Carregando...

Microsoft anuncia o Xbox One S All-Digital Edition para o Brasil

Foi cantado e a Microsoft teve que torná-lo oficial. Depois dos vários rumores e vazamentos que estavam levando ao primeiro console que não aceita jogos em formato físico, a empresa de Redmond anunciou ontem à noite o Xbox One S All-Digital Edition. Agora, a Microsoft iniciou a pré-venda dessa versão sem leitor Bluray e totalmente digital no Brasil e chega já em junho por R$ 1.799.

Como mostram as primeiras fotos oficiais, as diferenças visuais não são grandes, o novo Xbox não tem slot ou bandeja de disco, mas em troca oferece um preço mais competitivo e um generoso disco rígido de 1 TB de armazenamento, “para aqueles que preferem encontrar e jogar jogos digitalmente e procurar a maneira mais acessível para jogar jogos do Xbox”, como você pode ler no comunicado oficial.

No Brasil, os benefícios são os seguintes: 1 TB de armazenamento, um controle sem fio e três jogos populares da Microsoft — Sea of ​​Thieves, Forza Horizon 3 e Minecraft — além de um mês gratuito de Xbox Live Gold. Além disso, está em andamento uma promoção para o Xbox Game Pass que oferta três meses por apenas R$ 1; depois, são R$ 29/mês.

Igualmente ao Xbox One S, ele suporta HDR em jogos e áudio espacial, além de streaming de vídeo em resolução 4K. Todos os acessórios do Xbox One funcionam na All-Digital Edition: ele só não reproduz mídia física nem Blu-ray por não ter a entrada para disco óptico. Os jogos adquiridos digitalmente e associados à sua conta também estarão disponíveis para uso no novo console.

O preço do Xbox One S All-Digital Edition é de 249 dólares nos Estados Unidos, e a ideia da Microsoft é manter uma diferença de pelo menos 50 dólares entre o preço deste novo modelo e o padrão do Xbox One S. Ocorre que, em lojas como Amazon e BestBuy, o Xbox One S com leitor já está disponível por este preço ou até menos que isso. Então, a mesma coisa ocorre no Brasil, já que o Xbox One S é encontrado por R$ 1.600 em lojas oficiais, e até bem menos que isso em marketplace.

A ideia é que o preço da versão sem leitor também caia, assim como o Xbox One S convencional e se torne cada vez mais competitivo.

Fonte

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.