, e esta é a melhor maneira de jogar esses jogos clássicos em hardware moderno. Essa remasterização incluiu os títulos Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty e Metal Gear Solid 3: Snake Eater. Vale notar que, o Playstation 4 não tem retrocompatilidade.

Em Sons of Liberty, encarnamos Raiden durante a maior parte do jogo, uma criança soldado das guerras da Libéria que terá que enfrentar a invasão, por um grupo chamado Sons of Liberty, de uma instalação em alto mar para obtenha um novo projeto do Metal Gear. No entanto, esse jogo era conhecido na época pela profundidade das questões abordadas, como o Metodismo Dawkinsiano, o controle das massas, a pós-verdade e o uso de inteligências artificiais. Para muitos, é o trabalho de Kojima que mais reflete que este autor estava à frente de seu tempo.

Snake Eater, é o nome que recebe a missão em que encarnamos Naked Snake, um personagem que no futuro receberia o apelido de Big Boss. Nesta missão que se passou durante os anos da Guerra Fria, com toques de filmes de espionagem e James Bond, enfrentamos Volgin e seus aliados, que estão em busca do legado dos filósofos. Metal Gear Solid 3, foi um jogo excelente, onde espionagem e contra-inteligência se encontraram em uma história que foi além da introdução de personagens com o mais alto senso de dever e fidelidade à sua terra natal como The Boss

Metal Gear Solid V

Ao contrário dos dois títulos mencionados anteriormente que apareceram originalmente no PS2, o Metal Gear Solid V foi lançado ao mesmo tempo no Xbox 360 e Xbox One, sendo um dos títulos intergeracionais que nos deixou o sétimo passo para o oitava geração de consoles.

Como é sabido, o Metal Gear Solid V foi lançado em duas partes, a primeira como prólogo, o Ground Zeroes estava nos transportando para o Omega Camp.. Esse prólogo controverso foi lançado separadamente devido ao atraso que a Kojima estava tendo com o título completo.

Em The Phantom Pain, Metal Gear Solid se tornou um mundo aberto pela primeira vez em seus mais de 25 anos de existência, a história do jogo nos colocou em contexto ao nos informar sobre as origens de personagens emblemáticos como Liquid Snake, Revolver Ocelot ou Psychomantis. Ambos os jogos foram lançados juntos em uma edição definitiva que veio à tona um pouco mais tarde.

Metal Gear Rising: Revengeance

Vá em frente que Hideo Kojima não participou desse spin-off da saga principal do Metal Gear mais do que como produtor e que o desenvolvimento deste título foi da Platinun Games. No entanto, decidi incluir esse jogo na lista porque o Kojima declarou repetidamente que esse hack e slash onde controlamos Raiden faz parte do cânone principal da saga e, portanto, deve ser levado em consideração. Embora seja um jogo que chegou apenas no Xbox 360, a a retrocompatibilidade do Xbox nos permite aproveitá-lo no nosso Xbox One. Como o Playstation 4 não tem retrocompatibilidade, então na atual geração apenas o lado verde possui este jogo.

Jogaram todos? Gostaram de todos?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.