Carregando...

Foi a Moon Studios que pediu à Microsoft para lançar Ori no Nintendo Switch

Continuamos com os esclarecimentos, porque a Microsoft não só falou que não tem planos de lançar mais jogos first party em outros consoles, mas também sobre questões muito relacionadas ao que causou o lançamento de Ori and the Blind Forest no Nintendo Switch. Recebido com as mãos abertas, os usuários do console híbrido da Nintendo poderão desfrutar, talvez, do melhor jogo de Xbox de 2015.

Mas, embora a Microsoft esteja agora com o Xbox muito mais aberto no sentido de que “todo mundo joga”, não foi ideia de Phil Spencer levar o primeiro Ori para Switch. Greenberg, diretor absoluto de marketing do Xbox, também explicou isso a Mcvuk. Foi a própria Moon Studios que pediu a Microsoft para lançar Ori no Switch, apesar de ser um título lançado há quase quatro anos.

Sendo a Moon Studios uma equipe independente, da qual nos lembramos ainda não é um membro da Xbox Game Studios, eles têm sua própria autonomia. No entanto, parece que a Microsoft ajudou nesse port:

O Ori é feito pela Moon Studios, que é um estúdio independente e externo. Eles vieram com o desejo de trazer o Ori original para Switch. Nós pensamos que fazia sentido, e estamos felizes em trabalhar com eles para levá-lo para Switch.

De fato, no trailer oficial do canal Nintendo, no final Ori no Switch é assinado pela Nintendo, pela Moon Studios e pela Xbox Game Studios, confirmando que a Microsoft está envolvida no lançamento. Mas para aqueles que já estão perguntando, não será assim com a segunda parte, pelo menos por enquanto, porque Greenberg também confirmou que não há planos para lançar Ori and the Will of the Wisps em outros consoles:

Nossos planos com o Ori and the Will of the Wisps é lançá-lo exclusivamente no Xbox One e no PC.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.