Em 2007, Bush foi presidente dos Estados Unidos, o filme de Simpson estreou nos cinemas e adivinha… O Android foi anunciado publicamente. Faz exatamente... Há dez anos, a Microsoft e outros subestimaram o Android, um erro fatal

Steve-Ballmer-Microsoft-589x300

Em 2007, Bush foi presidente dos Estados Unidos, o filme de Simpson estreou nos cinemas e adivinha… O Android foi anunciado publicamente.

Faz exatamente 10 anos e dois dias desde o lançamento do sistema operacional móvel do Google e é impressionante notar que, nos primeiros meses, isso foi totalmente ignorado pela Microsoft. O grande homem de Redmond se desinteressou do Android, o achou inútil e sem sentido. Isto é o que um porta-voz do Windows Mobile disse na época:

Parece que eles estão juntando um monte de pessoas para construir um telefone e isso é algo que fazemos há cinco anos. Não entendo o impacto que eles terão.

Mas não foi só a Microsoft, outros seguiram este mesmo caminho em 2007 como a Apple, Nokia e Symbian que não viram iniciativa tomada pelo Google como uma ameaça na indústria do smartphone. Se o Google não estivesse entrado nesse mercado, a indústria certamente estaria totalmente diferente agora.

Nós levamos isso a sério, mas nós criamos telefones reais, plataformas de telefone reais e uma grande quantidade de volume acumulado ao longo de anos. – John Forsight do Symbian

Não vemos isso como uma ameaça. – Nokia

Temos um ótimo relacionamento com o Google e isso não muda nada. Eles são certamente um parceiro importante para o iPhone. – Apple

Agora, o sistema operacional de código aberto não só teve um desenvolvimento constante ao longo dos últimos anos se tornando mais e mais funcional, mas é também o mais utilizado no mundo e o rival único remanescente da Apple, que vender seu iPhone, ainda como um nicho. Enquanto isso, enquanto o Symbian e o Windows Phone foram deixados pelos usuários e pelas empresas. A Microsoft, pelo menos por enquanto, está focada no desenvolvimento de aplicativos para Android e iOS, e a Nokia abandonou este mercado e hoje apenas licencia sua marca para a HMD Global, que agora produz smartphones Android.

Em conclusão, se a Microsoft não cometesse todos esses erros neste momento, a situação provavelmente teria sido muito diferente.

No meu ponto de vista, que já acompanhava a Microsoft e o Windows Mobile, o Android realmente era horrível, mas o problema foi a demora da Redmond em lançar o Windows Phone (que chegou bem limitado também), enquanto a Apple estava crescendo com muita velocidade. Os fabricantes, sites de conteúdo e usuários precisavam de algo com a qualidade do iPhone, com variedade e sem ficarem presos num mundo fechado, a Microsoft dormiu e deu nisso.

O que você acha? Deixe-nos saber nos comentários.

Fonte: Phone Arena

jorgemoderador

Sou advogado e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Acompanho todos os produtos das Microsoft, inclusive como jogador do Xbox One.

Curta nossa nova página no Facebook!