Netflix lança primeiro teaser da série animada do Cuphead

O Cuphead Show – uma série da Netflix baseada no jogo Xbox One de mesmo nome – foi anunciado em julho do ano passado, e agora a Netflix nos fornece o primeiro teaser do programa. A série animada está sendo criada em colaboração do estúdio Studio MDHR.

Se a primeira imagem foi exibida há um tempo, agora é a própria Netflix que compartilhou um vídeo oficial. Este não é um trailer da série animada, mas um tipo de peça nos bastidores, na qual animadores e funcionários de ficção introduzem alguns dos conceitos e oferecem algumas informações contextuais sobre o The Cuphead Show!, que você pode ver no tweet abaixo dessas linhas.

Como um filme de animação da década de 1930, de acordo com o estilo de Cuphead, o teaser mostra os artistas que cumprimentam a câmera. No fundo, uma narração que lembra exatamente aqueles desenhos antigos. Tru Valentino e Frank Todaro também aparecem, como Cuphead e Mugman, respectivamente.

Quando estréia? “Em breve”; de acordo com a Netflix

O Cuphead Show não tem data de lançamento anunciada, mas o mesmo jogo parece estar chegando à Netflix em breve. Além disso, a série já possui uma página na plataforma e uma breve descrição, com a seguinte redação : “Nesta série animada, baseada em um famoso jogo, os irmãos Cuphead e Mugman, um impulsivo e outro prudente e influente, superam muitas adversidades.”

É uma comédia desenvolvida pelo King Features Syndicate, que promete se aprofundar no universo do jogo. A trama girará em torno dos irmãos Cuphead e Mugman, que depois de assinar um acordo com o diabo, não terão escolha a não ser enfrentar vários inimigos que terão à sua frente. CJ Kettler (Carmen Sandiego), da King Features, atua como produtor executivo. Nesse mesmo papel estão os criadores do jogo, Chad e Jared Moldehauer.

37 comments on “Netflix lança primeiro teaser da série animada do Cuphead

  1. Caixista frustrado esperando a série de Halo e a mamaesoft vem com mais cartoon kkkkkk Microsoft é uma vendedora de sonhos mesmo, só tapeando seu consumidor.. enquanto vamos ter série na HBO de TLOU caixista vai ter adaptação porca de joguinho cartoon na Netflix..

  2. Um dos melhores jogos da geração! E tem tudo pra ser um dos melhores cartoons originais da Netflix!

    Quando o jogo saiu teve uma galera “progressista” que criticou ele e tentou sabotar o jogo dizendo que nos anos 30 os cartoons eram racistas. Dá pra acreditar? Espero que esse povo vá assistir os cartoons que arruinou (She-Ha e Thundercats), esqueça Cuphead e não venha encher o saco de novo…

      1. Você falou capinha azul, me fez lembrar que Thundercats Roar (a versão progressista recém-lançada) teve a mesma reação de TLOU, com críticos sendo bem positivos e os fãs irados fazendo reviews negativas. Capaz de alguns fanáticos acharem negativar ele foi coisa de caixista também kkk

        O ruim é que esses são dois exemplos, mas acho que ainda vai rolar mais dessas por aí…

      1. Off: não é irrelevante pq sucesso comercial é o que traz sequências e novos produtos de uma franquia.
        E sim, sou usuário de PS3… De PS Vita tbm… De PS4 Pro tbm.

        1. Off: Como eu disse, não é uma informação que vai trazer dinheiro para o meu bolso, e nem para o seu. A sony é uma empresa de capital aberto, com ações na bolsa de valores. Para está informação ser relevante para você, compre uma fração das ações da sony, e começa a acompanhar o resultado financeiro da empresa. No dia que você fizer isso, aparece aqui idolatrando as vendas, que não falarei mais nada.

          1. Bom, então vc realmente não entendeu o que eu disse…
            Com resultado comercial bom do produto, as chances de se ter mais material da franquia aumentam exponencialmente, e isso é um FATO.

          2. Eu entendi o que você disse, mas você não entendeu o que eu disse.
            Você está focando nas vendas de um jogo, e eu estou focando no resultado da empresa como um todo. Se as outras divisões da sony forem ruins, não terá uma continuação tão cedo, o lucro destas vendas irão cobrir o prejuizo das outras divisões.

          3. Trabalho em empresa de capital aberto, e não funciona assim… As receitas são geralmente divididas entre as divisões individualmente de acordo com seus próprios resultados, e dentro dessas divisões, divididas entre suas linhas de produtos e subsidiárias. Só quando realmente uma divisão vai muito mal, mas não a ponto de fechar tal divisão, que se tem uma realocação de recursos assim.

          4. “Realocação de recursos” Foi o que eu disse: “o lucro destas vendas irão cobrir o prejuizo das outras divisões”. Isso é uma visão macro, o que acontece nos detalhes só que está lá dentro sabe, não sabemos o resultado financeiro de 2019, com as vendas de days gone e death stranger. Eu prefiro pegar o Balanço Patrimonial e a Demonstração de resultado e analisar a empresa como um todo.

          5. Ambos death stranding e days gone foram considerados sucessos comerciais. (Palavras dos próprios produtores)
            E a probabilidade maior é que se outras divisões tiveram prejuízos GRANDES a ponto de se tornar insustentável o negócio, elas fechem. Não faz sentido realocar recursos de uma que dá lucro pra uma que se tornou insustentável… E mesmo que haja realocação, não será a ponto de impedir uma sequência de novos produtos de um que foi lucrativo… Não faria o menor sentido, pois a probabilidade de lucro com essa franquia é grande. Mais fácil tirarem de franquias e produtos menores e menos lucrativos, como jogos da Japan Studios (Gravity Rush, por exemplo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *