Carregando...

“Nenhum novo estúdio da Xbox Game Studios tem o nível da Sony”, diz dev do Uncharted

“Nenhum novo estúdio da Xbox Game Studios tem o nível da Sony”, diz o desenvolvedor de Uncharted e The Last of Us, Jonathan Cooper, que também trabalhou em sagas como Mass Effect ou Assassin’s Creed, e tem sido tão franco e ousado. Como ele comentou em seu perfil oficial no Twitter, nenhum novo estúdio que a Microsoft comprou recentemente tem o nível da Sony.

O desenvolvedor não quis especificar quais são os estúdios, embora as últimas aquisições apontem diretamente para o Double Fine Studios, a Obsidian Entertainment, inXile Entertainment, Ninja Theory, Playground Games e mais. Não satisfeito em julgar a qualidade dos estúdios do Xbox Game Studios, ele também questionou as políticas de lançamento do Xbox One.

“Agora que estamos nos aproximando da próxima geração de consoles, espero realmente que a Microsoft tenha limpado o departamento de publicidade, depois de ter estragado tudo por toda uma geração. Eu era um grande fã do Xbox 360, mas não me lembro de outra queda tão desgraçada e dramática e semelhante em termos de conteúdo.

Para esclarecer: não estou falando do lançamento desastroso, que foi rapidamente resolvido. Mas nas constantes falhas do departamento de publicidade, que não lançaram projetos first party ou de terceiros de qualidade. Espero estar mudando com Hellblade II.

Ou seja, tantos os jogos da Microsoft quanto os de terceiros roam ditos não ter qualidade por ele durante a geração do Xbox One. Parece que o trailer de Hellblade II na TGA junto ao anúncio do Xbox Series X fez o funcionário da Sony se manifestarem. Porém não acabou aí, ele continua:

Nenhum dos estúdios comprados pela Microsoft tem o nível da Sony. E eles atingirão seu nível apenas com suporte e conteúdo de longo prazo, além de suporte financeiro. Prefiro esse novo caminho a criar novos estúdios, a partir do zero, sem uma cultura de compartilhamento.”

Com a exceção da The Initiative, que é um estúdio criado do zero, todos os estúdios adquiridos pela Microsoft têm vários anos de experiência, como é caso da Ninja Theory, Playground Games, Undead Labs Obsidian e Inxile.

Realmente, o Xbox One caiu após seus tempos mais gloriosos do Xbox 360, mas pode não ter sido uma queda tão brusca quando tivemos a quebra do monopólio do PS2, e a Sony teve que aprender a dividir a geração do PS3, inclusive perdeu na maior parte dessa geração para o Xbox 360.

Quanto aos estúdios novos da Microsoft temos bons exemplos como Double Fine Studios, Obsidian Entertainment ou inXile Entertaiment que não podemos deixar de mencionar títulos como Star Wars: Cavaleiros da República Velha, Fallout New Vegas, Broken Age, Brütal Legend ou Torment: Tides of Numemera. Talvez também Pillars of Eternity, The Outer Worlds ou o próximo Wasteland 3 ou Psychonauts 2. Não se esqueça que o Xbox Game Studios lançará cerca de 12 jogos (no momento) para 2020.  A título de comparação, neste ano o principal jogo dos estúdios da Sony foi Days Gone.

O que vocês acham? 

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.