Microsoft acredita que o caso da Epic/Apple App Store não deve afetar o Xbox, juíza discorda

Escrevemos extensivamente sobre o confronta da Epic Games contra App Store da Apple e sua distribuição fechada na plataforma iOS. O principal objetivo da Epic é permitir que os usuários do iOS instale o conteúdo sem passar pela loja da Maçã e dessa forma não pagar os 30% como taxa.

A Microsoft parecia estar acima da briga quando se tratava do problema – na maioria dos casos, os usuários do Windows podem instalar qualquer aplicativo que quiserem sem pagar nada à Microsoft.

A Microsoft, no entanto, controla uma plataforma muito gerenciada – o Xbox, onde os desenvolvedores também têm que pagar uma taxa para poder vender seus aplicativos, pagar à Microsoft uma parte das compras no aplicativo e onde eles têm que cumprir as restrições da Microsoft, e, fundamentalmente, não têm permissão para contornar sua administração.

Recentemente, a juíza Yvonne Gonzales Rogers do Tribunal Distrital do Distrito Norte da Califórnia advertiu que o processo da Epic Games contra a Apple poderia ter “ramificações graves” para Sony, Microsoft e Nintendo, dizendo:

De fato, Sony, Nintendo e Microsoft operam jardins murados semelhantes ou modelos de plataforma fechada como a Apple, em que o hardware, sistema operacional, mercado digital e IAPs são exclusivos do proprietário da plataforma.

A Epic Games afirma que a plataforma iOS é única em relação a outros dispositivos de jogos. Especificamente, a Epic Games argumenta que os consoles de jogos e computadores exigem tomadas elétricas e telas separadas e, portanto, não têm capacidade para jogos móveis, o que exige dispositivos portáteis, operados por bateria e conectados por celular com telas integradas.

Ainda assim, a Epic Games ignorou repetidamente a discussão sobre laptops, tablets e Nintendo Switch, que podem ser jogados de forma móvel. Esses dispositivos podem ter uma sobreposição significativa com a plataforma iOS em termos de consumidor final.

Uma ampla vitória da Epic pode forçar a Microsoft e a Sony a abrirem seus consoles, mas em uma entrevista ao The Verge, o chefe do Xbox, Phil Spencer, discordou da opinião, dizendo :

Se você apenas olhar para a escala, há um bilhão de telefones celulares no planeta. Essas são plataformas de computação gerais. Um console de videogame faz uma coisa; ele joga videogames. É vendido, para nós, com prejuízo. Então você ganha dinheiro de volta vendendo conteúdo e serviços. O modelo é muito, muito diferente de algo da escala do Windows, iOS ou Android.

Acho que há 200 milhões de consoles de jogos vendidos em uma geração em todas as nossas plataformas. Isso é menos de um ano de vendas de celulares. Não é nem perto. As pessoas dizem, bem, a escala não deveria importar. Na verdade, sim. Quando você começa a observar como vemos as plataformas abertas e o acesso, essas coisas são importantes. De uma perspectiva legal, eles são importantes.

Com 200 milhões e 1 bilhão sendo números bastante grandes, não tenho certeza se o argumento de Spencer irá longe. E, claro, nem todos os consoles são vendidos com prejuízo – a Nintendo ficou famosa por não fazer isso por muitos anos e, mais tarde, no ciclo de vida de um console, o hardware é frequentemente vendido com lucro.

Um diferenciador melhor pode ser um dispositivo de computação de propósito geral versus um dispositivo de propósito único, mas no final das contas vai se resumir ao que um juiz da suprema corte acredita ser a resposta certa, já que qualquer vitória inicial dificilmente ficará sem apelação.

O que vocês acham?

VIA

44 comments on “Microsoft acredita que o caso da Epic/Apple App Store não deve afetar o Xbox, juíza discorda

  1. Pessoal, ajuda aqui, se eu comprar o Cyber Punk, essa versão q esta aí é uma versão para a geração Xone e PS4 com melhorias para a nova, ou essa tbm já é uma versão final para a nova geração, ou tera uma versão mais pra frente que usara tudo da nova geração? Se alguém souber, agradeço.

    1. Pode comprar essa versão de agora que rodará nos consoles de próxima geração.

      Porém, a atualização grande para aproveitar o poder das novas máquinas saí apenas em 2021.

        1. a versão dos consoles atuais tá zoadaça

          se eu fosse tu deixava pra comprar só quando tu tivesse um console next gen e o patch do jogo tiver saído, até porque até lá o jogo já terá caído de preço

          1. Só vou jogar ele num console next gen, acho que vai acabar afetando a experiência jogar nos consoles bases (os Pros até vai)

            Imagina se tiver uns loads gigantes e queda de fps, acaba sendo chato jogar assim.

  2. não ia mudar muita coisa, porque o software precisaria ser portado para o sistema, e no caso dos jogos que já seriam portados pra plataforma de qualquer maneira, não valeria a pena comprar de store própria porque não haveria garantia de que os servidores ficariam ativos pelo mesmo tempo que os da store nativa

    no maximo seria legal porque permitiria que emuladores fossem portados de forma nativa

    1. Deixando aqui um vídeo de alguém que REALMENTE sabe do que está falando, ao invés de falar besteiras como você, Carlinhos e que se informa pelo canal do Sem Pregas 🙂

      Papo Sério – EPIC VS Apple, Google e todo mundo que sobrar no caminho!!! [Minecastle]:https://www.youtube.com/watch?v=LzKLexYpYzk

      Aos 59:04, o Marcel do Minecastle fala sobre o impacto que isso teria nos consoles.

        1. Pelo visto, quem come merda é justamente você, que fala as coisas com tanta propriedade, mas tem vergonha de mostrar de onde tira o que fala

          Pelo menos, deixei um vídeo que te contradiz e deixei a minutagem. Fala aí o porquê de você, que não mostra nada do que você fala e não se informa direito, estar certo.

  3. OFF: alguem ai sabe como aumentar a velocidade de download da Microsoft Store no PC tenho 20mb de up e 240 de down, to tentando baixar o Halo wars 2 no pc mas só usa 1mb de up e 30 de down

  4. A MS e o Xbox só tem a ganhar pois não vive de exclusivos e se os falsos muros caírem vamos conseguir rodar jogos da concorrência no Xbox aí a disputa vai ser justa e vai levar quem tem o melhor console tomara que aconteça

    1. Não deves ter entendido bem, isso não quer dizer que a Sony vai vender seus jogos no xbox, quer dizer que outras lojas ou as próprias produtoras poderiam vender seus jogos no xbox sem ser pela loja do xbox e sem pagar comissão para MS.

  5. O iOS não é uma loja, é um sistema. É como o Windows. Eu não preciso pagar comissão à Microsoft se vender coisas através do Windows. Na minha opinião deveria ser até ilegal Google e Apple deterem um monopólio de vendas em seus sistemas.

    Porém as lojas da Sony, Microsoft, etc. são lugares em que essas empresas têm controle total sobre as transações. Não dá pra eu vender microtransação no Xbox sem passar pelo crivo da Live.

    1. Nunca curti sistemas Apple como o MAC OS, só para alguns trabalhos gráficos e monitoramento específico, são computadores roubustos sim, de fato, mas os celulares não valem nem de longe o preço ofertado, componentes de terceira linha, bateria dos meus ovos, Xiaomi dá um pau nervoso neste celularleco de funkeiro ostentação.

      1. Os computadores tbm não valem o preço que cobram aqui no Brasil.
        Um iMac com Core i3 custa em torno de 15 mil reais.
        Com esse preço vc monta um PC com Windows com Core i9 e tudo do bom e do melhor e ainda sobra dinheiro

      1. Eu vi o argumento do cara mas nesse ponto da steam eu discordo, até pq a epic tem uma loja como a steam e se a steam fosse obrigada a abrir sua loja para jogos vendidos por outros a epic teria o mesmo problema, e a funcionalidade da steam como um hub de jogos local não é fechada vc pode pegar seu jogo instalado e abrir pelo launcher da steam.

        1. Então, é aí que está: A birra da Epic é justamente com a Steam, pois para eles a Steam monopoliza o mercado, embora que exista a Microsoft Store, a GOG, a uPlay e a Origin concorrendo.

          E eles querem combater a Steam, pagando para desenvolvedores não lançarem os jogos na Steam por um ano.

          E talvez, seja até um tiro que saia pela culatra se a Epic ganhar, pois não sei de nenhum jogo que eles produzam além do Fortnite, ou talvez eles estejam tão seguros que Fortnite irá continuar dando rios de dinheiro para eles, que estão dispostos a isso.

          E também, o Elba do Fazendo Nerdice tem um outro vídeo sobre a Epic e um pouco dos problemas da loja deles: https://www.youtube.com/watch?v=1_A4qCa8pxc.

  6. Acho que isso não afeta as empresas de console nn, os consoles foram feitos para serem mercados fechados, a área que eles atuam é bem mais limitada que de um celular.

    Mas se isso ganhar de alguma forma, eu vejo como um problema para o mercado de consoles, como a própria matéria diz, os consoles lucram a partir da venda de jogos, não serem taxados pela empresas podem ou fazer os consoles serem mais caros (ter lucro com a venda do console) ou diminuírem o aumento da potência geracional (assim os consoles não aumentam muito o poder, e o custo também nn, tendo margem para lucro).

  7. A empresa desenvolve o sistema operacional e tem que investir pesado pra garantir a segurança e funcionalidade do mesmo. Logo me parece ser contraditório ela não poder lucrar sobre o que é comercializado através dele.
    Eu discordo da opinião de Phil Spencer sobre os consoles. Consoles tem que ser vendidos com a finalidade de se jogar por questões de marketing, mas na realidade sao ferramentas multimia de uso. Dom Mattrick já sabia disso quando quis vender o Xbox One como o console TV TV TV, e este foi um dos pecados que culminaram na saida dele da divisão Xbox.

    1. “ela não poder lucrar sobre o que é comercializado através dele.” mesmo se a epic ganhar a apple pode lurar de duas formas a primeira vendendo licença do ios e segundo com sua loja do ios que não seria bloquada apenas teria que dividir espaço com outras, seria como o windows a MS não tem exclusividade de sua loja no entanto ela vende o sistema, ou seja se isso passar, vc teria que pagar o celular e o sistema, o console e o sistema do console.

    2. É vdd porém também é vdd que o Xbox é vendido por um preço muito baixo, sem visar lucro. Como fica isso? Se o sistema de consoles for aberto então diga adeus aos consoles.

      Vai quebrar a banca… Consoles com preço de PC poucos poderão comprar nos países subdesenvolvidos (aqui) e os poucos que poderão não irão optar pelo console.

      É bom essa juíza ter muito juízo na hora de decidir esse caso.

  8. “Microfone do PS5 grava a voz do jogador ao ganhar um troféu
    Função pode ser desabilitada a qualquer momento nas configurações do sistema do console

    26 de novembro de 2020 por Vítor Amorim Heringer”

    Grava 15 segundos, 8 antes e 7 depois, pra eliminar o problema dos troféus de “tela preta” e ainda seu grito de comemoração junto. Automaticamente pra CADA troféu. Claro q vc pode desabilitar tudo isso. Mas quem curte esfregar na cara nas redes sociais, chupa essa 🤣.

    1. Huahuahauahua,

      Uau! Agora o microfone grava sua voz quando desbloqueia conquista, que bela inovação. Que função indispensável, preciso mesmo comprar um PS5. Sony wins! 4kkkk

    1. Pois é, a versão do PS5 continua perfeita. Claramente vc não tem PS5, pq depois do patch, a versão do PS5 está tendo quedas de frames para 40fps e aumentou o número de bugs e glitches.

      Encerra sua vida pq o cadáver do seu cérebro já tá fedendo

    1. Já comprou seu PS5 ou só passou para dizer é chupa bolas da sony?
      Loser é quem não tem o que jogar ou onde jogar, não me encaixo em nenhum dos dois.

  9. Isso é perigoso. Mas nao acho que prejudicará os consoles porém pode estabelecer regras que pode nos beneficiar. Por exemplo, pra você poder manter a exclusividade de administração da sua plataforma você teria que obrigatoriamente vender seu dispositivo (console por exemplo) ao preço de fabrica, sem lucro algum e tudo teria de ser apresentado a justiça e precificado sempre nesse limite. Os preços de consoles cairiam mais rápido!

    Mas se o pior ocorrer e consoles forem considerados plataformas abertas, aí sim digam adeus aos consoles. Ou digam oi para consoles com o preço de PCs, o que é improvável de acontecer.

    O Xbox até que está seguro de um baque assim porque tem serviços como o Xbox Game Pass com grande sucesso.

    Já o Nintendo Switch pode entrar numa nova regra que fará a Nintendo se foder gostoso.

  10. Isso é perigoso. Mas nao acho que prejudicará os consoles porém pode estabelecer regras que pode nos beneficiar. Por exemplo, pra você poder manter a exclusividade de administração da sua plataforma você teria que obrigatoriamente vender seu dispositivo (console por exemplo) ao preço de fabrica, sem lucro algum e tudo teria de ser apresentado a justiça e precificado sempre nesse limite. Os preços de consoles cairiam mais rápido!

    Mas se o pior ocorrer e consoles forem considerados plataformas abertas, aí sim digam adeus aos consoles. Ou digam oi para consoles com o preço de PCs, o que é improvável de acontecer.

    O Xbox até que está seguro de um baque assim porque tem serviços como o Xbox Game Pass com grande sucesso.

    Já o Nintendo Switch pode entrar numa nova regra que fará a Nintendo se foder gostoso.

  11. Na minha opinião Jorge, Microsoft acredita que o caso da Epic/Apple App Store talvez sim deve afetar o Xbox, juíza discorda. Na minha opinião. Ok Jorge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *