Microsoft está ansiosa para voltar aos dispositivos móveis, afirma “carrasco do Windows Phone”

windows-phone-android-ios

A Microsoft não nega que vai voltar a criar dispositivos móveis telefônicos, o próprio CEO Satya Nadella já reintegrou isso diversas vezes, mas virá para “mudar as regras“. Nesta semana, nós tivemos os detalhes mais contundentes do Surface Phone até o momento e a ideia é que ele possa ser desdobrado para virar o “Microsoft Courier”. Feita essa breve introdução, vamos aos novos fatos.

O The Verge, apelidado por nós de “carrasco do Windows Phone“, normalmente não dá boas notícias para o sistema operacional da Microsoft. Ele foi o site que previu que os dispositivos com Windows Phone 7 não iriam receber o Windows Phone 8, isso dois meses após o lançamento do Nokia Lumia 900 no Brasil – um top de linha da época que ficou defasado rapidamente. Ainda assim, o site declarou a morte do Windows Phone no final de 2015. Antes disso, o Windows Central já tinha dito que o Lumia 650 seria o último Lumia, mas o que todos não sabiam era que a Microsoft fosse demorar tanto para lançar um Surface com capacidades telefônicas.

As péssimas notícias do The Verge acabam aqui. Tom Warren, editor chefe do referido site,  sobre o “Surface Phone Courrier”, afirma que a Microsoft está muito animada para voltar ao hardware de dispositivos móveis.

A opinião dos vazadores confiáveis sobre os assuntos da Redmond, seja favoráveis ou não ao Windows Phone, atingiu a unanimidade: teremos um retorno.

Em tese o dispositivo seria assim:

Fechado, ele pareceria com o Windows 10 Mobile Redstone 3, que de fato nunca foi lançado. A interface abaixo é dita como antiga, mas dá para ter uma ideia de como ficará. Ela possui os maiores pedidos dos fãs, é basicamente a interface do PC numa tela menor:

[youtube]YNxtMtlrm6U[/youtube]

Aberto, ele seria igual a um PC, mas possuiria um aplicativo para notas igual ao Microsoft Courier chamado “Journal“, algo como o Microsoft Courier:

[youtube]UmIgNfp-MdI[/youtube]

O tempo está se esgotando

samsung-Tela-flexivel

A Microsoft, assim como fez com o Surface Pro, quer lançar novas categorias de produtos. Contudo, a Samsung e diversas outras fabricantes já se manifestaram que irão lançar dispositivos deste tipo a partir de 2018. Logo, a Microsoft terá que ser mais rápida caso queira levar os créditos disso.

Acredita-se que em 2018 a Microsoft lançará o “Surface Phone” (que poderá muito possivelmente ter outro nome). Poderá ainda chegar no início do próximo ano quando o “Andromeda” estiver pronto.

O Andrômeda é a CShell Mobile, a continuação do Windows Phone fundido com o Windows 10 completo como um único sistema. Com o fracasso do Windows RT e o cancelamento do Surface Mini com tal sistema, é muito provável, mas ainda incerto, que o “Surface Phone” rode programas e jogos Win32 – Photoshop, jogos Steam, Office completo, etc. A lacuna de aplicativos móveis deverá ser diluída com os PWAs do próprio Google presentes no Chrome OS –  isso é bem irônico (risos).

surface-phone-dobra

Claro, assim como qualquer Surface, tal dispositivo terá alvo o público corporativo, designers ou estudantes, mas poderá ser usado, assim como qualquer Surface, para outras tarefas. Algo ainda muito aguardado são as suas cópias, pelas mãos da HP, Dell, Samsung, Lenovo, Asus, Acer, Xiaomi, Huawei, LG, Positivo, etc. Todas essas estão com ótimos laços com a Microsoft e assim como todas seguiram o Surface Pro, esperamos que siga esta nova categoria.

dell-stack

Infelizmente, até a data, tais dispositivos eram inviáveis. A Dell e a Intel tentaram criar o “Stack”, mas aparentemente esquentava demais, e como todo sabem, a Intel perdeu a guerra nos processadores móveis para a Qualcomm. A Microsoft tentou o Windows RT e quase lança o Surface Mini, mas a incompatibilidade do ARM com programas Win32 mataram isso. Até o final do ano, o Windows 10 completo rodará em processadores ARM, o poder ao lado da mobilidade, e um marco histórico para a empresa.

Contudo, o “Surface Phone” não será um smartphone, será um PC. Os smartphones abocanharam funções de outros dispositivos como câmeras, calculadoras, marcador de passos, e muito mais. Agora é a vez de um PC abocanhar a função smartphone, e com a colaboração da Microsoft e a Qualcomm isso é plenamente possível.

233 comments on “Microsoft está ansiosa para voltar aos dispositivos móveis, afirma “carrasco do Windows Phone”

    1. E ainda há gente por aí dizendo que era para continuar, e que o Nadella é o culpado. Cara, quando começou o “boom”, e o Ballmer não acompanhou, já era tarde.

  1. E ai uma ou duas OEMs começam a lançar Mobile com o Windows 10 e coloca na prateleira e a vendedora diz:

    Vendedora – Temos este aparelho aqui com o Windows 10.
    Consumidor – Deus me livre, já comprei aparelhos com este sistema, não tem aplicativos, a empresa muda de ideia o tempo todo, não coloca novos recurso, ela mata rápido os sistema, vive prometendo e não cumprindo e o pior, deixa os consumidores nas mãos.

      1. E ai o vendedor diz, ele faz ligação, e o consumidor irá olhar e falar, nossa, este treco é grande demais, muito desajeitado… Lembre-se, consumidor quer praticidade, troço que dobra e desdobra, o povo não comprava celulares Flip, preferiam os de barra justamente por serem mais práticos.

          1. E você acha que este dispositivo que dobra, desdobra não sofrerá do mesmo mal? Tenha dó, o povo não quer ficar abrindo e fechando nada o tempo todo.

          1. Tenho. Se você acha o contrário sugiro pesquisar.

            Esse WhatsApp Desktop é apenas um webrapper do chrome para rodar o whatsapp web

  2. “O The Verge, apelidado por nós de “carrasco do Windows Phone“, normalmente não dá boas notícias para o sistema operacional da Microsoft.”

    E como poderia ser diferente? Foi uma sucessão de desgraças que culminou no que temos hoje, nada!

    Espero muito que a Microsoft volte a fabricar SMARTPHONES, porque não me desce a ideia de ter de carregar um dispositivo maior que 5″ no meu bolso e, apesar de estar parcialmente satisfeito com as soluções do Google, já passou da hora de termos uma alternativa viável ao Android.

    1. Justamente, o problema hoje agora é convencer o consumidor, onde até o Nadella admitiu que isso foi um tremendo erro da empresa, abandonar o consumidor, ele sabe, que nenhum empresa pode viver só do corporativo, nem a Google sabe que não pode viver só de consumidor, mas é mais fácil a Google conquistar o corporativo que a Microsoft com o filme queimado conquistar ou reconquistar o consumidor.

      1. Pior que a últimas notícias sobre o corporativo não estão nada positivas para a Microsoft. GE, Delta Airlines, e agora o Walmart estão migrando para a Apple.

        Não estou prevendo a morte de nada, mas está ficando cada dia mais claro que o Windows não é o produto “inatingível” que todos imaginavam.

          1. Aqui: “Esse é o problema de vocês

            Caso não quisesse me incluir, você poderia ter utilizado “deles”, “da maioria das pessoas”, enfim, uma infinidade de termos que não “vocês”.

    1. sem pressa, lançar agora com o baixo suporte do uwp? hmmm outro fracasso a vista, no fim do ano o 10 passa o seven e ai começaremos a ver timidamente os devs abandonando o win32/64, especialmente agora com a versão 6.0 da nova linguagem.

  3. besteira.. microsoft não precisa ter pressa não, só por a tela dobrável não fará do android um sistema produtivo, vai ser um celular q virá tablete e só isso, o sistema windows tem muiiiito mais suporte quando entramos na parte de produtividade, e é aonde Nadella tá batendo muito, nos tablets em minha opinião já passou o android (falta somente um quesito, q é fazer tablets mais baratos para acessibilidade, oq pode ser resolvido com windows on arm) agora ela vai além e vai por um pc inteiro dentro do seu bolso, quero muito isso , mercado precisa de um chocalhão pq ver ano após anos celulares aumentarem só as specs e tela tá complicado.

    1. Produtividade que para o consumidor final, não serve para nada e todo mundo sabe disso, o Android e o IOS são mais usados por que eles tem os aplicativos e jogos que o consumidor final quer, quem precisa de produtividade são as empresas e estudantes e olhe lá, estudantes tem um computador que resolve o problema dele.

      1. Você é daqueles que acreditam que os Chrome Books estão pegando mercado nos EUA? A Microsoft tem 80% dos EUA com contrato fechado 😉 O que mais tem é estado trocando Google por Microsoft nas escolas.

          1. De maneira alguma eu recomendaria um Chromebook para alguém procurando um computador para produtividade pesada, mas sinceramente, produtividade não é exatamente o foco da esmagadora maioria de usuários de computadores.

            Isso é tão verdade que é só ver como os smartphones, aparelhos nada voltados para produção, estão cada vez mais substituindo os desktops/laptops.

            Por isso digo, Chromebooks são bons suficientes para a maioria dos usuários, e para todo o resto existem as excelentes opções com Windows e MacOS.

          2. Só recomendo Chromebooks se o usuário quer algo capado assim como falavam do W10M.

            “Isso é tão verdade que é só ver como os smartphones, aparelhos nada voltados para produção, estão cada vez mais substituindo os desktops/laptops.”
            Se eles estão substituindo os PCs, e o Chromebook é um PC com baixa produtividade, por que compraria um Chromebook? Para concorrer com meu smartphone?

            Não faz o mínimo sentido esse fuzuê em torno dos Chromebooks, que dizem ser um SUCESSO (letras miúdas: para estudantes norte-americanos). Se eles são SUFICIENTES para a maioria dos usuários, e eles nem sequer detém 5% (esse é o valor do Linux geral nesse segmento), como podem ser SUCESSO?

            Sem contar que já passou um tempo, e nada mudou drasticamente desde essa onda dos Chromebooks.

            Vejo Windows em toda parte. O Windows 10 idem.

          3. O Chromebook não é um SUCESSO, mas está longe de ser um FRACASSO.

            É um produto que caminhando bem, recebendo novidades, com boas vendas e com OEMs produzindo a cada dia novos dispositivos.

            Agora, querer compará-lo a dispositivos com Windows é o mesmo que comparar um veleiro a um trator.

            “Vejo Windows em toda parte. O Windows 10 idem.”

            Provavelmente porque você mora no Brasil.

          4. “O Chromebook não é um SUCESSO, mas está longe de ser um FRACASSO.”
            Se está longe de ser um FRACASSO mais distante ainda estar de ser um SUCESSO.

            “Agora, querer compará-lo a dispositivos com Windows é o mesmo que comparar um veleiro a um trator.”
            Não sei o motivo de não compará-lo. Até porque, pelo seu comentário, os Chromebooks poderiam pegar espaço do… Windows. Como não compará-los!? Não posso comparar é o Chromebook com o Windows Server (sua analogia entraria aqui). Bem, o Chrome OS continua com marketshare baixo, o número de dispositivos criados para ele nem chega próximo ao Windows (cria-se um 1 novo modelo Chromebook para cada 5 do Windows?), “novidades” bastante aquém. Qual a(s) grande(s) novidade(s) do Chrome OS frente ao Windows?

            “‘Vejo Windows em toda parte. O Windows 10 idem.’
            Provavelmente porque você mora no Brasil.”
            Sim, moro. Porém, acredito que o marketshare do Windows não seja devido apenas ao Brasil. Acredito, somente acredito. Vi mais Ubuntu 6.04 que Chrome OS.

            PS.: Não viu que o Windows 10 já ultrapassou, já faz um tempinho, o Windows 7 nos EUA? (EUA não é Brasil)

            Continuo com essa dúvida: “Se eles estão substituindo os PCs, e o Chromebook é um PC para baixa produtividade, por que compraria um Chromebook? Para concorrer com meu smartphone?”

          5. Sucesso ou fracasso baseado em qual parâmetro? Número de vendas? Satisfação de clientes, complexidade técnica?

            Pelo visto sucesso para você é estar em 90% dos PCs do planeta, e se for isso, bom realmente os Chromebooks são um fracasso, mesmo após desbancar os Macbooks em vendas nos EUA.

            As novidades são sutis, porém constantes, assim como o interesse das OEMs. Não é preciso reinventar a roda para se ter um bom produto.

            Por que não comprá-lo? Talvez porque você seja um usuário avançado que faça uso de coisas não disponíveis no ChromeOS, tal como edição de vídeo, CAD, Photoshop, games, enfim.

            Já o sujeito que só quer acessar a internet e editar um texto ou uma planilha ocasionalmente, realmente não vejo motivo para gastar 600 dólares em um PC com Windows, sendo que um Chromebook de 150 fará bem o trabalho.

          6. “O Chromebook não é um SUCESSO, mas está longe de ser um FRACASSO.” (Guilherme)
            Faço a mesma pergunta, se baseou em quê?
            Para mim, digo, número de vendas. Assim se mede o sucesso de um produto/serviço. Ao menos é como faço e maioria da mídia (exceto quando seja algo do tipo: “Google é sucesso na SATISFAÇÃO DO USUÁRIO”). Satisfação do cliente é algo necessário para que se obtenha sucesso com seu produto/serviço. Complexidade técnica de um produto/serviço não é diretamente relacionado com sucesso.

            “Pelo visto sucesso para você é estar em 90% dos PCs do planeta”
            Nem isso, ter um marketshare mais próximo de algo que mostre que seja sucesso. O que o Chrome OS tem? Nem avaliado separadamente ele é (ao menos pela maioria dos centros). Fica no bolo dos que “usam Linux”. Mais um motivo para dizer que está longe, mas muito longe de ser um sucesso.

            “desbancar os Macbooks em vendas nos EUA”. Continuam? Pois essa notícia é antiga.

            “As novidades são sutis, porém constantes, assim como o interesse das OEMs”
            São bem sutis por sinal. Gerenciar celular “nativamente”. Desculpe, mas “nossa…”. O Window pode fazer isso. Nativo ou não.
            Acesso à Play Store no qual a maioria absoluta dos apps não são desenvolvidos para ele? Qualquer semelhança com os apps que chegam na Microsoft Store mas não chegam (chegavam) ao mobile não é mera semelhança. Sem contar o sem-fim de programas tradicionais que existem. Não acha que só porque não tem na Store, o usuário de computador para de procurar, né?
            Em 6 meses, o Windows traz bem mais novidades que o Chrome OS. Basta comparar os recursos de cada SO. E falo somente daqueles direcionados para o usuário comum (que pode ainda se dividir conforme seu uso).

            “Por que não comprá-lo?”. A pergunta é “por que comprá-lo?”
            É o Windows que tem o domínio. Quem tem que mostrar algo a mais (será que realmente tem?) é o Chrome OS. Preço? Se preço for a grande coisa que prende algumas pessoas a ele, então se realmente a Microsoft trouxer computadores mais em conta, como já se sugeriu em alguns momentos, se complicará ainda mais a vida do Chrome OS.

        1. Ele disse foco no corporativo que esta abandonando ela… Trocando seus Surfaces da vida pela solução da Apple e ao mesmo tempo é provado que o corporativo não esta atraindo desenvolvedores para a plataforma. E outra, ela não poderá viver de corporativo, pois a BB tentou e faliu. Uma hora meu amigo, as empresas cortam despesas.

  4. Como a Microsoft tem uma parceria com Mark Zuckerberg, em disputa com a Google
    em negócios de publicidade, é certo o facebook, WhatsApp e instagram estarem nesse dispositivo… Para minha empresa seria ótimo mostrar para nossos clientes a integração entre nossos softwares e esses aplicativos com tablet e Smartphone em um único dispositivo. Entretanto como a Apple criou o iPad pro, concorrente do Surface Pro com certeza ela irá criar um dispositivo com as mesmas características… Se tudo se concretizar de fato, será uma ótima concorrência e todos sairão ganhando… Lembro que ele não será um dispositivo para consumidor e esses continuarão a utilizar iPhone e Android com seus aplicativos prediletos… Mas por enquanto é pé no chão com os dispositivos que realmente temos…

  5. Sinto muito Microsoft. Mas eu já migrei para a linha Xperia da Sony e nela pretendo ficar por muito tempo. Pra eu recuperar a confiança na Microsoft no setor de dispositivos moveis, muita água vai ter que rolar, e ainda assim, será difícil.

      1. Olha, eu não sei por quanto tempo a Sony atualiza seus modelos, acho que varia de acordo com o aparelho. O meu Xperia X, recebeu o Android 7 e vai receber o 8. O que é muito bom.

        Update por três anos? Quem não gostaria né?
        Claro, desde que não sejam em hipótese alguma baseado no que a Microsoft fez com a maioria dos Lumias, tornando a experiência do usuário desastrosa ao entregar o Windows 10 Mobile, sem otimizações e sem firmware para a maioria dos aparelhos. De update assim, eu quero distância.

        1. Sinceramente, se tivesse opção de ficar com a versão original do sistema e receber apenas os patches de segurança, eu escolheria essa opção.

          Até hoje não vi um aparelho que não ficou pior com a atualização de um SO, seja lá qual for a plataforma. Vivi isso no Windows Mobile, no Android e amigos que compraram o iPhone 6 e atualizaram para a última versão do iOS já reclamam que o aparelho não é mais o mesmo, que a performance caiu muito, enfim… obsolescência programada na cara dura.

          1. Com toda certeza. Não há nada com a versão para qual o software foi otimizado para aquele hardware e vice-versa.
            É muito mais importante (ao menos pra mim) um software funcionando adequadamente, com todo seu potencial e oferecendo todos os recursos com qualidade e agilidade, a um sistema atualizando onde a agilidade e a qualidade ficam depreciadas.

  6. Se realmente sair esse surface note/phone/mobile/journal, ele n pode ser vendido nem [email protected] em lojas de smartfones, se o vendedor dizer por cliente que é um celular windows, quem teve lumia ou conheceu os problemas, dirá que n vai apostar num sistema “sem apps” e blábláblá. Maaaaaas, mano do cel, se for vendido numa loja de notebook/pc/tablet, partindo do pressuposto que ele “parecerá” um smartfone, o vendedor dizendo: “temos esse celular aqui que é um pc completo e faz ligação” muito gente vai ficar de cara -eu ficaria rs- e cego pra comprar um^^

  7. Existe uma chance para que eu adquira esse produto, e o motivo seria substituir meu atual notebook + meu celular W10M + tablet (o qual me recusei adquirir um com Android pela inutilidade mesmo) e usar tudo em um dispositivo único!

          1. E isso não seria indício de algo? Por qual motivo existiriam aplicativos para dispositivos mobile arm64 se não existe nenhum dispositivo desse tipo? Para que publicar aplicativos para um dispositivo que ainda não existe?

          2. Não sei muito do assunto sobre o desenvolvimento de aplicativos UWP, mas pra mim, eles já estão neste formato de se auto-adaptar à cada tela, sendo ela de 6 polegadas, ou até mesmo de 50, quem sabe(Claro que, cabe ao desenvolvedor programar para qual dispositivo o seu aplicativo fique disponível, e o mesmo adaptar ele para que não ocorra falhas com algumas funcionalidades)? Então levando em conta que não existe dispositivos rodando tal sistema, provavelmente a Microsoft já fez desde o início sobre isso, de criar um aplicativo baseado no UWP, e se auto-adaptar para que no futuro, venha ser lançado o tal do dispositivo, e não ocorra a mesma falha que houve nos Windows Phone, que foi a falta de aplicativos.

            Aliás, acredito eu, que o “Mobile Arm64” no qual você está mencionando, é algo como um sistema totalmente completo e sem divisões dos mesmos, como por exemplo iOS e MacOS, e eles são para dispositivos totalmente diferentes. Ou seja, mesmo que ainda esteja em desenvolvimento a nova Shell, acho que não irá interferir em nada a forma de execução dos aplicativos UWP, que no futuro irá se adaptar a cada tela, a qualquer dispositivo, e claro, cabe ao desenvolvedor do aplicativo programar para aquele dispositivo seja suportado.

  8. Ué? Os #TechManja me deixaram confuso. Não iam acabar os smartphones com Windows 10? Em quem eu acredito, neles ou no time? Ajuda aí po =/

          1. Os consumidores continuarão utilizando os serviços da Microsoft normalmente. A Microsoft está em todas as telas man. E o foco da Microsoft é serviços p/ corp, hardware (smartphone) pra povão que não dá lucro nós deixamos pra LG, Sony, etc.

          2. Ah! Agora entendi! Então não terá mais smartphones com Windows para o povão?! Leia abaixo sua própria frase no início dessa conversa:

            “Ué? Os #TechManja me deixaram confuso. Não iam acabar os smartphones com Windows 10? Em quem eu acredito, neles ou no time? Ajuda aí po =/”

          3. Serviços da Microsoft que podem ser dispensando a maioria. Se o cara tem Android ou IOS, a Apple e a Google oferecem coisas mais centradas e mais enraizadas no sistemas delas que oferecem muito mais, única coisa que a Microsoft tem de vantagem a estas é o Office, tirando isso, a soluções da Google e da Apple para seus produtos é superior.

          4. Concordo Rodrigo, podem ser citados, entre esses serviços oferecidos pela Apple e Google, a nuvem, agendas, e-mail, navegadores, calculadoras, Messengers, etc! Por isso que digo que o setor Mobile é estratégico, quem usa determinada marca vai optar pelos serviços dessa marca primordialmente!!!

          5. ” Só os “rapazes alegres” do Bill Gates e Nadella que usam os serviços da Microsoft em seus celulares Androi!!! HEHE!!!”
            Pelo número de downloads dos apps da Microsoft no Android e iOS isso nem chega perto da verdade.

            “Concordo Rodrigo, podem ser citados, entre esses serviços oferecidos pela Apple e Google, […]”
            Nenhum desses serviços enumerado por você é melhor na concorrência. O Outlook e seus serviços é superior ao Gmail; Skype é superior ao FaceTime e a ‘dupla dinâmica que tinha inicialmente a estratégia de ser simples, mas agora tão adicionando o que qualquer mensageiro tem, pois era capado como eu antes dizia” Allo e Duo. E todos perdem para o WhatsApp/Telegram.

            Editor de texto e planilha entra no mundo do Office, que é imbatível. Calculadora quase ninguém troca por outra mesmo, seja qual sistema for. Navegador: o Edge possui bem mais recursos nativos que o Chrome. Esperar para ver se a sua chegada no mobile surte efeito positivo.

            “Por isso que digo que o setor Mobile é ESTRATÉGICO,”
            Coisa que concordo, e por isso mesmo, uma empresa do porte da Microsoft não pode ficar de fora.

    1. Me conta, como ela irá convencer os usuários a voltar a apostar na plataforma? O problema não é lançar, o problema é atrair consumidores que ela própria queimou o filme ao acabar com as coisas sem dar uma explicação, o próprio Nadella admitiu que isso foi um erro.

        1. Tem isto né, pois esta perdendo no corporativo também, se mantendo apenas com azure, office, mas em nível Windows 10 e Hardware, começou a perder espaço também.

        1. Mas ela matou o Xbox e usou a desculpa que iria trabalhar no corporativo? E ai ela viu que foi um erro, e deu entrevista que ela não deveria ter abandonado o consumidor final, pois viu que isso pirou a situação dela, ela não conquistou a maioria, e ainda fez o trabalho de se queimar com os que conseguiu conquistar?

      1. Qual a porcentagem de usuários comuns acompanham o mundo da tecnologia tendo como foco no mobile e principalmente em busca do SO mobile da Microsoft?

        Só sendo uma porcentagem grande para que qualquer aposta dela nesse segmento seja um fracasso.

      2. Cara, não existe fidelidade em lugar algum. Se a MS apresentar algo realmente diferente e útil, a galera vai migrar sem dó. No começo pode ser complicado, mas ai vai do MKT fazer a sua parte, mas convenhamos, não bem o forte da MS fazer MKT. Se a MS fizer um MKT forte, não tem porque a galera não aderir. Nunca esqueça, o dinheiro manda e dinheiro eles tem de sobra.

  9. Se rodou no HP deve rodar no.meu 950xl. Estava me desfazendo dele, vou esperar para ver se consigo instalar, afinal comprei esse Lumia zero em janeiro.

        1. Olha, o site “seita team” está praticando uma forte censura por parte de alguns administradores, isso é ruim! Estou diminuindo ou até parando de comentar lá!!!

          1. Apenas uma pessoa que faz isso lá, o arrogante do André. Quando ele não tem resposta é é contrariado acertadamente, ele inventa que é conta fake, ofensa ou qualquer outro ponto para cortar o usuário.

            Eu usufrui muito tempo do site, mas está inviável. Deixei de entrar no site e meu irmão também. E antes do meu irmão sair ele disse que anda mais vazio que poço no sertão. As únicas notícias que ainda dão Ibope lá são as que contrariam o popstar André.

            Entro em vários sites é vejo uma grande maioria que entrava lá e não estão mais.

      1. Imagina, um produto deste caindo no chão, se um Smartphone em barra, corremos o risco de ter perda, imagina este produto que dobra… E como terá duas telas, imagina uma tela desta quebrando.

        1. Vixi! Esse fato iria quebrar muita gente! Deve ser por isso que estão direcionando para o CORPORATIVO! Pois empresas tem mais dinheiro para manutenções! HEHE!!!!

          1. E caro! Aí, infelizmente, poderíamos concluir que o W10M “morreu”!!! Pelo menos aqui no Brasil varonil ou BANÂNIA como queira chamar!!!

        2. Aí vc responde aquela pergunta “Esse Dispositivo e para corporativo e não para um pessoa comum” pensa vc anda na rua com negócio desse ? Uai

  10. Só um adendo: quem usa um Android ou iOS, utiliza primordialmente os serviços desses sistemas, entre esses serviços oferecidos pela Google ou Apple, podemos citar a nuvem, agendas, e-mail, navegadores, calculadoras, messengers, editores de textos, planilhas, etc! Por isso digo que o setor Mobile é ESTRATÉGICO, quem usa determinada marca vai optar pelos serviços dessa marca por conveniência e usabilidade!! Pois são parte do sistema e/ou funcionam melhor no mesmo! Só os “rapazes alegres” do Bill Gates e Nadella que usam os serviços da Microsoft em seus celulares Androi!!! HEHE!!! E quero dizer que o Bill Gates perdeu pontos comigo com esse fato! HEHE!!!

    1. Acho que não é bem assim. Os serviços da Google são os primeiros a serem desativados por várias pessoas que sabem tirar proveito do SO ou conhecem bem os serviços da MS.

      Talvez o consumidor bem simplório não dê atenção a isso.

      Só no Android o pacote Office já teve mais de 100 milhões de downloads, Skype 1 BILHÃO.

      Isso mostra a força dos serviços da MS. E sejamos honestos, mesmo a MS e seus serviços não sendo umas das 7 maravilhas do mundo, ainda assim é o que temos de melhor.

  11. Vamos aguardar, o Windows Phone e Windows 10 Mobile foram duas decepções, o último apenas por ter sido “abandonado”. Semana passada eu peguei meu smartphone novo, com a ultima versão do Android, e eu notei que frente ao Android o Windows 10 Mobile parou de evoluir logo após o seu lançamento. Android está muito afrente em funcionalidade e praticidade, o Windows 10 Mobile briga no máximo com Android 5.1.

    Agora é ver a reação da Microsoft depois dessa vergonha e falta de compromisso com seus consumidores e fãs. Eu não volto mais para uma plataforma dela, nem se eles mostrarem o maior compromisso do mundo. Só volto no dia que eles tiverem no mínimo 25% do mercado mobile, e olhe lá.

    Boa sorte Redmond.

        1. É também meu único aparelho, mas o estou usando praticamente só como um celular! É claro que muitos programas importantes ainda funcionam como o WHATSAPP, por exemplo!!! É lamentável esse abandono do W10M!!!

  12. Interessante a mídia tendenciosa que muitas vezes ridicularizou o Windows Mobile está solicitando a volta ou como queiram a permanência da Microsoft no seguimento mobile compacto. Depender de apenas duas empresas que boicotam seus aplicativos e serviços, é péssimo para nós usuários e para o avanço da tecnologia em geral. Vida longa ao Windows o/

    1. A mídia apenas notícia fatos, o The Verge apenas publica fatos os quais a MS deveria ter vindo a público e oficializar como que os gadgets WP7.x não receberiam o W8.x , quem comprou na época um L900 não deve ter ficado feliz .

    2. Verdade, aguardando ansiosamente o pacote Microsoft Office para Linux e também o Photoshop, Illustrator, etc, isso se o lobby da Microsoft em cima da Adobe acabar um dia.

      Sabe como é, depender de duas empresas apenas no desktop é péssimo para nós usuários e para o avanço da tecnologia em geral. Vida longa ao Linux o/

      1. Cara, o dia que Linux, alguma versão derivante conseguir entregar uma interface intuitiva, eu corro do Windows na mesma hora. Claro, não só interface, compatibilidade, entre outros detalhes. Eu abraço a ideia, vida longa ao Linux.

        1. Quanto a questão de compatibilidade, as coisas parecem finalmente estar indo para uma direção interessante com o Snap e o Flatpak.

          Não sei se você já conhece, mas vale a pena ler sobre.

          1. Não conheço, vou olhar sim, obrigado pela dica. Aliás, ando meio afastado do universo Linux. Quando tiver um tempinho vou me atualizar.

            Abraço!!

        1. E daí? Isso por acaso invalida o que eu disse? Ela pode fazer parte do que for, mas sempre será a empresa que chamou o Linux de CÂNCER e que até o presente momento não lançou o Microsoft Office para Linux pelo simples motivo de saber que se um dia fizer isso, um dos principais motivos para MUITA gente ainda usar Windows irá por água abaixo.

          No mais, peço um pouco mais de respeito pois não sou seu “brother” e nao estamos em um boteco. Estou apenas exercitando meu direito de opinião sem ataques pessoais ou baixarias. Agradeço por manter o nível.

          1. Hater? Você por acaso conhece meu background? Sabe ao menos com oque trabalho, oque uso, quais certificações da Microsoft tenho, quantos aparelhos Lumia possuo?

            Presumir que sou “hater” por dizer uma mera verdade que lhe é inconveniente só demonstra o quão imaturo você é.

          2. Pode ter o krl* de certificações. Não muda em nada o seu comentário hater. Tom Warren sempre recebe produtos Microsoft e vem logo com comentários debochados e nada construtivos no The Verge. Lixo.

          3. OK. A Microsoft lançou Microsoft Office para Linux e ela não influencia a Adobe para não lançar sua suite para Linux.

            Bem mais realista agora.

          4. Com toda certeza atingiria muito o Windows caso a MS levasse o office para o Linux. Mas com certeza não seria o fim do Windows, nem de longe. Você precisa de mais maturidade pra avaliar declarações feitas por um ou outro executivo. A MS é uma empresa e não uma pessoa, o que vc citou só é um problema se a pessoa que mencionou isso ainda estiver trabalhando na MS ou se tem algum peso lá. Com tudo, seu argumento está invalidado porque não é o caso da MS expandir para o Linux, mas sim alguma outra empresa competente colocar no mercado algum produto do mesmo patamar daquele que a MS oferece.

          5. Nunca disse que seria o FIM do Windows, eu disse MUITA gente e não TODAS AS PESSOAS não usam Linux por falta do MS Office.

            Bom, quem disse que o Linux é um câncer foi o CEO da Microsoft à época.

            Não sei se a palavra de um CEO tem algum peso, tem?

          6. Ele ainda é o CEO? Ele está ativo na empresa? Ele ainda pode ser vinculado a MS? A decisão final é dele? Com que sentido ele disse que é o Linux é um câncer? Por ser concorrência ou por ser problemático?

            Tem muita coisa a ser levado em consideração na hora de avaliar essas declarações. Eu sempre opto pela informação na integra pois sou capaz de interpretar, se depender da opinião dos outros eu vou acabar sendo levado a erro. O jornalismo é uma área a ser ridicularizada, não pode ser levada a sério. Jornalista acha que queremos a opinião deles, quando o que interessa é a informação objetiva.

            Você realmente não falou que o Windows acabaria, mas deu entender que todos os profissionais da área abandonariam o Windows. Eu conheço muita gente da área de TI e engenharias que pensa diferente.

          7. Pesquise um pouco sobre patent stacking (extorsão, basicamente) e como a “nova” Microsoft, boazinha e que ama o Linux está manipulando artificialmente o preço de dispositivos Linux/Android como forma de retaliação.

            Desculpa se me expressei errado, eu não quis dizer mesmo que todo mundo abandonaria o Windows, apenas que a disponibilização do MS Office e da suite Adobe para Linux seria um golpe fortíssimo contra o Windows, e isso ninguém pode negar.

          8. Entendo… Isso é largamente praticado nessa indústria, as vitimas (não são) não ficam limitados ao Android ou Linux, a própria MS entra no bolo. Vemos brigas recentes entre Qualcomm e Apple por exemplo.

            Em um resumo que obtive pela internet, o estudo feito que sugere uma reforma sobre as patentes aponta também um problema sobre a manipulação dos valores de royalties pagos pelas empresas que usam as patentes. Essa é a parte mais preocupante o que poderia elevar o valor dos produtos, mas, não querendo defender, não acho que interfira tanto no valor do produto final unitário mas com certeza interfere significativamente no lucros das empresas que usam as patentes ou as que se caracterizem como infratoras. No entanto eu sou a favor de uma reforma sobre isso também. Pois como citou o texto que li, tem empresa que nem sabe que infringiu uma patente e logo corre para mudar o design do componente patenteado pra não perder dinheiro.

          9. E sobre a MS ser boazinha e tal… depende! Temos um produtos e serviços muito melhores do que já foram, tudo mais acessível. A MS pode não ser boazinha com outras empresas mas tem sido boazinha com seus clientes. Claro, é uma forma de expressar o que tem acontecido, mas sabemos que se as coisas apertarem, pra qualquer empresa, os preços tendem a subir. Eu era um hater da MS “em relação ao X360”, não era possível usar um app no console se não tivesse uma assinatura Live Gold. Isso era inaceitável pra mim! Mas aí entrou outro time no comando da MS e tudo está melhor. É a mesmo situação em relação ao nosso país, se substituir as pessoas que estão no comando, tudo pode mudar pra melhor ou pra pior ou ficar na mesma…

            Eu tenho visto que a MS tem tudo pra ser a número 1 em lucros e acredito que até o fim de 2018 isso pode acontecer. Não que eu torça por isso, mas levando em consideração o resultado do trabalho deles em ofertar produtos com mais qualidade e inovação. A inovação é algo que está começando a acontecer, pelo menos no quesito hardware, em todo o resto já está acontecendo.

          10. Eu sou cético e não creio em coisas como destino ou karma.
            A Microsoft fez um monopólio tão ruim para o mercado durante tantos anos que é meio sádico ver eles sofrendo para ganhar espaço em SO móvel.
            Isso é normal, é claro. A IBM já passou por isso e daqui uns anos pode surgir uma nova empresa que vai suplantar o Facebook ou o Google.

  13. A Microsoft ansiosa para voltar ao mercado de hardware com seu novo e moderno e mais rápido dispositivo rodando Android.
    Lembrem se, Microsoft love Android.

    Veja imagem em anexo.
    E também reportagem: https://www.windowslatest.com/2017/10/28/micrsoft-android-phone/

    https://uploads.disquscdn.com/images/64b6a458c61257ac587341a4dc91c3017f6b15b4721b0406d3cf72c82974a368.jpg

    Quanto a tese, Andrômeda se for um PC completo não precisaria se dividir um módulos. Bastaria um dispositivo com Windows S e pronto. Um tablete dobrável? Não vejo inovação nisto. A Microsoft está num mato sem cachorro. Depois das burradas que fez, só resta agora largar o osso e tentar a sorte fabricando um dispositivo com android.

    1. Correto. Use o que te atende melhor. Eu comprei um Lumia 950 lá fora, fiquei um ano e vendi mês passado pelo mesmo preço. Para mim, melhor SO, pena não ter os apps que uso, banco e afins. Eu sempre usei dois aparelhos, antes eu usava IOS é Android, vendi Android e comprei Lumia, agora só IOS. Isso até sair algo da MS que me atenda.

    2. Pagou quanto?

      Queria o Mi Mix…que tela linda, meu Deus!

      Mas sei que se deixar cair de 1cm vou ter que desembolsar 3 mil pra trocar a tela.

      Quero me livrar do 930 que era lindo e pegar algum com diferencial…o que tá difícil hoje.

        1. Vou ter que abandonar meu 930, deixar ele apenas para fotos e comprar um android, apesar que esta merda ainda tem fluidez e nao trava nunca, medo de voltar para o android e a cada 1 minuto travar a porra do celular, mas nao tera jeito, terei que partir. hauhua

  14. Em resumo:

    “O Andrômeda é a CShell Mobile, a continuação do Windows Phone fundido com o Windows 10 completo como um único sistema.”

    Simplesmente brilhante!

    1. Eles já mostraram exemplo de um dispositivo handheld rodando photoshop e jogos win 32, não duvido que venham com essa possibilidade. Mas se não vier, tudo bem, teremos mais conteúdo no passar do tempo.

    2. Sim, show de bola, mas convenhamos, a MS poderia ter lançado o W10M já para versão 64 bits com Continuum na veia, aos poucos expandindo e convertendo o SO para Andrômeda. Já pensou nisso? Se IOS é Android já estavam na mesma versão 64 na época que o W10M foi lançado, porque a MS teve que literalmente rachar o SO mobile?
      Sim, o Satya assumiu a culpa, de forma comercial, mas assumiu. Mesmo assim, que bela porcaria o indiano conseguiu fazer nessa área.

      1. Eu não acredito que dê pra converter o W10M no andromeda, são OSs diferentes e é esse o motivo principal pra deixar um pra trás e focar no principal, não é apenas uma mudança na interface/design. Eu acho que esse indiano estava pensando nas vantagens para a vida dos desenvolvedores quando decidiu focar no WCOS, alguém deve ter esquentando as orelhas dele de tanto tocar no assunto sobre suporte de terceiros. Mas uma coisa é certa, a MS deixou escapar noticias de que o W10M desapareceria e esse foi o erro, do contrário a transição ocorreria sem qualquer usuário perceber, então sim o Indiano falhou mas não é o fim do mundo já que coisa melhor está vindo aí. Contudo o W10M ainda tem suporte e ainda está a venda. Acessei a MS store americana hoje e vi lá o W10M na promo. Ainda assim a pergunta insiste sobre o porque de não manter um até que o outro seja lançado e ganhe mercado, por quê? O motivo sobre a diferença no código dos dois OSs e como isso implica no desenvolvimento de apps não parece ser motivo suficiente pra alguns. Eu diria que estão meio certos, a MS está meio errada, o erro no percurso. Eles provavelmente estavam querendo reduzir o retrabalho dos desenvolvedores e gastos, afinal os próprios (a MS) estava pagando desenvolvedores para manter suporte e trazer novos apps para seu sistema como foi revelado… se for pra fazer todo esse esforço, não é melhor transferir isso tudo logo pro OS definitivo?

        Pelo menos há tantos indícios de que não é o fim do Windows mobile que já podemos considerar certo sua volta. Sobre o fim do W10M, repito, foi apenas um erro de percurso, não seu fim. E boa parte de todo esse alvoroço está nas nossas cabeças porque quem comprou um HP elite X3 esse ano, ainda tem um smartphone com status de top de linha da categoria e com suporte garantido até que o ‘Novo Windows Mobile’ apareça.

        1. Bom dia, amigo! Essa conversão seria igual ao PC, se a versão lançada anteriormente fosse 64bits, então, dito por alguns devs nos fóruns, seria possível. Mas mesmo que não fosse assim, que não desse para fazer tal conversão, a MS poderia ter continuado com o desenvolvimento no Mobile e migrando aos poucos para novo SO. O que ela fez foi justamente ao contrário, matou o Mobile, deixou muita gente na mão todo este tempo para depois se relançar no mercado com SO novo.

          Dito pelo próprio Satya: “foi um erro ter abandonado seus clientes no Mobile”. Acho que você leu essa entrevista dele.

          Enfim, eu curto demais as Tiles,são extremamente uteis, curto a organização do SO, intuitivo, fluido (950), personalização sem igual, sem reclamações. Só não continuei por falta de apps necessários para o meu dia a dia, ai eu sempre tinha que carregar dois aparelhos, cansei disso, fiz isso sempre. Hoje estou só com iPhone 6. IOS é legal, mas ainda prefiro o W10.

          OBS: galera, dizer que o W10 está vivo é meio ruim de assumir. Visto que, só teremos suporte, dispositivos restritos e importados, sem adição de recursos e novidades, poxa, se isto não é morte é no mínimo UTI, infelizmente.

          1. Eu entendo por morte quando se tem o fim. Nesse caso, o Windows 10 mobile morre para renascer como WCOS. Isso sem deixar de oferecer o produto, de alguma forma, até o SD821 com o Windows 10 mobile dito morto, e a partir do SD835 o WCOS. Não faria sentido lançar o SO morto num SD835. Tudo bem, o novo WCOS ainda não lançou para mobile, mas é essa a expectativa para os próximos meses. O que a MS fez foi trocar de SO para o mobile, afinal, o que hoje está sendo dito como morto não tem recebido suporte de dev terceiros, ora, vc mesmo reclama da falta dos apps essenciais…. O novo WCOS é o mesmo SO do desktop e que já tem mais de 500 milhões de usuários diários, esse tem tudo pra receber suporte de terceiros Enfim, chegando onde vc quer chegar, sim, vamos considerar o W10M como morto, mas por um bom motivo, para a entrada do WCOS. Isso tudo está justificado no fato de a MS querer sair do mercado de smartphones, para então continuar nesse mesmo mercado mas com uma novidade. Eu acho que era imprescindível acabar com esse SO para acabar de vez também com qualquer gasto relacionado a ele. Eu digo que este não está morto porque a MS vai colocar no mercado o WCOS que pra todos os efeitos também será um OS para mobile também já que a expectativa é um pc de bolso. Se a MS matasse o mobile de todas as maneiras, sem substituí lo, eu daria toda a razão pra galera que pensa como você. Veja o WCOS como o sucessor do W10M.

            Segundo as informações vazadas, não seria possível a conversão porque os SOs são diferentes. Talvez emular os apps de um no outro, mas isso só tornaria os SOs mais pesados. Se desse pra fazer sem consequência relevante para o produto final eu não vejo porque a MS não faria.

  15. Olhem esse modelo:
    https://uploads.disquscdn.com/images/3b4871f610523ffec0a04518d284f7a672337c0cb26068e38143e79f7f093ac5.jpg

    Se eu tiver dinheiro pra isso eu não pensaria duas vezes… passaria fome e venderia a alma de todos vocês pra qualquer entidade pra ter um ou mais desses. MAS, da cor preta fosca, por favor!

    E eu ainda acho que pode acontecer de ser diferente, uma tela interna dobrável e uma única externa similar a de um smartphone, assim soaria mais completo, por outro lado sairia mais caro. Meu moto E vai ter que aguentar até o lançamento desse aí.

    1. Provavelmente será todo feito de material maleável como exemplos visto em eventos da CES anteriores. E um desses aí com preço acessível mataria sem sombra de duvidas os smartphones. Não tem um nessa seção de comentários que não iria querer um dispositivo desse aí no lugar do que hoje é um smartphone.

    2. “Se eu tiver dinheiro pra isso eu não pensaria duas vezes… passaria fome e venderia a alma de todos vocês pra qualquer entidade pra ter um ou mais desses.”

      Tão ficando pior que os fanboys da Apple bicho. Hauahauahauau

      1. Pois é, isso me intriga e muito. Uma empresa gigantesca com grana em caixa e toda sua infraestrutura impecável, como que ela consegue ser tão lenta em seus projetos?
        Sim, custos e uma série de coisas que travam certos projetos, mas mesmo assim é muito estranho.
        Pensa bem, Continuum, algo que poderia ter sido ampliado e replicado facilmente e a MS nem tirou da caixa, praticamente. Veio a Samsung e phá… Dex na galera.
        Hololens, outro assunto que segue a mesma premissa das estratégias da MS, mostra para o mundo, mas não disponibiliza de forma comercial e usuário final.
        Tem tantas coisas que a MS faz, abre patentes, mas não chega.
        Sei lá, viu. Só não entendo essa parte da MS. Parece que gosta de viver de patentes e ficar com migalhas.

      2. Oi, por acaso vocês estão tendo problemas com os contatos do aplicativo PESSOA? O meu sumiu hoje à tarde todos os contatos, como tivesse sido deletado. Comentei em uma matéria do Windows Team, e outras pessoas também tiveram e estão tendo este problema, teve um que deu Hard Reset e voltou os contatos, mas alguns minutos depois, sumiram de novo. Nem vem falar em configurações, as opções de mostrar os contatos da conta esta selecionada.

        1. É um bug o meu tá assim tbm até formatei pensando que ia resolver voltou é sumiu de novo, mas os contatos estão no seu e-mail, bug nos lumias—-praga de TechManja kkkkk…

        2. Hoje perto das 17 horas, sumiram todos os contatos Lumia 1520 com Insider.
          Imediatamente na configuração de backup desliguei o automático, cheguei em casa, voltei para o 8.1 e estou atualizando para o Windows 10 Mobile…

          Insider nunca mais

          Fora que perdi tudo o que havia feito durante a tarde…

          Preju grande

        3. Ah… Agora entendi o que se passou com esse negócio. Coisa chata.

          Consegui recuperar os contatos que tinham conversas no WA, os que nao tinha, nem sei como ficou:/

  16. Considero sim voltar a usar um sistema mobile da Microsoft, mas desta vez ela terá que me convencer a comprar, não sou mais early adopter de mais nada da Microsoft.

  17. Larguei meu 650 e peguei um zenfone 3 max, se um dia a Microsoft lançar um sistema mobile e ele ter todos os apps e ser reconhecido pelos devs, eu volto

  18. Eu realmente tenho minhas dúvidas se o Jorge acredita MESMO nessa história de “mudar as regras”

    Mas como ele repete isso toda vez, deve acreditar.
    Isso é até triste.
    Parece aquela criança que a mãe diz que o pai foi comprar cigarro mas vai voltar e a criança vive na ilusão pra sempre.

  19. Novamente se ver rumores sobre o Surface Phone. Eu, particularmente eu, acredito que o Surface Phone só será lançado com a criação do Windows 10 Mobile com ARM 64 já que os ARM 32 estão”defasados”

          1. Ah tah entendi. Man, a gente tem que usar filtros pra tudo hoje. Ver TV? Então. Maioria das coisas é mentira

  20. Eu acho muito difícil qualquer empreitada no móvel, da Microsoft ela queimou muito cartucho abandonado usuários com lançamento de OS com futura atualização que não se concretizava No smartphone. ela tem que entra sem abandona vai ter amarga muito baixa adesão por culpa dela mesma. Mais se não fizer ele pode se torna irrelevante na tecnologia.

  21. Bom, pra mim já deu. Essa semana já devo colocar meu L950XL com o Display Dock a venda. Pretendo pegar um Galaxy S8 Plus, se for muito trambolhão eu fico com o S8 tamanho normal.
    Gosto demais do Windows 10 Mobile, e não me arrependo de ter trocado o iPhone por ele, e um dia ainda uso o lendário Surface Phone.

      1. Ainda preciso ver quanto está valendo um Lumia 950 XL (ele tem no máximo 6 meses de uso, nunca caiu, não tem qualquer arranhão), não tive tempo de ver, mas essa semana vejo isso, coloco no ML e te passo o link. Não pretendo vender separado do Display Dock, pois ainda não tenho a informação se ele funcionaria com o S8, assim como a Dex funciona com o L950XL. Qualquer coisa me chama no Telegram, meu usuário é @marciorodrigues. Vlw

      1. Pensei muito em voltar pro iPhone, mas notei que há muitas reclamações nas comunidades específicas de produtos Apple. Outra questão importante, é que não é fácil sustentar iPhone, além do aparelho ser estratosfericamente e desonestamente mais caro, tudo pra ele é muito mais caro, desde capinhas e cabos, até peças de reposição, e o próprio serviço de reparo. E mais uma, a Apple combate com muita veemência as técnicas de jailbreak, e isso além de gasto de energia desnecessária, é uma completa palhaçada.
        Por isso resolvi experimentar o que nunca tive, um Galaxy S8.

        1. Samsung eu iria de Note8, além de ser mais rápido, possui recursos bem superior e demora desvalorizar. Já tive o Note 5 e digo que é realmente fantástico. O ruim é o Android que vira e mexe tem virus e apps com travamentos. Por isso escolhi um iphone, virus quase free e um ass. técnica diferenciada das demais.

          1. Kra, achei sensacional o Note 8, o problema é que custa muito mais caro por recursos que raramente eu utilizaria, e como fotos não é meu forte, prefiro ficar com o S8/S8+ mesmo.
            Tenho mais receio do que a Google fica capturando da minha vida sem eu saber do que eu instalar vírus. Com um smartphone Android jamais vou fazer aqueles nudes que as meninas pedem, Kkkkkkkkkkk, só confio no Windows 10 Mobile para esse trabalho sigiloso.

          2. W10 Mobile ainda é o meu sistema preferido. Pena que foi esquecido. Mas seja qual fora plataforma, notará um grande avanço em relação ao atraso do w10M. Um dia quem sabe, poderemos fazer o caminho inverso, mas hoje apenas acompanho os sonhos da galera aqui.

  22. Até onde querem levar essa lenda do novo dispositivo da Microsoft? Enquanto isso, as pessoas vão mudando de plataforma, se fidelizando nelas e a Microsoft mesmo não vai mais ter base de usuários para um futuro mega super dispositivo lendário e magnífico surface.

  23. Gostava muito do meu nokia 635, Sua tela era praticamente indestrutível a quedas! mais de 100 tombos em um ano, smartphone desmontava em muitas partes e era só montar e pronto. Firme e forte para o próximo tombo. A questão de aplicativos disponíveis era seu calcanhar de Aquiles…uma pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *