Microsoft oferece emprego para funcionários demitidos da Sony; PS5 é acusado de esconder o caso

PlayStation 5. Conceito baseado em patentes da Sony.

Informações que a Sony irá realizar demissões em massa vieram junto com os mais recentes dados oficiais revelados sobre o Playstation 5. Os funcionários demitidos teriam sofrido isso por conta de uma reorganização que centraliza os diferentes ramos. Aaron Greenberg, do Xbox, incentivou os desempregos se candidatem a vagas em Seattle.

De acordo com um relatório da Video Games Chronicle, a Sony demitiu “dezenas” de funcionários da Sony Interactive Entertainment Europe (SIEE). Essas demissões foram anunciadas internamente ao mesmo tempo em que novas informações sobre o PlayStation 5 foram reveladas pelo PlayStation Blog e uma entrevista com a Wired.

Vários funcionários afetados disseram à Video Games Chronicle que esse movimento faz parte de uma tentativa de unificar os diferentes ramos da SIE. No passado, diferentes filiais tinham equipes de marketing completamente diferentes. Pelo menos um funcionário afetado pelas demissões foi declarado no Twitter sobre o momento dessas demissões, afirmando em um tweet agora excluído que “Eu odeio que isso seja abafado pelo anúncio do #PS5“.

Isso acontece no momento em que a Sony está mudando bastante, com grandes acréscimos e um corte de preço chegando ao PlayStation Now. Além disso, Shawn Layden, ex-presidente da Sony Worldwide Studios, deixou a Sony pela conta oficial do PlayStation no Twitter. Não houve mais nenhuma declaração de Layden, embora ele permaneça ativo goste de comentar nos tweets no Twitter.

Gostaríamos de estender nossos pêsames a todos os funcionários do Sony por essas demissões e esperamos que vocês encontrem novos empregos em breve, afinal são pais e mães de família que tem que sustentar seus lares. Aaron Greenberg, do Xbox, comentou no Twitter e avisou que o Xbox estava contratando vários cargos na área de Seattle. Se você é um dos membros da equipe afetados e não se importa de se mudar, não se esqueça de se inscrever, pois há algumas vagas disponíveis.

O que vocês acham?

307 comments on “Microsoft oferece emprego para funcionários demitidos da Sony; PS5 é acusado de esconder o caso

      1. Çonista é uma raça de hipócritas kkkkk, o peba na sabe diferenciar DEMISSÃO EM MASSA vs desligamento da empresa após 20 anos de serviços prestados por decisão de Ybarra ???

          1. Oh, o peba pereba Çonista magoou e foi defender a espécie dele ???? Çonistas, vocês são uma vergonha alheia para o mundo dos games ?

  1. Parece que depois de toda a treta agora com a Blizzard, ela pode estar se separando da Activision, quero só ver o fim dess treta também.

    Final de geração é que é bom assim, BRIGA PRA TODO LADO.

  2. Gente é uma coisa esperada, a Sony esta desesperada com a Microsoft e ela vai precisar cortar custos para seguir de pé, ela não pode tomar prejuízo na sua unica divisão que gera LUCRO se acontecer MORREU.

    1. “Sony esta desesperada com a Microsoft”. Kkkkk

      Quando for escrever assim avisa que está sendo irônico, se não vao te achar mais burro do que já acham.

      Ou vc tava falando sério?

      1. Ele tem um bando de puxa-saco aqui nesse site de merda, ou seja, qualquer porra que esse metido a conhecedor de mercado, ultra-gênio da informação do setor gaming, e mentiroso espalhador de fake news falar vai ter gente puxando saco igualzinho o puto do Jorge.

        1. Kkkk…Verdade. Acho que eles fazem isso pra manter a auto-estima. Um acredita que engana, o outro finge que acredita. E nisso o mundo do pilulito vai se tornando uma realidade paralela pra eles.

  3. Obviamente um corte de custo bem alto e começou pelo topo quando saíram os executivos, olha que não vai parar por ai, eles precisam compensar oc custos que terão com Isomaniac e outros estúdios se compraram outros estúdios.

  4. De vez em quando dou uma passada na stream do Ninja na mixer. Enquanto escrevo este comentário ele está ao vivo com menos de 12 mil pessoas ao vivo. Em dias ruins na twitch ele colocava cerca de 50 mil, com muita frequência chegava a 80 mil pessoas. Mixer, Zune, groove music, Windows Phone, Xbox… Definitivamente os cases de sucesso da MS tem rareado ao longo dos anos. É a falta que faz equipe criativa. Se vai copiar, ao menos que faça igual a Sony: copia sem nenhuma vergonha mas coloca um temperinho pra diferenciar. MS só tem hoje gogó e poder político.

    1. A media de visualização dele é de 377.650 pois ele abriu a conta em 01/08/2019 e já possiu mais de 22 milhões de visualizações em 2 meses.

      1. Agora ele está com pouco mais de 12 mil. E ele tem ficado em torno de 15 mil em suas streams recentes. Ele não trouxe o público da twitch, e ouso dizer que não atraiu ninguém relevante da antiga plataforma. Só procurar por jogos na mixer pra ver que são poucos espectadores distribuídos em um punhado de jogos. Sem contar que o canal monster cat, que nem conteúdo tem a a está sempre entre os mais assistidos, que é a galera farmando sparks. Se fosse no início da plataforma até dava pra entender. Mas estando às moscas com vários anos, aí já é pra acender o sinal amarelo, pelo menos.

        1. A pessoa com mais visualização no twitch nesse exato momento tem em 16 mil expectadores, não sou de ficar olhando os outros jogarem mas acredito que esta muito na media que alias a media dele é bem alta.

          Que alias as visualizações de Fortnite esta em baixa até mesmo no twitch, então não tem como medir por isso.

          1. Pesquise melhor. Não levei nem 30 seg pra ver que lá tem um cara jogando world of warcraft com 40 mil. Fora dezenas de outros canais com 5, 6, 7 mil espectadores. Agora na mixer o jogo com mais viewers é fortnite, com menos de 20 mil. O 2o é de música (!!!), com menos de 6 mil. Só as duas categorias mais vistas da twitch dão quase 300 mil viewers. Claro que a twitch tem muitos anos de história, mas o público não é burro a ponto de trocar uma plataforma consolidada por outra só pq tem o nome da MS nela. Sem contar que no caso do Ninja a MS DEU subs de graça quando ele foi contratado. Inflado artificialmente para segurar o público e pelo visto sem resultados ainda. Tipo Game Pass, que é frequentemente oferecido quase de graça para tentar fidelizar o consumidor numa expectativa futura de lucro. Vamos ver o tombo daqui uns anos.

          2. Os multi e os exclusivos do PS4 (que foram a razão de eu ter escolhido o console) são o suficiente pra mim. Indies, forzas e halos cansam pela repetição. Além do mais, jogar pela quantidade não é muito inteligente.

  5. “A indústria está olhando para a Sony para ver as novidades no mundo dos console. No momento, é o Xbox que fornece todas as respostas” – Games industry

    Artigo interessante do site games industry, no texto questiona o que a Sony está fazendo. No ano que esperamos ver tudo sendo anunciado em grande estilo para o novo PS, eles fazem discretamente, como se estivesse querendo proteger a liderança.

      1. A Sony está nas mãos da Microsoft; aquela sempre espera que esta tome as rédeas e defina os rumos da indústria de jogos. Foi assim no início da geração, quando a Sony tinha um acordo com a Microsoft sobre os consoles sempre online e a expansão das mídias digitais; mas a repercussão negativa fez a Sony se aproveitar do momento e cair fora. Mais uma vez a Sony se esconde e deixa que a Microsoft corra os riscos. A Sony é mercenária, e no fim das contas está nas mãos da Microsoft com o futuro dos jogos digitais e por streaming.

          1. E daí q vc não vai mais conseguir chupar a rola dele e nem engolir o esperma quando ele morrer de velhice ou doença ??????

        1. Pior que o que vc falou faz todo sentido. A sony tá dependendo da Microsoft ser alvejada pela mídia pra não se ferrar de novo como na época do PS3, só que… dessa vez eles estão pegando o Nadella pela frente, que, por mais que eu não goste de certas posturas dele, o cara é um monstro como CEO. Pegou uma Microsoft de 300 Bi e fez valer um tri, mesmo na “má fase” do xbox e saindo do mercado tecnológico que mais movimenta dinheiro, que é o de smartphones.

          E ano que vem eles voltam a esse mercado, e com uma nova geração de console muito mais atrativa que a atual. Vai ser engraçado ver a molecada aqui engolindo seco.

        1. To falando que se tem alguem que ta “protegendo” algo (no caso vendas baixas em comparação com seus concorrentes), é a MS.

          O marketing das duas empresas funciona diferente. MS sai largando infos a rodo toda hr, é o jeito dela de agir. Sony vai largando aos poucos e/ou mais proximo dos seus lançamentos, pro hype continuar alto quando chegar a data. Mas nao to discutindo quem ta certo ou errado

          1. Então me desculpa.

            é que esse termo “esconder” vendas é de fanboy alienado. No caso a industria hoje segue o rumo dos serviços, das mídias digitais, por isso eles contam usuarios ativos, e não venda de hardwares. O Xbox está indo nesse caminho, assim como outras empresas já fazem o mesmo.

          2. O ramo da Microsoft agora é esse… De serviços ao invés de produtos propriamente, tendo esses como algo bem secundário. A Sony ainda vai na onda da venda de produtos per se. Não critico nenhuma das duas por isso, não! São visões que, se estão dando certo, beleza!

          3. Esquece mano. Qualquer argumento q vc tentar ao questionar a MS ou até mesmo reconhecer um ponto melhor da Sony, vc é fanboy.
            Não importa se só tenha Xbox em casa. “Seu çounista safado”

      1. ”Nos enviamos 100 milhões de consoles PS4 as lojas”

        Dos 100 quantos estão ativos? Quantos foram para reposição? Vendemos 100 milhões de PS4 mais não temos o engajamento de 70 milhões. Posso estar equivocado mas da ultima vez que a Sony mencionou seus usuários ativos eram pouco mais de 70 contando PS3. PS4, Vita e se duvidar até o Now.

        Vender por vender todo mundo vende, mas o que importa mesmo para quem injeta dinheiro é a receita e não o numero vendido.

          1. Em qualquer loja, vendedor faz um esforço danado pra vender PS4, porque público de xbox compra pouca mídia física e mete grana nas digitais.

        1. Se ta indo pras lojas é pq tem saida… Ou tu acha q o comerciante vai continuar comprando se nao ta revendendo?? Vcs acreditam no querem acreditar

      2. Haha… “o importante não é vender”, segundo Phil, mas a intenção por trás de todo investimento que se tem num produto não é a venda? Pra que todo trabalho então? Todo investimento… Só pra vender menos da metade da concorrente? Rsrs

        1. Fui jogar no Google tradutor aqui o q ce disse, mas não consegui identificar q idioma é esse…

          Mas digamos que eu tenha entendido. Tu acha q a MS prefere vender uma assinatura do q um console?

          1. Sim.
            O negócio é vender assinatura.
            Mas quem sou pra discutir com um “analista”…
            Analista esse que vive nos anos 90 ou 2000.

          2. Para compra uma assinatura, primeiro tem que compra o console kkkk, esse povo não entende, pode sabe que a maioria que esta falando essa besteira ai, não tem nem console em casa. compra assinatura sem console então kkk.

        1. Que Sony Wins cara, le ali embaixo o que eu falei pro Roberto e tu vai entender o que eu quis dizer. Agora só pq eu falo mal da tua empresa favorita sou fanboy da concorrente?

        2. Que Sony Wins cara, le ali embaixo o que eu falei pro Roberto e tu vai entender o que eu quis dizer. Agora só pq eu falo mal da tua empresa favorita sou fanboy da concorrente?

    1. Se as pessoas estão olhando pra Sony em busca de inovação, vão morrer antes de encontrarem… A Sony raramente inovou, antes refinou ideias alheias. O controle é o símbolo dessa prática da empresa.

        1. Agora eu te pergunto, quem copiou quem, vc já viu o controle do Sega Dreamcast?, veja e compare com o do Xbox 360, igual o primeiro controle do PlayStation, compare com o do Super Nintendo, e por aí vai, a Sony é cheio de copiar msm porém a Microsoft cópia um pouco tbm, Paz boa Jogatina.

    2. E ta errado? pq precisa mostrar tudo de uma só vez se o lançamento é só em 2020…vc pode facilmente cozinhar o publico e lançar aos poucos…você vai chamar atenção da midia em varios pontos ao longo do ano…e depois faz um evento de anuncio e mostra o console.

      Ao minimo quem estudou marketing sabe disso =X e convenhamos…marketing é algo que a Microsoft não sabe fazer.

      1. Não é esse o ponto. No texto o autor fala que o Xbox nesses últimos anos soube conversar com a imprensa, em relação a tudo. Por isso analista, jornalista e toda imprensa tem uma visão do que está por vir na industria, sempre foi assim.

        Pelo contrário, a Sony está fora do holofote, demitindo gente grande, sem shows e soltando o PS5 em migalhas. Isso não é bom pra investidores. Um bom argumento do autor diz que aparentemente a Sony só está protegendo a liderança, e trabalhando pra manter a base que se instalou nessa geração.

        1. Olha, se olhar em sites de monitoramento de ações, as da Sony dão um salto GRANDE de mais de 3% a cada dia que sai novidades do futuro console. No dia seguinte, claro, cai um pouco, cerca de meio a um por cento. Mas é só dar mais uma falada, lá vai subir 3% de novo… A Sony tem GRANDES problemas em várias áreas, mas é inegável que a divisão Playstation financeiramente é galinha dos ovos de ouro deles.

          1. Playstation É a Sony hoje em dia. Todos sabemos disso.

            Mas é exatamente isso que o autor está questionando: “A indústria está olhando para a Sony… (MAS) … No momento é o Xbox que tem as respostas”

            Sei que isso causa brigas de fanboy, mas quem acompanha as noticias diariamente enxerga que o Xbox vem apresentando esse cenário futurístico da industria a muito tempo. Na verdade foi essa atitude que “matou” o Xbox One no lançamento. Muitos dizem que a Microsoft apresentou os serviços e nuvens fora do seu tempo.

            Existe até um vídeo de um site gringo debatendo sobre isso: Em 2013, e se o Xbox estivesse certo?

          2. Eu vejo ambas indo pra lados diferentes. Uma se mantendo em um mercado de nicho que tem se mostrado lucrativo, que é o de jogos mais “tradicionais” vendidos em modelo tradicional. A Microsoft tem sido mais Avant Garde no modo que vem fazendo. Acaba que serão dois segmentos diferentes pra públicos diferentes…

          3. A Microsoft QUER mais mercado, e a Sony quer se manter no que tem… As chances da Microsoft ter sucesso é maior que as da Sony de permanecer como esta.

            O risco de decadência Sony/Playstation é muito que da Microsoft pois a Microsoft se preparou antes para a nova geração e a Sony ao que parece acordou só agora e é muito difícil ela dar uma resposta a Microsoft já no próximo ano.

          4. Eu não vejo assim…. Vejo que a Microsoft quer sim mais mercado, mas está apostando em OUTRO(s) nicho(s). A Sony está mantendo o Time Que Está Ganhando Não Se Mexe… E é um fato que enquanto tiver público pra consumir esse modelo antigo, vai ter quem faça esse modelo antigo. Assim como esse novo mercado da Microsoft (assinatura e Stream) tbm tem. Vejo no futuro a Microsoft sendo concorrente direta do Google, e não da Sony, nos games

          5. Mas veja bem, a Microsoft transformou a marca Xbox em uma coisa enorme pois além do mercado ”tradicional” ela vai entregar e já entrega outras possibilidades. A ”estrategia” de não mexer em time que esta ganhando pode ser arriscado para a Sony que depende desse time e na real já vemos que ela esta em movimento, pois sabemos que nenhuma empresa pode esperar as coisas mudarem para mudar também e a Microsoft por exemplo sabe muito bem disso.

            A Sony pode até ficar no nicho dela mas pode ver sua participação cair drasticamente pois o sucesso dela não esta nos jogos dela (não to criticando), o sucesso dela esta nos jogos de terceiros pois são eles que faz suas vendas, pois se fosse só pelos jogos dela olhando os números que temos ela não teria ”vendido” tanto.

          6. Porém nesse nicho tradicional, ela é a que dá lucro pras third. Então tanto é arriscado pra ela se manter e não acompanhar o mercado, como é arriscado pra Microsoft tentar ir pro “futuro” e dar ruim no fim das contas.
            Mas tbm cada uma sabe onde está se metendo ali… Tudo macaco véio do mercado, então pode ser, e acho até provável, que ambas se saiam realmente bem nas suas propostas

          7. Se reparou comprando estúdios, montando uma base sólida, preparando o terreno para a nova geração, trazendo inovação e novas tecnologias como o Ray Tracing via Hardware, forçando a concorrência a fazer o mesmo, jogos via streaming serviço de assinatura de jogos como o GAME PASS, e pode ter certeza que a Sony vai copiar isso tudo, os maledetos que tiram sarro do GAME PASS chamando de mendigo pass vão engolir seu orgulho quando a Sony anunciar esse mesmo serviço no PS5, neguinho aqui vai colocar o rabo entre as pernas e correr, por isso tirem logo print dos posts deles, para depois derrubarem os argumentos fajutos da Poneyzada 4k4k4k4k

          8. O gamepass é ótimo, queria eu em Novembro de 2013, já tivesse este serviço. eu ainda acho que precisa de uns ajustes, mais o gamepass é sem palavras, e quem, quiser zuar, pode zuar, mais o gamepass é show de bola, Paz boa Jogatina.

          9. Corretíssimo essa visão, também enxergo assim.

            Um porém, a visão que tenho é que a industria está numa etapa de transição assim como estava no final dos anos 90, quando o PS revolucionou o mundo com Cds. Só que o protagonista dessa transição (serviços e nuvem) não é o Playstation. Eles tentam parecer descolados e cool, tentando entrar nessa fase, mas me parece que sem forca ainda.

            Se desligaram dos serviços da Amazon e fecharam com a nuvem da Microsoft, mas ainda assim, a forca deles é no modelo anos 90. Vamos ver, tem muita coisa pra rolar ainda, os consoles nem foram anunciado, espero surpresas.

          10. Particularmente eu acho que a divisão Playstation deveria ser VENDIDA. Uma empresa como a Amazon tem mais possibilidades de levar a marca a outros patamares. E a marca levaria tbm a Amazon a outros… Do jeito que a Amazon tá mijando dinheiro, não seria mal investimento

          11. O problema é a Sony aceitar. Eles tinham a nuvem da Amazon mas foram buscar lá em Redmond com Azure as respostas pros seus serviços online. não teve ter uma boa relação assim. Mas pra Sony seria muito bom mesmo.

          12. A Nuvem da Amazon não é muito boa AINDA pelo que dizem… Por ser uma empresa entrando agora no segmento, ainda não está habituada. Então se ela quer entrar de cabeça em games, não acho que vá conseguir sozinha, teria que adquirir algo já previamente estabelecida, senão vai penar pra conseguir

          13. É verdade, só não pode fazer a merda que a Microsoft fez comprando parte da Nokia e jogando dinheiro no lixo. kk

          14. Pior que a aquisição da Nokia tinha TUDO pra ser boa…. O que cagou foi o OS morto dela que não tinha nem Instagram kkkkkk tivesse adotado o Android com um layout personalizado dela baseado no windows, a história poderia ter sido outra

          15. Tarde demais. Android e IOS já dominavam tudo. Bill Gates falou que foi o maior erro da empresa. Um SO que dominava o mundo dos PC deveria por obrigação entrar no mundo smartphones. Mas falharam, fazerno que…

          16. Falharam miseravelmente, isso é fato, mas que o sistema Windows 8.1 para smartphones era uma boa era eu amava meu Lumia 950, mas infelizmente não deu para continuar com ele agora espero o Surface DUO

          17. Aquele lumia pequeno, não sei o nome, vendeu muitoooo! As pessoas estavam começando a aceitar o Windows phone. Era a maior resposta ao android que depois de um tempo começava a travar, isso não acontecia com Windows, o sistema era bem fluído e leve.

            Mas a Microsoft cagou depois e não soube dá continuidade.

          18. Opa pera aí, acho que não faz idéia do que tá falando, a Microsoft tentou entrar no ramo mobile sim com o Windows Phone, mas a intenção dela com a compra era outra completamente diferente, ela comprou algo muito mais valioso do que a fábrica de smartphones, foram mais de 8.500 patentes que veio no pacote (patentes de hardware e de software), ela ganha por volta de 10 dólares por cada aparelho Android vendido no mundo devido a patentes essenciais do mundo mobile sem fazer nada.

          19. Essa informação eu não tenho, to por fora. Mais quando falei em jogar dinheiro no lixo, foi por não ter funcionado.

        2. Está sim fora dos holofote, o 3 dados que a sony deu essa semana estava em todos os sites, top trend twitter…mas segundo vcs está fora do holofote e não sei qual é o holofote que vcs estão falando.

          Deve ser o holofote que o ninja ta dando, com mixer pegando menos horas assistidas no total e ainda perdendo para o facebook gaming.

          1. Cara, vamos com calma, sem alienação de fanboy ofendido. Holofote que eu disse, é em relação a empresa, eles não estão gastando com isso, fugiram da E3!

            É obvio que as especificações de um novo Playstation vai ser vista e compartilhada pelo mundo todo, ninguém tá questionando isso. Mas de fato a Sony está bem contida, quieta, sem alarde.

            O impulso de inovação é claramente da empresa que falhou na geração, nesse caso é o Xbox. Do outro lado a empresa que estabeleceu uma base maior só que manter isso, no caso age de forma conservadora. Mas nas palavras do autor da games industry, tem algo estranho.

          2. Sabe o que há? Não é nada lucrativo vender 100 milhões de console esperando lucro só de software na geração em que os jogos foram os mais caros e demorados de produzir, já que o hardware em si é praticamente subsidiado. Muitas fabricantes de smartphone quebraram pela mesma razão.

            Molecada acha o máximo a sony vender muito console, mas a empresa sangra, se uma resposta equivalente não vier das vendas de jogos (por isso a própria sony disse com clareza que mais vale é usuário ativo, e nós sabemos qual plataforma tem os usuários mais ativos economicamente).

            É por isso, sonecada, que vcs tem que torcer muito pro raytracing vingar, pois esta merda vai baratear um bocado os custos de desenvolvimento de jogos.

          3. O modelo da indústria é: venda hardware barato e software caro, pois o lucro está no software. Foi inventado pela Nintendo e foi o que salvou a indústria de videogames, aliado ao controle da fabricante do hardware sobre quem poderia produzir jogos para ele.

            Consoles são baratos por serem vendidos com perdas. Um consumidor jamais vai conseguir montar um PC a preço de venda do console, pois não recebe subsídio de ninguém quando monta um PC, além de que a compra em lote de placas de hardware pelas fabricantes de console sai mais barata pelo preço de atacado.

            Só que hoje não existe apenas uma maneira de monetizar jogos. DLC surgiram ainda na década de 90 e foram uma prévia das microtransações. Apenas se reduziu o pacote, com o correspondente aumento de preço. Fortnite é F2P e é o jogo que mais gera receita no mundo hoje. Todo mundo está desesperado para replicar esse sucesso.

            Num mercado como o atual, um jogo como God of War, embora de produção quase impecável, é economicamente obsoleto e altamente dependente de um lançamento aquecido para gerar a receita esperada pela produtora. God of War não oferece DLCs, tampouco microtransações. Respeito ao consumidor? Negativo: apego a um modelo obsoleto. Você não é obrigado a comprar os cosméticos oferecidos no jogo. Não existe desrespeito a ninguém na comercialização de skins.

            Pessoalmente acho muito suspeitas as notas do GOTY 2018, as quais certamente ajudaram a performance do jogo no primeiro mês. Todo mundo sabe que existe jabá e favoritismos. Um jogo mundo aberto que oferece menos de um quarto do conteúdo de The Witcher 3 ou mesmo de Assassin’s Creed Odyssey ser tão aclamado é um fenômeno curioso. O tempo para 100% de God of War é consistente com os grandes jogos… da geração passada!

            Consistência de mercado se vê nos jogos da Microsoft, desprezados pela mídia hegemônica. Sea of Thieves e State of Decay 2 ainda recebem atualizações significativas mesmo tendo sido ridicularizados pelos grandes portais. Também estão entre os exclusivos mais vendidos do Xbox One, superando de longe jogos tradicionais como Quantum Break e Sunset Overdrive.

            Enquanto isso a Sony aposta tudo em TLOU2, e vai além: elimina o elemento de longevidade do jogo (modo online). O hype a conta-gotas novamente tem o objetivo de gerar fortes vendas no lançamento. Mas, e se a Naughty Dog errar a mão? Não podemos prever o futuro.

            TLOU2 ainda venderia pelo nome, mas o público desse tipo de jogo, que é o casual do casual, costuma ser muito apegado às modas e muito suscetível a alterações indesejadas de enredo. Basta ver como se esgotam os seriados depois de algumas temporadas.

            Torrar dinheiro em superproduções sem ter jogos que tragam dinheiro grande para a plataforma é um risco. A Sony não só não tem uma franquia com potencial para gerar dinheiro além do possível com o single player, como também não tem histórico de ter criado uma franquia com essas características.

            TLOU2 pode ser o último grande suspiro de uma empresa que se aproxima cada vez mais da obsolescência.

          4. Sabe o que há? Não é nada lucrativo vender 100 milhões de console esperando lucro só de software na geração em que os jogos foram os mais caros e demorados de produzir, já que o hardware em si é praticamente subsidiado. Muitas fabricantes de smartphone quebraram pela mesma razão.

            Molecada acha o máximo a sony vender muito console, mas a empresa sangra, se uma resposta equivalente não vier das vendas de jogos (por isso a própria sony disse com clareza que mais vale é usuário ativo, e nós sabemos qual plataforma tem os usuários mais ativos economicamente).

            É por isso, sonecada, que vcs tem que torcer muito pro raytracing vingar, pois esta merda vai baratear um bocado os custos de desenvolvimento de jogos.

          5. PlayStation sem e3 continua gigante, Xbox com ou sem e3 continua insignificante. 😉

            Mas deixando esse fato de lado, o que mudou pro Xbox com esse fracasso de apresentação na e3?

          6. Sinceramente não entendi. Está tendo uma discussão muito mais complexa sobre futuro da industria, e você resume tudo na presença ou não de uma E3?

          7. Discussão complexa??? Me mostra onde. Ou vc tá se referindo ao que um babaca escreveu e vc pegou como verdade? PlayStation solta um trailer de TloUS no YouTube e tem mais visualização que todo canal do Xbox no ano, e vocês acham que ela está fora dos holofotes. Kkk só rindo mesmo e ainda diz que fugiu da e3. Melhor não ter aparecido do que ser desprezível como a MS foi. Você é um verdadeiro comediante. Enquanto a realidade é que tá todo mundo cagando pro Xbox com seu GP, enquanto PS4 tem mais 3 exclusivos pra fechar a geração com chave de ouro.

          8. Por isso não costumo discutir com pessoas que tem um nickname como o seu. Completamente fanático, cheio de argumento vazios e de frases prontas, enaltecendo a popularidade do PS e dizendo que Xbox é irrelevante. Esse tipo de pessoa eu bloqueio logo, mas achei que poderia ter um conversa num nível melhor. Abraço.

          9. Kkkk…. Do que adianta não ter um nick zuera e agir como um lunático? Bloqueia não, vou ficar tite. Kkkk

      2. Não, isso se chama medo que as pessoas parem de comprar ps4 para esperar o ps5, então não tivesse anunciado, isso se chama marketing ruim. E ela tem uma coisa a favor que se chama midia (que garantiu para ela o ps4, inclusive com funcionarios da IGN junto com o presidente da sony em uma E3 em uma ação de “marketing” inteiramente “gratuita”), que ja esta passando pano assim como os sonystas, ai se fosse a microsoft que anunciasse o novo xbox no twitter….

          1. Exato, tipo nenhuma informação relevante, o nome do console ja era bola cantada, as features ja existem nos outros consoles faz tempo como retro, inclusive na IGN americana essa feature foi a mais desejada pelos sonystas no ps5 com mais de 40%, ué, não era a poneyzada que comprava console apenas para jogar jogos novos?

    3. Sem ser fanboy, mas, não vou me espantar se nos próximos anos a Amazon comprar a Sony. A MS e a Google, concorrentes diretas, já possuem suas divisões de games. Seria muito mais fácil adquirir uma empresa com knowhow, do que começar do zero como a Google está fazendo.
      Tá muito estranho essa postura da Sony, desde a E3. A empresa que mais gosta de holoforte tirando o foco dela em diversas ocasiões. Várias demissões.

      1. Não sei se fechariam negocio com Amazon, digo por parte da Sony. O Playstation pra quem não sabe usava os serviços de nuvem da Amazon, mas recorreram a Microsoft agora. A relação não deve está tão boa assim.

          1. Há tá eu não sabia dessa informação, vlw, eu achava melhor a Microsoft comprar a Sony e unificar as plataformas, não é proibido sonhar né, paz boa Jogatina.

          2. Com isso a MS poderia criar um monopólio já que hoje em dias as duas marcas são as mais fortes de games no mercado de consoles, acho que por isso a MS não compraria a Pony, mas a Amazon que ultimamente esta investindo nessa area teria interesse em pegar uma marca já consolidada no mercado ou até mesmo a Apple, mas ainda acredito que a Amazon seria um forte candidato, a Disney no momento não teria interesse direto nesse mercado.

          3. Mto obrigado pelo feedback, e pela informação, igual postei mais acima, eu não sabia do interesse da Amazon, na Sony.
            Vamos vê ano que vem, como as coisas vão se comportar, quer queira, quer não,todas as empresas de consoles tem sua base de fãs já instalada, a Microsoft vem se preparando bem para a próxima geração, a Sony vai precisar fazer seu movimento, como em um jogo de xadrez.
            Todos querendo uma fatia maior do mercado, fora a palhaçada de enfiar console güela abaixo para os consumidores, igual aconteceu nesta geração, com o Ps4 Pro e o Xbox One X, dito isto espero que as duas façam um console definitivo, sem essa de geração intermediária, Paz boa Jogatina tmj.

          4. Então eu até sei, e iria monopolizar o mercado, até porque a Nintendo, há mto tempo tá fora da briga, mais que seria mto legal apenas um console mega Power com todos os jogos bons, à isso seria sim, e ia acabar com os fãboys kkkk, Paz e boa Jogatina tmj.

          5. Obrigado pelo feedback, eu nem sabia que a Amazon, tinha esse interesse. O futuro vai ser deverás interesse, paz boa Jogatina.

      1. Não dá pra colocar link aqui, bloqueia.

        Em games industry tem um texto chamado: “What’s going on with Playstation” de Christopher Dring. Quarta-feira 9/10. É um texto curto de opinião.

      2. https://www. gamesindustry. biz/articles/2019-10-09-whats-going-on-with-playstation-opinion

        Eu vejo a MS mais ativa pq é ELA quem deve mostrar poder de reação. Afinal, perdeu essa geração há tempos(os números comprovam). A Sony, aparentemente, está confortável com a situação. Mas o desconforto batendo a porta com Diretor saindo, demissões em massa, sem participação em eventos grandes… Afinal, se não tem o q mostra e ainda tá vendendo mais que o concorrente, pra que se arriscar? Deveria.
        Se eu fosse apostar, diria q ela virá nessa E3 e mostrará tudo o q tem de melhor sem deixar vc respirar. Como é de costume.
        A resposta com o PSNow já começou (baixa de preços) mesmo ela sendo líder nesse mercado de “jogos por assinatura”.

    4. Pra mim é muito claro, enquanto durante toda a geração a MS investiu em pesquisa e desenvolvimento do azure, a Sony preferiu focar seus esforços e recursos em jogos AAA.. e isso funcionou..pra essa geração.. na próxima a Microsoft já tem toda uma mega estrutura, uma plataforma madura e completa.. a Sony.. a mídia pra carregar o Console.. mas vamos ser honestos.. a coisa mais simples do mundo é fazer jogos AAA.. pega um Studio, dá dinheiro e deixa os caras trabalharem.. agora vai montar uma estrutura, uma plataforma pra streaming em nuvem, um eco sistema.. isso demora.. a MS já fez o trabalho duro.. enquanto a Sony ficou morcegando com seus AAA.. agora tá ela lá.. com a PsNow limitada a poucos países e mesmo nesses não totalmente satisfatoria ( já pude usar e sim, tem fila de espera sim).. demitindo funcionário, fazendo menos jogos.. resumindo, a Sony foi imediatista, a MS pensou gerações a frente..

      1. Não concordo integralmente.
        Sony tem a Gaikai, só resta expandir. Desde 2013 que possui a estrutura.
        Resta saber se está desenvolvendo internamente (como visto, ela não divulga essas coisas). Geral já sabe q jogatina em nuvem é o futuro e ela foi a primeira a fazer isso.
        Agora vem Stadia, XCloud, etc.
        A única diferença da Sony vs. esses demais serviços está na empresa mãe: A Sony não é focada em cloud/computação e softwares (Google e MS são), o “forte” dela é hardware.
        Só resta a Sony expandir o Gaikai/PSNow pros demais países. Já baixou os preços, está disponibilizando mais jogos, eticétera.
        Produzir jogo AAA, criar novas IPs, não é fácil. Se ela tem mais que a MS, mérito dela.
        Um fato é que esses jogos são os responsáveis pra definir a escolha de um console (de grande parte dos usuários).

        1. Desconheço esse Akami, se ela quer expandir, está fazendo isso a passos de tartaruga, e sim, existe uma diversa grande entre PsNow e Xcloud ou stadia, o primeiro depende de uma estrutura que basicamente não existe, os outros 2 já tem uma estrutura, só o fato do xcloud poder usar o Xbox como servidor pessoal já torna PsNow arcaico, o stadia vai estar dentro dos próximos 5/6 anos rodando em todo celular Android do planeta.. já o PsNow, depende da boa vontade da Sony, como falei, a Sony ficou pra trás com o streaming de jogos, começou bem com o PsNow mas não manteve o ritmo de expansão.. jogos exclusivos não determinam vendas de PS, se fosse assim GOW, HZD etc estariam batendo 70/80 milhões de vendas.. com muito esforço e promoções eles chegam a 10%.. PlayStation vende por puro MKT e ignorância da massa mesmo.. sobre o MKT, isso deve ser elogiado, a Sony sabe vender seu produto

          1. *Gaikai.
            Como falei, a tecnologia existe. E recentemente saiu a atualização via remote play pra andoid (que virtualmente tbm roda por dentro da Gaikai).
            Há uma diferença entre ir lentamente e estrategicamente. A Plus demorou a chegar aqui no BR, por exemplo.
            XCLoud e Stadia nem começaram a rodar… Pra ter um server dedicado pra atender todos os usuários leva tempo. Google que é maior q a Sony, lançará em menos países que o PNow tem no momento.
            A rede lógica instalada é totalmente diferente de uma transmissão de dados padrão. Só saberemos qndo lançarem, mas o fato é q as maiores já tem ou terão o serviço, mas a Sony foi pioneira.

        2. Cara, a Sony fechou parceria com a Microsoft pra usar o Azure e IA nos jogos. A Sony literalmente não tem nas mãos a “matéria prima” pra essa nova etapa da indústria.

          Se a Microsoft atual fosse como aquela sangue nos olhos de Bill Gates, não fecharia acordo com a Sony e deixaria eles se virarem, seria uma situação difícil pois a tecnologia muda, e nessa nova fase, eles não são protagonistas.

          Não estou querendo causar o apocalipse da Sony, mas só ilustrando o fim de um ciclo da indústria e uma nova etapa de distribuição de conteúdo.

          1. Exato. Isso reforça o que eu disse sobre a força em desenvolvimento lógico (Google e MS são titãs nisso). “Terceirizar” essa estrutura da MS não deixa de ser algo bom pra Sony.
            Ela esperava isso com o Gaikai, e a matéria exemplifica isso na questão da expansão global (servidor pra todos os users) que a MS ajudará. Não seria a única opção caso o Nadella tivesse recusado a parceria.
            No final, quem ofertar mais e melhores jogos no serviço, terá mais vantagens.

      2. Eu lembro quando lançaram God of War e até o editor chefe da IGN americana zuou o Xbox. Phil Spencer teve que se manifestar e disse pras pessoas terem paciência com o Xbox, que a Microsoft investiu em estrutura primeiro, e que fazer jogos levam tempo.

        Meses depois na E3, o Xbox anunciou 5 estúdios e no XO18 Mais dois. A infraestrutura pra próxima geração do Xbox já está pronta! Isso é algo muito importante que muita gente ignora.

  6. cara, vc é pilantra demais nessas news kkkkkkkkkkkkkkkk…
    a noticia das demissoes saiu em tudo que foi site, so quem mora no mato nao viu …

  7. Na minha opinião Windows club, Microsoft oferece emprego para funcionários não demitidos da Sony não, PS5 não é acusado de não esconder o caso não. Na minha opinião. Ok Windows club.

  8. Pêsames? Ser demitido é uma merda, mas não é uma morte!

    Cortes na PlayStation Europe, uma das subsidiárias de mais êxito da Sony, são um sinal de que existem problemas pra pagar as contas…

  9. Fico me perguntando se, de acordo com o título, o console criou vida e virou um daqueles Shadow assessor que fica escondendo esquemas… Pq o título da matéria claramente faz referência ao “PS5” como um ser animado e ciente

  10. IO Interactive anuncia parceria com Warner Bros. para 10 anos.
    Após isso, basicamente decreta e encerra o rumor que a Microsoft estava perto de adquiri-la.
    https://www.gamevicio.com/noticias/2019/10/warner-bros-interactive-e-io-interactive-anunciam-parceria/

          1. Tudo bem sim amigo.

            E não, não mudei meu nick, só parei de comentar mesmo, prefiro mais observar no momento.

        1. Ready At Dawn fez bons trabalhos com os God Of War e Daxter de PSP (PSP, aliás, possivelmente meu terceiro console preferido depois do Nintendo DS e Playstation 2… Perfeito pra J-RPGs, meu gênero preferido). Crytek sou muito fã de Warframe, jogo até hoje aliás. Mas nada de excepcional fora isso. Dontnod tem ótimas idéias! Se tiver uma gigante por trás financiando os jogos, pode sair coisa maravilhosa!! Asobo acertou em Plague Tale, mas errou em ReCore… Não cheguei a jogar outros deles, mas têm boas referências.
          Particularmente acho que a M$ deveria comprar estúdios asiáticos pra expandir o portifólio pra uma área que ainda é bem carente, a de J-RPGs e hack n slashes… Acho que seria uma ótima investir na Platinum ou Silicon Studio… Ou se é pra botar o pau na mesa, compra uma dev chinesa.

          1. A Platinum é financiada por eles, mas não pertence… Eles têm participação nos direitos das IPs, mas não na companhia em si. A From sim é uma subsidiária deles…

          2. Pensei que fosse totalmente subsidiária deles, menos mal.

            Mas ainda acho difícil a Microsoft comprar eles, o pessoal da Platinum é conhecido pelo egoísmo e egocentrismo, principalmente do seu CEO.

            Não consigo ver a Microsoft adquirindo nenhuma desses lados do Japão, no máximo a JP Games que foi fundada pelo Hajime Tabata (Diretor do Final Fantasy XV).

          3. A Microsoft precisava de uma coisa assim pra penetrar no Japão.
            Veja bem, lá eles são extremamente bairristas, não compram o que é de fora tirando Apple… Comprar uma empresa assim, ou uma grande e lançar o Xbox lá sem a alcunha Microsoft, mas como um “Insira o Nome da empresa japonesa” Xbox seria apelativo lá até pra venda do console naquelas partes. O difícil é conseguir isso, pois precisaria comprar uma empresa de capital aberto lá… E até hoje a única gigante de capital aberto que teve permissão do governo japonês pra ser comprada por uma estrangeira foi a Sharp que foi comprada pela Foxxcon pq se não fosse era falência no dia seguinte

          4. Acho que só há 2 empresas Japonesas na qual se a Microsoft comprasse valeria muito o investimento, Konami ou SEGA.

            Square Enix seria uma opção, mas essa é bem mais complicado devido aos estúdios Ocidentais da empresa.

          5. Mas ambas são empresas de capital aberto sem problemas financeiros graves, então duvido que o órgão regulador japonês aprovasse a compra….

          6. Pois é, esse que é um lançe chato, poderiam tentar ao menos adquirir as IP’s da Konami, ou assinar um contrato com ela de poder usar elas, a de Metal Gear, Castlevania, Silent Hill e Zone of the Enders.

            A Microsoft sempre gostou dos jogos da Konami, e sempre fazia questão de mostrar na E3 com muito destaque os jogos deles, valeria a pena, eu acho.

            Já de estúdios, quem sabe a Team Ninja?

          7. Poder, podiam, mas comprar IPs é algo mais difícil que parece… Primeiro por não ter um valor real definido por mercado pra isso, então fica difícil fazer cálculos. Depois pq a Konami lucra ainda com essas IP usando naquelas máquina de caça níquel (pachinko), que por algum motivo é algo ridiculamente lucrativo no Japão.

          8. Por isso citei, uma parceria podia ser até melhor, um contrato que disponibiliza a Microsoft de usar as IP’s da Konami e a FOX Engine.

          9. Isso sim seria ótimo!! Contrato de licenciamento pras IP!
            O problema é que os estúdios da Microsoft são todos ocidentais…. E as experiências de empresas ocidentais trabalhando em IPs japonesas não são muuuuuuito boas. Só ver Silent Hill mesmo… Desde o Origins é terceirizada pra empresas ocidentais, e de lá pra cá só veio bomba até o Downpour. Teriam que ter um estúdio próprio japonês pra fazer ou contratar funcionários japoneses pra um de seus estúdios pra fazer a coisa com a mentalidade japonesa. Ou abrir um estúdio próprio no Japão do 0 especialmente pra isso….

          10. Mas depende do estúdio né, os estúdios que a Konami escolheu pro Silent Hill eram tudo estúdio pequeno e meia-boca, daí a qualidade caiu;

            DmC apesar da história ser fraca, acertou em todo o reeto, a Ninja Theroy fez um jogo muito bom ali, tanto é que o Hideaki Itsuno disse que quer fazer DmC 2 com eles, mas ai dependerá da Microsoft.

            Pra ficar com MGS, seria uma excelente aposta colocar a The Initiative, e Castlevania a Ninja Theory, já Silent Hill teria de ser um estúdio Second-Party, como a Sony fez no Spider-Man, que nos jogos é uma IP da Marvel, e a Sony usou e colocou a Insomniac que na época não era deles pra fazer o jogo, dá certo isso!

          11. Eu não sei não, viu…. Eu acho DmC fraco em character desing que é totalmente ocidentalizado, história em que parece que o Dante é um membro de banda de Metalcore EMO, a dublagem é péssima…. Acho um jogo péssimo, só é bom no gameplay pq segue o estilo tradicional…. Mas perdeu a vibe japonesa.
            Castlevania é outra franquia que caiu na mão de ocidental e fodeu. Lords Of Shadow 2 é de um estúdio espanhol e saiu aquela caca… Eu não confio em estúdio ocidental mexendo em jogo japonês a não ser pra fazer remaster ou remake

          12. Casltevania Lords of Shadow 1 também é do mesmo estúdio espanhol que fez o 2;
            O estúdio é a MercurySteam.

          13. Casltevania Lords of Shadow 1 também é do mesmo estúdio espanhol que fez o 2;
            O estúdio é a MercurySteam.

          14. Mas ali no 1 tinha um cidadão envolvido que, bom, é ninguém menos que Hideo Kojima hahaha
            Parece bobeira, mas faz diferença um produtor

          15. A MercurySteam disse que o Hideo Kojima trabalhou apenas como consultor em Lords of Shadow 1, pois ele estava oculpado com MGSV GZ, TPP e Rising Revengeance.

          16. Executive Producer na real é um consultor mesmo… Só que com “poder” de falar “assim está bom, assim não”.
            Ele tbm teve o mesmo trabalho em Rising e funcionou muito bem

          17. Acho a Ready at Dawn à mais competente, é um estúdio que fica perto da Obsidian, tem pessoal da Naughty Dog, Blizzard, EA e Ubisoft, uma Engine belíssima que a RAD Engine, e sabem criar mundos lindos, é um investimento que vale muito a pena, é nesse pessoal.

      1. Já pra mim é um dos melhores da geração, só não é um jogo de correria ou ação constante, é mais um jogo de precisão, mas a variedade é enorme joguei fases 4 ou 5 vezes e ainda tinha coisa pra descobrir.

  11. Desde 2018 e 2019 temos visto a Sony com a divisão PS em decadência, ladeira abaixo. Cortes de verbas, cancelamentos de eventos, demissões em massa, fechamentos de outras divisões, denúncias de assédio e trabalhos excessivos, adiamentos de jogos, profissionais “abandonando o barco”, etc. Enquanto isso a Microsoft com o XB segue em contínuo crescimento, com altos investimentos, compras de vários estúdios, eventos melhores a cada ano, contratações em massa, etc. A mídia segue caladinha noticiando de forma “seca” todos esses acontecimentos. E pra abafar as últimas demissões em massa a Sony fez um anúncio ridículo sobre características já conhecidas do PS5; e adivinha? A mídia e os youtubers estão fazendo matérias e vídeos hypando e ignorando a “falência” da divisão PS. Repito, por muito menos eles “faliram” o XB. Imagina se fosse tudo o contrário? rsrsrs

    1. Vendas de consoles até o final de 2018:
      PS4 = 94mi
      XONE = 47mi

      Switão deve tá chegando perto do console da MS já tbm. Mas é o PS q ta mal das pernas msm

          1. Mas você esta se baseando em que? Pois me lembrei de um ”vazamento” da Xbox França que apontava mais de 36 milhões que foi comparado ao 360 que no mesmo período tinha vendido apenas 28 milhões.

            Ainda sem contar as vendas do One X que mesmo caro foi o console que vendeu mais rápido e em maior numero na pré-venda. E nem estou levando em consideração o aumento gradual de usuários LIVE que em numero já esta quase se igualando ao PSN.

          2. esse vazamento da xbox frança foi confirmado fake à época,e não,a live não chega nem perto do número de usuários ativos da psn,psn tinha 96 milhões em maio,hje em dia deve ter mais ainda

        1. Ela não divulga, ams a AMD divulga o numero de processadores de Xbox vendidos, e por ali da pra vc ter uma idéia né??? A AMD há poucos meses atrás divulgou que produziu cerca de 45 milhões de processadores para Xone em toda a vida dele,…deduz se foram vendidos quantos?? Naquela altura, entre 40 e 43 milhões….

      1. Nem chega perto da diferença que foi o PS2 pro X1. Se no maior caso de zombaria por geração o Xbox faz 50Mi, na próxima gen vcs estão ferrados.

        1. A questão não é qualidade Burigas. Qualidade entra o gosto pessoal (apesar de ter sim ligação com numero de vendas). Mas não faz sentido nenhum o q tu falou, da decadencia da divisao PS, sendo q os numeros só mostram o crescimento da mesma.

          Tu pode até discordar de opinioes, mas nao de fatos

          1. Isso.
            Como eu disse, a realidade, até dita em números, é que a divisão Playstation é a única com um surplus alto da sony junto com a Sony Music (e a Sony Pictures, um pouco menos, mas tbm lucrativa, por conta de Spider Man e seus derivados). Aí vão lá e pegam dinheiro disso pra injetar em divisão fracassada tipo a Xperia

          2. O meu comentário é uma forma de ironizar o que fizeram com o XB por anos. Ainda hoje sonystas fanboys soltam essas falácias.

          3. Vendas para nós jogadores não é importante, o que é importante é jogar metro, monter hunter , devil may cry e tantos outro por míseros 1 real, enquanto que na concorrente vc só jogar se pagar preço full..

          4. Não é importante pq vcs sabem q ta bem abaixo da concorrencia. Mas eu concordo em relação a GP. Acho o melhor serviço para jogos, inclusive usufruo do mesmo no PC tbm

          5. Mas é importante para quem desenvolve “metro, monter hunter , devil may cry”. Se não vender bem, não pagam as contas, então fecham ou inviabiliza uma continuação. Ou seja, você, que adorou esses jogos, não terá uma continuação e acabou que as vendas te impactou de alguma forma.

      2. Outra coisa; na hora de contabilizar vendas de mídias físicas apenas num pequeno território do mundo (ignorando as mídias digitais e o resto do mundo), lembre-se desses valores aí de base instalada para entender que o PS tem obrigação de vender muito mais mesmo, pelo menos o dobro de jogos em relação ao XB. Mas quando os dados são analisados de forma completa e proporcional à base instalada dos consoles, vemos na prática que quem consome mais jogos e serviços são caixistas e não sonystas.

    2. Isso é falácia… A divisão Playstation dá 2 a 3 bi de lucro anual pra Sony…. É a única divisão MUITO rentável ao lado da Sony Music
      O que rola é que insistem nessa divisão de TVs que dá menos de 500mi de lucro anual (pouco pra uma grande corporação) e a divisão de Smartphone que dá prejuízo… Aí ao invés de abandonarem essas divisões ou venderem, preferem tirar dinheiro de outras com superávit pra colocar lá e tentar manter defunto vivo por aparelhos sem possibilidade de recuperação

    3. Enquanto vocês não lançar um jogo Triple A de uma nova IP…um jogo realmente grande e não só forza, halo e gears ngm vai ver esse tal “crescimento do Xbox”…

      Eu olho pra frente e só vejo um monte “mini jogos” sendo lançado pela MS…

      1. microsoft lançou sea of thieves, só pra da um exemplo, ano passado. É AAA sim, confirmado pela rare, e aí matou o playstation? alavancou o xbox? claro que não, assim como nenhum exclusivo da sony, chega nem perto do sucesso de um jogo multiplataforma minimamente conhecido. Enquanto vcs ficarem se agarrando a joguinho, a sony só vai enrabando vcs (ea acess chegando atrasado, sem psnow no brasil, troca a id perde conteudo e assim vai) a sony é extremamente anti-consumidora por causa de vcs.

  12. São tantos comentários de videntes, analistas de mercado, políticos, acionistas que ainda não entendi porque a Microsoft não joga logo as cartas na mesa. O povo aqui sabe mais que a própria empresa.

  13. Jorge, você mandou seus pêsames pros 2100 funcionários da MS que foram demitidos há alguns anos também? Ah, avisa o Aaron que a vaga de vice-presidente do Xbox tá vaga também, quem sabe não entra alguém da Sony pra botar ordem nesse cabaré?

  14. Pqp vai la agora os fanboys que que passam gloss verde nas pregas anais! Euforicoa e saltitantes com a materia do boy george kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pqp! Que escremento

  15. Essa foi uma jogada que qualquer empresa no lugar dela poderia fazer. A Sony não pode se dar ao luxo de errar com o Ps5, já que ela nem de longe possui o poderio financeiro de uma Microsoft ou Apple para se segurar.

    1. Poxa Jairo eu sei que tu és caixistas porém frequentar esse site é um desrespeito a tua intelectualidade; sempre te admirei com os seus comentários verdadeiros e sensatos e fogem longe da premissa desse site!

  16. Por quê, a Microsoft não compra a divisão Playstation da Sony e unifica as plataformas, ela tem a melhor rede e os melhores serviços, seria o ideal na minha opinião, pronto falei, Paz e boa Jogatina à Todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *