Carregando...

HMD lança o Nokia 8: os tempos mudaram, e os “nokias” também

HMD lança o Nokia 8: os tempos mudaram, e os “nokias” também

Nokia-8-bothie

O último top de linha com o nome “Nokia” foi o Lumia 1520 ou lado do Lumia 930, sim, já faz um bom tempo que vimos um Nokia poderoso ser lançado. Bem, infelizmente para os fãs, este é apenas um aparelho da HMD Global que conseguiu a licença para usar o nome Nokia, mas ainda é interessante avaliar a situação.

O Windows Club foi um dos primeiros sites brasileiros a compartilhar o vazamento do Nokia 8, e ele está aqui. Ele é poderoso:

  • Processador: Snapdragon 835
  • RAM: 4 ou 6 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB de armazenamento interno (com possibilidade de expansão por microSD).
  • Tela: IPS LCD de 5,3 polegadas, tem resolução de 2560×1440 pixels e proteção Gorilla Glass 5
  • Bateria: 3.090 mAh.
  • Corpo: A alumínio e tem uma traseira polida, que dá um aspecto espelhado.
  • Outros: IP54 – proteção limitada contra poeira e resiste a espirros de água, mas não pode ser submerso.
  • Leitor de impressões digitais na parte frontal

Poderossímo, com uma máquina dessa devemos abrir o Facebook e o Instagram sem problemas. Contudo, a câmera é o que importa, os Lumias sempre foram os melhores nisso, e claro que queremos saber se a HMD vai inovar neste quesito:

O Nokia 8 é o retorno da famosa parceria entre Nokia e Zeiss, que estampa seu logotipo nas lentes do aparelho. Existem duas lentes f/2,0 na traseira, mas elas não servem para dar zoom — um dos sensores de 13 megapixels é colorido, e o outro é monocromático, o que pode melhorar a qualidade das fotografias, especialmente em condições de baixa iluminação.

Mas a inovação se chama “bothie” (?)

A HMD está tentando forçar o bothie. É uma forma de tirar uma foto ou gravar um vídeo utilizando a câmera frontal e a traseira ao mesmo tempo… Depois que você tirar “bothie” poderá compartilhá-lo ao vivo no Facebook ou YouTube, e o áudio é gravado em 360 graus (?).

O Nokia 8 será lançado inicialmente na Europa, custando a partir de 599 euros (mais de 700 dólares ou R$ 2.225), com Android 7.1.1. A empresa já confirmou que Estados Unidos está fora da lista (lembrem-se que a Nokia não tem um grande nome por lá), e no Brasil também não existe previsão.

É isso.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.