Carregando...

Final Fantasy VII Remake para Xbox One entra em pré-venda por outro grande varejista

Final Fantasy VII Remake passa por uma novela emblemática, já que ainda é incerto  se será lançado para o Xbox One e PC. Bem, para acender ainda mais essa discussão, um outro grande varejista, a Media Markt, abriu pré-venda o tal jogo da Square Enix. Além dele, já vimos Walmart (aquele vazamento monstruoso), a loja Game e até a Xbox Alemanha fazer declarações do tipo.

A rede Media Markt é uma subsidiária espanhola da cadeia alemã e já iniciou as vendas de Final Fantasy VII Remake para Xbox One, colocando a data de lançamento em 31 de dezembro de 2020. Ou seja, uma data indicativa, o que poderia confirmar que chegaria mais tarde do que a versão para PS4, pois este já tem data oficial anunciada.

Cabe lembrar que, pode ser apenas um erro da Media Markt, ou um erro da Xbox Alemanha, do Wallmart e da Game. Todas podem ter se equivocado. Ou pode ter sido apenas uma estratégia simples de precaução. Ou seja, sabemos que não é impossível que tal jogo chegue em outras plataformas, e com a proximidade da Gamescom, sair na frente e garantir um formulário de pré-venda pode ser sábio.

No momento, o link continua no site oficial da empresa. Claro que isso é apenas mais uma peça de toda uma polêmica. Cabe notar, a Square Enix relatou que não está pensando em outras plataformas no momento, mas ela já tinha dito isso sobre Nier Automata para Xbox One e todo nós sabemos no que deu. E como se isso não bastasse, a Sony removeu do jogo qualquer menção sobre exclusividade em seus trailer mais recentes do jogo.

O Windows Club acredita que o jogo chegará ao Xbox One. Provavelmente, é algum tipo de exclusividade temporária com alguma cláusula “medo”. Ou melhor, que não pode ser oficializado até depois do lançamento de Final Fantasy VII Remake na plataforma Sony.

 

VIA

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.