Carregando...

Ninja Theory revela que o Xbox Series X terá chip específico para áudio

O Xbox Series X terá seu próprio chip de áudio dedicado, que melhorará a qualidade do som em jogos de última geração, de acordo com engenheiros da Ninja Theory. O áudio acelerado por hardware parece ser um recurso de destaque, liberando recursos para de som anteriormente restritos e também permite vários recursos significativos, como Ray Tracing de áudio.

A equipe de áudio do estúdio da Ninja Theory disse ao VGC que estava ‘extremamente empolgada’ por finalmente ter o poder do hardware dedicado à sua essa parte tão importante da experiência. O chip de áudio dedicado do Series X significa que eles não precisam mais sacrificar o som para facilitar outras partes de seus projetos, disseram eles.

“É extremamente emocionante”, disse o designer de som sênior Daniele Galante sobre o novo console. “Vamos ter um chip dedicado para trabalhar com áudio, o que significa que finalmente não precisaremos lutar com programadores e artistas por memória e potência da CPU”.

O líder de áudio do estúdio, David Garcia, acrescentou: “Damos por certo que os gráficos são alimentados por suas próprias placas de vídeo. Mas em áudio, não tivemos nada parecido. Agora temos algum poder dedicado a nós.

A Microsoft havia sugerido anteriormente que o novo console poderia ter alguma forma de aceleração de hardware de áudio, por meio de uma descrição de conversa que estava planejada para acontecer na GDC no final deste mês.

A Sony já anunciou que o PlayStation 5 suportará áudio 3D, mas ainda é cedo para sabermos se estará a nível do Xbox. O áudio 3D utiliza gravação binaural para simular sons ‘viajando’ de um ouvido para o outro, criando a ilusão de som 3D realista. Fundamentalmente, o áudio 3D só funciona efetivamente com headsets, por isso é mais adequado para jogos em VR.

Um engenheiro da Microsoft também sugeriu recentemente que o Xbox Series X seria capaz de suportar uma forma de Ray Tracing de áudio. O recurso permite que o áudio reaja ao mundo do jogo em tempo real, alterando os efeitos de reverberação de sala em sala, dependendo do número de objetos ou de portas ou janelas fechadas.

Mas, acima de tudo, a Ninja Theory disse que as inovações em áudio do console de última geração significarão que os engenheiros poderão se preocupar menos em limitar a quantidade de sons ou vozes usados ​​em seus jogos. Sabemos que, para Hellblade a notícia é ainda mais animadoras já que Senua é esquizofrênica e as várias vozes são cruciais para a experiência.

“Gosto muito de como a Microsoft está nos dando mais ferramentas para melhorar o som e ser mais criativo”, disse ele. “Como no final das contas não se trata de ‘queremos mais memória porque somos mais legais’, queremos apenas poder fazer nosso trabalho sem pensar em limitações.

“Fazer jogos sempre faz você pensar em limitações técnicas”, acrescentou. “Eventualmente, essas limitações se tornam cada vez menores à medida que você evolui com novos consoles, mas, ao mesmo tempo, é sempre uma coisa constante: este é o número máximo de vozes que podemos ter, porque, caso contrário, o jogo ficará lento.”

Phil Spencer, chefe do Xbox, confirmou vários recursos do Xbox Series X e novos detalhes recentemente, incluindo 12 teraflops de desempenho da GPU e um esquema de compra cruzada que permitirá que os jogadores comprem um jogo uma vez e joguem em várias gerações do Xbox.

O Xbox Series X está programado para ser lançado durante o Natal de 2020.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.