Halo Infinite não é essencial para o Xbox Series X ter um lançamento bem-sucedido para a Microsoft

Halo Infinite deveria representar uma “arma devastadora” do Xbox Series X, mas de acordo com a Microsoft sua presença não é essencial para ser capaz de realizar um lançamento bem-sucedido para o novo console de próxima geração.

É claro que a situação teria sido completamente diferente com a presença de Halo Infinite entre os jogos de lançamento, considerando sua posição central dentro de toda a linha de jogos do Xbox Series X e do Xbox e do cenário de jogos em geral, portanto, o seu adiamento para 2021 foi um dano enorme. Em métricas do Twitter, ele era mais popular que os jogos do Playstation, diga-se de passagem.

Na verdade, Phil Spencer sempre relatou querer lançar o Xbox Series X independentemente de Halo Infinite estar presente ou não neste final de ano, quando a pandemia de coronavírus começou a se estabelecer e grande parte do trabalho da 343 Industries foi movido remotamente, então o adiamento provavelmente já era uma possibilidade há vários meses, mas claramente isso ainda atrapalhou os planos para o lançamento da próxima geração.

No entanto, a Microsoft pretende seguir em frente: “Ter o Halo no lançamento teria um grande impacto, mas não estamos contando apenas com títulos grandes e exclusivos para impulsionar a adoção do novo console”, disse Cindy Walker da Microsoft ao The New York Times. “Nossos jogadores ainda têm milhares de jogos, mesmo das gerações anteriores do Xbox, para jogar no dia do lançamento.”

A empresa usará armas como preço baixo do Xbox Series S, o alto poder do Xbox Series X, Xbox Game Pass, EA Play e contará com a ajuda da Ubisoft e outros terceirizados como Yakuza 7 e The Medium. Halo Infinite chega apenas em 2021 melhorado, mas certamente muitos jogos estão sendo lançados até lá.

O Xbox Series X e Series S estará disponível a partir de 10 de novembro de 2020 a um preço de 499 e 299 dólares, respectivamente. Não sabemos o quanto serão cobrados no Brasil, no enanto.

 

Fonte

75 comments on “Halo Infinite não é essencial para o Xbox Series X ter um lançamento bem-sucedido para a Microsoft

  1. Se fosse verdade eles não teriam gasto 500 milhões de dólares pra tentar deixar o jogo pronto a tempo
    Não existe isso de console não precisar de jogos de lançamento. Por trás de todo console de sucesso há uma line up pesada de lançamento.
    Microsoft pisou na bola feio dessa vez, até o one teve um lançamento com mais jogos

      1. A mesma retro que o one já tem, não é nada inédito, ninguém vai comprar um xbox pra jogar jogos antigos, até porque o one s já faria isso por um preço muito menor

        1. Quantos títulos o PS4 tem anunciado pro lançamento? E o Xbox? Vocês estão fazendo tempestade em copo d’água. E é provável que o Xbox anuncie mais jogos semana que vem, durante o evento.

          1. É porque no Playstation não existe retro desde o PS3 fat. E convenhamos, retro com ps1/2/3 é muito mais chamativo que retro com xbox/360/one devido a biblioteca de jogos.

          2. Mas ninguém liga para jogos antigos e você é quem diz que esses jogos são chamativos, mas entendi, continua assim que todo mundo acredita.

          3. Você está me interpretando mal. A retro do xbox não é um selling point pro SX justamente porque o one s também já é capaz de fazer isso e a um preço menor, ou seja, todo mundo que está interessado nisso já comprou um.
            Mas no caso do PlayStation é sim um selling point porque a última retro que ele teve foi no PS3 fat, que nem ao menos rodava em maior resolução os jogos e é quase impossível de se achar funcionando hoje em dia.

          4. Mas a retro do Series X vai ter todos os jogos do Xbox One, então a vantagem é vc ir pra próxima geração com tudo que você já tem na velha.

          5. Eu tenho um Xone Fat e queria trocar pra um Xone X, mas aí anunciaram a nova geração. Segurei a vontade de comprar um Xone X pra poder ter grana pra comprar o Series X. O motivo pra eu mudar de geração agora é porque o meu Xone está defasado há muito tempo (minha fonte queimou e tive que comprar uma paralela, porque não se acha mais com facilidade fonte original).

            Tenho uma biblioteca de mais de 300 jogos comprados (que devo ter zerado uns 50 só, por falta de tempo), então pra mim é um selling point. E eu não tenho a menor dúvida que deve existir muita gente que pensa assim como eu (mesmo que tenham um Xone S).

        2. A retro que importa é a com os jogos do proprio One, o cara que tem um PS4 hj e trocar por um XS vai ter centenas de jogos “ineditos” pra joga pelo gamepass..
          E considerando preço, não tem nem comparação o preço de tabela do One S é 299 dolares, o Series S ta vindo pelos mesmos 299. Pq alguem compraria um console que só roda jogos da geração atual se pode compra por praticamente o mesmo preço um que roda esses mesmos jogos melhor e os jogos da nova geração?

      1. Para de passar pano…. Tu sabe muito bem que isso é verdade
        Aliás, a única razão do ps4 ter vendido tanto foi porque o one teve um marketing desastroso, porque a line up de lançamento do one era melhor

        1. Eta, não sabia que você falava algo com nexo. Está completamente certo! Fanboy da Sony tem mania de falar que PS4 tinha lineup monstra no lançamento kkok

      2. A pergunta deveria ser Xflop SX tem alguma coisa melhor que Ratchet & Clanck.

        Que não seja CGI, por favor.

        O melhor que teve no Xflop Show case foi The medium com gráfico de Until Dawn 2015 Ps4 base 1.8tf.

    1. “Não existe isso de console não precisar de jogos de lançamento”. Enquanto isso, o Nintendo Switch, que todos dizem ser um grande console lançou com dois jogos: um exclusivo temporário (Bomberman) e um Zelda cross gen, e hoje tá ai, um enorme sucesso. Day one não é tão importante, mas mesmo assim o Series X vai chegar com mais jogos que o Switch, Xbox 360 e Xbox One.

    2. Esse halo eles querem fazer um Novo Destiny Online, e tivemos adiamentos de muitos grandes jogos na pandemia. Em relação a 500 milhões, isso é boato, não se sabe o valor investido, mas não deve ter chegado a isso.

        1. Você não deve pensar no videogame apenas para jogar exclusivos.

          Se algum jogo rodar melhor no Xbox Series x que no PS5 isso também pode ajudar nas vendas.

      1. A propaganda toda é em cima dos jogos da Ubi pq ela prometeu os jogos “enhanced” pro SX no lançamento, Cyberpunk a CD Projekt falou que a atualização real pra nova geração vai vir só mais pra frente

  2. Querem diminuir o estrago, algo bem padrão.
    E na real, é óbvio que o Xbox tá se focando mais nos seus serviços que nos seus próprios jogos.
    Tem vários jogos prometidos pra 2023/24? Tem.
    Da pra confiar na Microsoft?
    Depois de Halo Infinit, Crackdown, Beeding Edge, Grounded prometidos como algo realmente bom, não dá.

  3. Pode não ser essencial, mas que ajudaria bastante isso sim, mas também não pode chegar um jogo com cara de inacabado querendo ser console selling, iria era atrapalhar…

  4. A MS está incomparavelmente melhor preparada para o lançamento da
    geração que a Sony, mesmo com adiamento de Halo, o SS e o SX continuam plataformas inigualáveis para a escolha dos gamers.

    Não importa o que a Sony apresente hoje, sempre vai pairar a desconfiança de um console mal projetado, mal acabado, trambolhão e frágil. Isso nem God of War de lançamento daria jeito.

  5. colapso, chegou ao ponto de caixista ter que mentir pra si mesmo, que a maior franquia adiada não vai fazer falta no lançamento do console, que dois jogos multi são o “grande” line up do console, um ainda é da Ubisoft que tanto criticam, mas fazer o que, o Pilha Rayovac Spencer sabe que jogos antigos no mendigopass já deixa os usuário felizes

  6. Ah! Pra mim Gears tem mais impacto que Halo, mais divertido, mais diverso, Halo é um jogo de matar bichinhos estranhos que remungam ainda mais estranhamente. O 1 foi legal, mas parou ali.

  7. MS Queria pegar o mesmo Hype de lançamento que Zelda BoTW fez entre WiiU e Switch: Uma das principais IP’s como carro chefe de transição e vendas. Zelda foi primordial para o sucesso de vendas nos primeiros meses do Switch, mesmo sendo um jogo de WiiU portado para o console.

    Halo Infinite também seria um jogo de Xbox One portado para os Xbox Series, o problema que a MS não avisou sobre isso, na verdade não disse do que se tratava o jogo até meses antes de sua data de lançamento. O povo achando que ia encontrar um jogo de nova geração e enxergararam uma gameplay e graficos abaixo das expectativas, o que não agradou muita gente.

    Halo vai fazer muiiita falta sim para o Xbox Series, principamente na américa do Norte, Lar supremo de Halo.

    1. A diferença é que o Switch lançou com esse Zelda e Bomberman, SÓ. Então o único incentivo pra comprar o console era o jogo. Já o Xbox Series X/S vai ter exclusivos de empresas terceiras, jogos multiplataformas da nova geração, Gamepass + EA Play, Xcloud, vai ser o console mais poderoso (X), talvez o mais barato (S), vai ter retrocompatibilidade com todos os jogos do One, alguns do 360 e Xbox clássico. Então é sim diferente.

      1. Não estou tirando o mérito do que vai ser entregue no lançamento dos Series, mas colocando a importancia do Nome Halo como um batismo para uma nova geração. Halo tem sim peso, e peso dos brabos.

  8. MS Queria pegar o mesmo Hype de lançamento que Zelda BoTW fez entre WiiU e Switch: Uma das principais IP’s como carro chefe de transição e vendas. Zelda foi primordial para o sucesso de vendas nos primeiros meses do Switch, mesmo sendo um jogo de WiiU portado para o console.

    Halo Infinite também seria um jogo de Xbox One portado para os Xbox Series, o problema que a MS não avisou sobre isso, na verdade não disse do que se tratava o jogo até meses antes de sua data de lançamento. O povo achando que ia encontrar um jogo de nova geração e enxergararam uma gameplay e graficos abaixo das expectativas, o que não agradou muita gente.

    Halo vai fazer muiiita falta sim para o Xbox Series, principamente na américa do Norte, Lar supremo de Halo.

  9. Na minha opinião Jorge, Halo Infinite talvez sim é essencial para o Xbox Series X ter um lançamento bem-sucedido para a Microsoft sim. Na sua opinião. Ok Jorge.

  10. “Importância” e “essencialidade” são conceitos diferentes. Por mais importante que Halo Infinite seja pro lançamento do XSX e XSS, a falta daquele não impede que estes tenha um bom lançamento, pois há outros atrativos envolvidos. E isso é XB, console robusto que entrega os melhores recursos e serviços, além de seus exclusivos de qualidade. Enquanto isso, na concorrente nada sobra além de dois ou três exclusivos hypados na geração toda.

  11. Claro que era essencial. Tanto que por muitos tempo foi usado como jogo de lançamento do console. Toda fala de executivo da Microsoft era falado o Halo Infinite…
    Saudações Colosso

  12. Eu acho o HALO uma merd#, pra mim melhores jogos do xbox são forza que é meu numero 1 eo Gears, pra mim tanto faz se adiar o HALO pra daqui 10 anos, eu no maximo vou jogar a campanha e olhe lá, microsoft investiu muito nessa porcaria, deveria pegar o dinheiro e fazer outro quantum break ou um rise son of rome de mundo aberto, seria maravilhoso

  13. Evento do PlayStation de ontem foi espetacular e 100 vezes melhor que os da Microsoft, não sou fanboy, tenho os dois,mas meu favorito PlayStation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *