Carregando...

Minecraft: vendas já atingem os 200 milhões e se mostra uma compra inteligente da Microsoft

As vendas do Minecraft superaram oficialmente 200 milhões, com 126 milhões de pessoas jogando o jogo mensalmente. A Microsoft está detalhando os últimos números de vendas, assim como o Mojang Studios comemora 11 anos desde que o primeiro Minecraft alfa foi lançado originalmente.

A Microsoft também viu um grande aumento no uso do Minecraft durante a pandemia. O Minecraft viu um aumento de 25% em novos jogadores no mês passado e um aumento de 40% nas sessões multiplayer. As vendas do Minecraft já haviam superado os 100 milhões em 2016, e o jogo não mostrou sinais de desaceleração. Um aumento no interesse dos YouTubers e o jogo induzido pela nostalgia fizeram o Minecraft permanecer rei das visualização do YouTube no ano passado. Nenhum jogo é mais assistido do que ele por lá.

A Microsoft adquiriu a desenvolvedora de Minecraft, Mojang, há quase seis anos por US $ 2,5 bilhões e, na época, havia vendido mais de 50 milhões de cópias em PC, Xbox 360, PS3 e outras plataformas. Foi uma compra inteligente da Microsoft, e o incrível crescimento e impulso das vendas desde então mantêm os jogadores voltando ao jogo há anos. Muitos achavam que a empresa tinha comprado o jogo no ápice, e que a Microsoft teria prejuízo, e é óbvio que podemos dizer que foi uma bela compra já que o Minecraft fez ainda mais sucesso após ficar nas mãos da Microsoft.

O Minecraft começou a vida como um projeto de quarto, distribuído inicialmente como um applet Java em um fórum da web. O jogo rapidamente capturou a imaginação de milhares de jogadores que adoravam o conceito do jogo indie de permitir que os jogadores moldassem um ambiente criando e construindo construções a partir de blocos. Ele gerou uma comunidade gigante que cria objetos de réplica e dicas do YouTube sobre como jogar Minecraft, que são compartilhados regularmente com milhões de espectadores.

 

VIA

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.