Carregando...

Microsoft oferece emprego para funcionários demitidos da Sony; PS5 é acusado de esconder o caso

PlayStation 5. Conceito baseado em patentes da Sony.

Informações que a Sony irá realizar demissões em massa vieram junto com os mais recentes dados oficiais revelados sobre o Playstation 5. Os funcionários demitidos teriam sofrido isso por conta de uma reorganização que centraliza os diferentes ramos. Aaron Greenberg, do Xbox, incentivou os desempregos se candidatem a vagas em Seattle.

De acordo com um relatório da Video Games Chronicle, a Sony demitiu “dezenas” de funcionários da Sony Interactive Entertainment Europe (SIEE). Essas demissões foram anunciadas internamente ao mesmo tempo em que novas informações sobre o PlayStation 5 foram reveladas pelo PlayStation Blog e uma entrevista com a Wired.

Vários funcionários afetados disseram à Video Games Chronicle que esse movimento faz parte de uma tentativa de unificar os diferentes ramos da SIE. No passado, diferentes filiais tinham equipes de marketing completamente diferentes. Pelo menos um funcionário afetado pelas demissões foi declarado no Twitter sobre o momento dessas demissões, afirmando em um tweet agora excluído que “Eu odeio que isso seja abafado pelo anúncio do #PS5“.

Isso acontece no momento em que a Sony está mudando bastante, com grandes acréscimos e um corte de preço chegando ao PlayStation Now. Além disso, Shawn Layden, ex-presidente da Sony Worldwide Studios, deixou a Sony pela conta oficial do PlayStation no Twitter. Não houve mais nenhuma declaração de Layden, embora ele permaneça ativo goste de comentar nos tweets no Twitter.

Gostaríamos de estender nossos pêsames a todos os funcionários do Sony por essas demissões e esperamos que vocês encontrem novos empregos em breve, afinal são pais e mães de família que tem que sustentar seus lares. Aaron Greenberg, do Xbox, comentou no Twitter e avisou que o Xbox estava contratando vários cargos na área de Seattle. Se você é um dos membros da equipe afetados e não se importa de se mudar, não se esqueça de se inscrever, pois há algumas vagas disponíveis.

O que vocês acham?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.