Carregando...

Microsoft estaria interessada em comprar Electronic Arts, e poderia mudaria tudo!

Microsoft estaria interessada em comprar Electronic Arts, e poderia mudaria tudo!

ea-eletronic-arts

E se a Microsoft comprar Electronic Arts? Considerem essa hipótese agora mesmo, e claro, a Microsoft poderia acabar com todas as cópias do FIFA vendidas para outras plataformas alheias ao Xbox, e isso mudaria tudo, pois dos jogos mais comprados no Playstation estão os da EA. Claro, ela poderá continuar vendendo tais jogos por lá como acontecu com Minecraft.

Você pode imaginar um estúdio com o BioWare, finalmente, fazer parte da Microsoft Studios, juntamente com sagas esportivas e  a poderosa DICE? De acordo com fontes do Polygno, a Microsoft estaria interessada em adquirir a Electronic Arts após a liquidez, graças à reforma tributária de Trump. No total, cerca de 130 bilhões de dólares ela terá para gastar no ano que vem.

De acordo com o Polygon, a Electronic Arts seria avaliada em cerca de 35 bilhões de dólares, o que daria à Microsoft liquidez para comprar outros estudos, como a PUBG Corp., algo que também há rumores. De acordo com a fontes do Polygon, perto da Redmond, a Microsoft estaria investigando o mercado e a Electronic Arts poderia ser o alvo.

Além da EA e dos criadores PlayerUnknown’s Battlegrounds, um jogo que já está exclusivamente no console do Xbox One, a Microsoft pode estar interessada na Valve. Contudo, a maior aposta é a Electronic Arts.

Agora, precisamos ver o que a Microsoft pode fazer com essa enorme quantidade de dinheiro e, acima de tudo, se eles decidirem comprar estúdios ou criarem mais estúdios próprios. As últimas declarações dos líderes do Xbox foram nesse sentido, então teremos que esperar e ver.

Essa notícia é perigosa, pois a Microsoft poderia monopolizar o mercado. O que vocês acham?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.