Carregando...

Metacritic elimina opiniões negativas contra Death Stranding

Metacritic decidiu retirar parte das análises de Death Stranding que foram consideradas como “review bomber” sofrida pelo jogo da Kojima Productions. Isso melhorou a pontuação média dos usuários, que antes estava em 5,1 e que após esta operação subiu para 7,4.

Metacritic explicou que “uma série de análises de usuários do Death Stranding foram identificadas como suspeitas e, portanto, foram removidas”. O agregador de notas possui uma equipe de moderadores que geralmente revisam esses tipos de casos, tomando como referência principal para a detecção das notas deixadas acima da média. No entanto, não está claro quais critérios eles seguem para eliminar as análises de usuários ou o que torna possível tomar medidas gerais, como a que foi executada agora.

Outro ponto que tem levantado polêmica é que foram removida apenas as opiniões negativas, e sabemos que  provavelmente vários usuários deram notas altas também de forma equivocada para tentar suavizar a explosão de notas negativas que o Death Stranding recebeu no Metacritic pelos usuário, que ao menos em tese, teriam jogado o jogo.

Nesse caso, parece que a empresa preferiu esperar que as águas se acalmassem após o período de lançamento do título e começou a limpeza, quando a onda de críticas negativas diminuiu.

“Sou um grande fã do trabalho de Hideo Kojima, e me dói dizer isso, mas o Death Stranding é possivelmente um dos videogames mais pretensiosos, narcisistas e piores de todos os tempos” , disse o comentário de um usuário. Por semanas, o videogame recebeu uma quantidade enorme de comentários desse tipo e notas baixas (como zeros).

“Fiquei realmente empolgado com este jogo até a noite passada. Queria acreditar que o Kojima tinha outro grande videogame em mãos. Mas não. Este é sem dúvida é jogo mais decepcionante de todos os tempos. Que desperdício absoluto de tempo, energia e recursos”, apontou outro.

Muitos meios de comunicação e especialistas afirmaram que se decepcionaram pelo tema do jogo, enquanto outros afirmam que é uma manobra perfeitamente orquestrada por trolls da Internet e jogadores menos relacionados à plataforma, que esperaram pacientemente pelo lançamento do jogo. Esse método, conhecido como review bomber, é um dos mais usados ​​por jogadores e espectadores.

Em alguns casos, o review bomber é desenvolvido como um protesto contra as políticas comerciais. Por exemplo, FIFA 20 do Nintendo Switch sofreu muito. Com isso, os protestantes procuram atrair atenção e pretendem mudar políticas abusivas ou mesmo decisões comerciais discutíveis, tornando essa prática uma forma perfeitamente compreensível de protesto. Neste caso, não sabemos se foi protesto ou se realmente estão silenciado a voz dos que não gostaram do título.

 

Fonte

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.