Microsoft está preste a lançar “PCs sempre conectados” como smartphones, faz sentido?

notebook-musica-noumz

O PC sempre conectado está se tornando uma realidade, e está de mãos dadas com a figura dos smartphones. A Microsoft e a Qualcomm, empresa esta de processadores móveis e outros componentes, se uniram para criar uma nova variedade de computadores Windows. Estamos falando sobre a iniciativa “PCs sempre conectado da Qualcomm“.

A promessa no papel é promissora. Falaríamos de computadores com baterias que durariam 20 horas, ou seja, mais que um dia, pois dificilmente ficamos tanto tempo assim em frente a um PC, e que teriam velocidades de internet mais rápidas do que o Wi-Fi. Além disso, não seria apenas mais rápido: sempre estaria disponível para estar nas redes 4G. Seriam equipamentos ultraportáteis, sempre conectados e com pouco consumo de bateria.

Ainda assim, não seria uma exclusividade dos Estados Unidos. Várias operadoras telefônicas se juntaram à Qualcomm nesta aventura. Para o Brasil, nada foi anunciado ainda, mas operadoras como a TIM e Vivo estão entre os parceiros internacionais.

E é aí que está a questão. Os computadores evoluíram o suficiente para serem finos e leves, capazes de viajar sempre conosco. Na verdade, é como um smartphone, mas em um formato maior. Por ter um Snapdragon, sempre vamos encontrar as limitações de poder, não pode ser comparado com um processador de desktop. Contudo, o poder do Snapdragon 835 deve ser suficiente para executar as tarefas mais comuns – navegar na internet, Office, etc. – e até mesmo executar alguns jogos.

Embora ainda não estejam disponíveis no mercado. Seu maior concorrente já nasceu há muito tempo, e é chamado de iPad. Além disso, e apesar de ter uma presença minoritária, o Android também quer reivindicar algo desse mercado. E não estamos apenas falando sobre tablets. Existem notebooks com Android, como Pixel C, que também podem funcionar com essa promessa. E não podemos esquecer os laptops que já existem.

Essa aposta faz sentido no mercado?

A verdade é que a Qualcomm e a Microsoft estão apostando em um tipo de usuário muito particular, que já tentou ser convencido com os tablets. E eles poderão ter dificuldades em convencê-los, mas é uma aposta que faz sentido para determinados perfis, e isso poderia funcionar.

O que vocês acham?

46 comments on “Microsoft está preste a lançar “PCs sempre conectados” como smartphones, faz sentido?

  1. Acho que não é para um pulico muito grande, a google tentou algo semelhante com chrome book mas não deu certo, agora é algo pouco mais pratico mas mesmo assim não acho que alguém vai trocar o smartphone por isso ai, a não ser talvez para um uso especifico, mas não para o usuário geral

  2. Acho isso ótimo! Se fosse um tempo atrás eu diria que isso é um absurdo, mas hj em dia pelo menos eu não faço nada sem internet, e a maioria das pessoas tbm são assim. Consoles, smartphoned, PCs…TD isso tem função offline mas mas tem gnt como eu que sem internet nem ousaria utilizar esses aparelhos.

  3. “teriam velocidades de internet mais rápidas do que o Wi-Fi.” Nessa o estagiário pegou pesado! Modens doméstico tem limite de 300 Mbps! Nem uma Vivo Fibra atinge essa velocidade! Como assim “teriam velocidades de internet mais rápidas que o wi-fi”? Sem contar que essa idéia da Microsoft é de algo que já existe e funciona muito bem como está. Será que alguém confiaria em comprar um dispositivo móvel da Microsoft? Meu Lumia 640XL repousa na gaveta por não ter mais utilidade… E não que o WP seja ruim, pelo contrário, excelente sistema, mas a MS cagou e abandonou o sistema! A MS só não perde a liderança em sistema operacional por não ter concorrencia, se houvesse já teria falido!

    1. É só mais uma opção, não precisa ficar ofendido com essa passo da MS. Isso tudo não se limita a adição de um modem LTE, também tem a questão do dispositivo ficar sempre ligado podendo retomar o trabalho em um algo em torno de um segundo, assim como é nos smartphones. Num PC comum, se este hibernar, demora uma vida pra voltar de onde você parou.

      Tanto é tendência que até a Intel vai entrar nessa. Eles já tem o próprio modem 5G LTE para lançar em PCs moveis com Windows 10 no ano que vem.

      https://wccftech.com/intel-announces-5g-roll-mobile-devices-windows-pcs-5g-modems-will-landing-2h-2019/

  4. Não faz. é só colocar um modem 4G dentro de um notebook normal e aumentar a bateria ( as baterias dos notebooks são pequenas ). esse tal PC sempre conectado só serve para vender chips ARM e dados de internet

  5. Eu acredito que esta pergunta está atrasada. Mas mesmo que o produto não faça sentido , é crucial para a Microsoft levar seu SO principal para outra arquitetura que não a x86 x64. Possibilitar o Windows rodar em ARM vai abrir novas oportunidades, mesmo que esses laptops não sejam bem sucedidos inicialmente.

  6. Tente usar um tablet com Windows por mais de um dia, apenas como tablet, sem teclado, sem mouse. Se conseguirem sobrevir voltem aqui e contém sua experiência…kkkkk
    A experiência touch do Windows 10 é absurdamente podre, tanto pela falta de aplicativos na windows store, quando pela total falta de compatibilidade dos programas tradicionais com telas sensíveis ao toque. Ou seja, o Windows 10 tá a décadas de se tornar usável em um smartphone.

      1. Exatamente. Tenho alguns clientes que tem Surface, um tem um Surface 4 inclusive, já fiquei com ele alguns dias, pq ele queria me vender, mas é exatamente isso que você disse, no modo desktop é uma maravilha, mas no modo tablet é sofrível, principalmente se precisar digitar alguma coisas mais complexa no teclado virtual, pelo amor de deus, dá vontade de dar um tiro na cabeça. Sites em modo desktop também são horríveis de visitar, já que são feitos pra usar com mouse. Quer uma experiência frustrante? Entre na globosat Play, abra um canal qualquer, tente colocar em modo tela cheia, e na programação ao vivo. Hauahauahaua, simplesmente não tem como, sou outro obrigado a ligar meu mouse pra poder fazer isso.

        1. Eu uso o Surface PRO 3 sem teclado numa boa, acho que é questão de costume e rapidamente você fica sagaz no teclado virtual e no touch que é muito preciso, se quiser a caneta é show tb. A única coisa que pega é a bateria que não aguenta como um ipad por exemplo (hj em dia a bateria dura umas 4hs no máximo de uso contínuo) e esquenta bastante tb. Então se tiver uma opção com windows completo que dure 20hs, boa performance e não esquente tanto, será um dispositivo perfeito para eu utilizar em casa para me divertir e desenvolver meus apps.

        2. Concordo, tinha um Surface Pro 3, e instalei o Phoenix OS (Android) e ficou muito bom como tablet.

          Mas com Windows, a bateria/processador não é otimizada igual a um tablet (iPad ou Samsung)…

          Preferi vender o Surface e comprar um Tab S3, pois como tablet, faz tudo melhor (bateria com mais duração, esquenta menos e é mais leve, + barato).

  7. Kevin Gallo ao vivo no Channel9 mostrando os novos Projetos em UWP. Para quem tinha dúvidas sobre o novo foca da Microsoft está ai a prova que o projeto One Core é para valer mesmo.

    Sobre o PC sem conectado. Lembre-se que as possibilidades não são só na palma da sua mão não. No futuro qualquer produto eletrônico dentro da sua residência vai estar conectado na internet e você terá a possibilidade de comandar-los. Dai vem o termo “sempre conectado”.

  8. Para mim, já vivemos isso. O dispositivo que estou usando agora é um pc (no sentido de computador pessoal) e está sempre conectado.

    A Microsoft que está meio atrasada nessa história.

    1. Ninguém vai nem notar e vai comprar esses novos computadores porque são computadores e todo mundo precisa de computadores.

      Você se engana nesse sentindo. Os computadores sempre conectados são semelhantes aos smartphones em alguns pontos. Eles oferecem conexões LTE de fábrica e quando não utilizados eles minimizam o consumo de energia e retoma atividade em um segundo, assim como ocorre nos smartphones. O teu PC se hibernar ele volta a funcionar em apenas um ou dois segundos?

  9. Eu não uso um PC por 20 horas no dia mas com certeza quero um PC com essa capacidade de bateria… Até onde sei o Snapdragon 835 já vem com a tecnologia 5G Gigabit de downloads, não é isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *