Carregando...

Ex-funcionário da Sony ameaçado de morte por elogiar o Xbox Series X

Hoje, queremos compartilhar uma notícia realmente infeliz sobre algo que não deveria ter um lugar no mundo dos videogames (e na vida em geral). Para colocar você entender melhor o caso, Chris Grannell é um ex-funcionário da Sony que, quando as características do Xbox Series X e PlayStation 5 foram anunciadas, elogiou o bom trabalho da empresa americana com algumas das possibilidades mostradas como o hardware dedicado ao Ray Tracing do novo console. Disse que a diferença era alta em favor do Xbox.

Até agora, tudo o que é normal, profissional ou não, fala ou opinar sobre um novo console, dando sua opinião com respeito e sem esperar que seus comentários causem tanto desconforto ao ponto que alguns energéticos começaram a ameaçá-lo até a morte.

Muitas pessoas acreditam que tudo fica impune online, mas cada vez mais pessoas estão denunciando publicamente eventos tão infelizes quanto aqueles que Chris Grannell tornou público.

Bem, quando pensei que tudo tinha se acalmado, hoje levanto e encontro essa pequena mensagem inteligente enviada por um fanboy pelo meu site, e apenas porque expressei uma opinião diferente da sua. O mundo é louco, realmente é.

Sob o pseudônimo de “Aaron Green” (em clara referência a Aaron Greenberg, da Microsoft), esse homem (para chamá-lo de alguma forma) desejou a morte do desenvolvedor e declarou seu ódio a Microsoft. É lamentável que você possa ver pessoas que, por algo tão banal quanto uma opinião em um console de videogame, podem até chegar a um problema na justiça.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.