Carregando...

Hideo Kojima sobre Death Stranding: ‘até agora, eu não entendi o jogo’

Hideo Kojima, diretor, roteirista e produtor de Death Stranding, garantiu ao Financial Times que ainda não entendeu completamente seu novo jogo, que chegará ao PlayStation 4 em 8 de novembro, mas que pode ser apenas um exclusivo temporário.

“Death Stranding … até agora, eu não entendi o jogo. A visão de mundo deles, a jogabilidade, é nova. Minha missão é criar um gênero que não existe atualmente e que surpreende a todos. Naturalmente, há um risco nisso … “

Durante a Gamescom 2019, novos vídeos foram apresentados, incluindo o gameplay, onde você pode ver que a exploração do terreno será uma parte importante. Há também ação e furtividade, e a história combina diferentes dimensões e a travessia de mundos – a dos vivos e a dos mortos. Cada trailer deu origem a uma infinidade de teorias entre os fãs.

Kojima também comenta que os videogames são a expressão máxima do artesanato. “Há histórias no cinema que minha geração pode considerar surpreendentes, mas que para a geração de jogadores não é tão estranha”, diz ele sobre a arte das duas indústrias.

“Se você pegar algo que se parece com uma banana e der o nome de maçã, isso funciona como arte. Mas não se aplica a jogos. Estamos fazendo algo que é interativo. Uma banana precisa ser comestível depois de descascar a pele, os carros eles devem ser dirigidos. Para que os jogos sejam interativos e divertidos, deve haver uma realidade em que muitas pessoas trabalhem para que tudo funcione . “

“Somos nós, um tipo de setor de serviços impulsionado pela arte”.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.