Carregando...

O ex-diretor da Lionhead fala sobre Fable 4 e o cancelamento de Fable Legends

Imagem conceito do próximo jogo da saga Fable.

Em meio aos vários boatos sobre Fable IV, temos aqui alguns comentários polêmicos de Stuart Whyte, que foi o último diretor da extinta Lionhead a lidar com um barco difícil de comandar. Whyte foi “o último sobrevivente” dos pesos pesados ​​da Lionhead após a saída de Peter Molyneux e Gary Car. Se nos lembrarmos, a Microsoft fechou o estúdio e cancelou Fable Legends. As razões nunca chegaram a transcender, há muito da história que não foi contada.

E agora, após a ascensão do previsível Fable 4, que agora é diretor de desenvolvimento e produtos VR na Playstation London, quebrou parte de seu silêncio. Abaixo, confira suas declarações recentes no Twitter:

Eu vejo que Fable 4 está tendo o seu momento. Eu adoraria ter visto o que o talentoso time da Lionhead Studios teria feito se eles tivessem tido a oportunidade, em vez de serem empurrados a trabalharem em direção a um “jogo como serviço” e Free to play.

No entanto, Whyte deseja o melhor para os novos estúdios da Microsoft. Mas deixa palavras agridoces, de respeito, mas de dúvidas ao mesmo tempo.

Dito isto, a Playground Games é um estúdio impressionante e a Microsoft tem conseguindo com sucesso mover um IP já estabelecido para outros estúdios, e toda via tem feito um grande trabalho (por exemplo, The Coalition e Gears of War).

Embora eu ache que Gears é a exceção … alguns dos outros IPs que mudaram de desenvolvedores definitivamente perderam sua mágica original!

A E3 2019 está ao virar da esquina, e parece que essas palavras confirmam Fable IV e ao mesmo tempo nos deixam com alguma tristeza pelo que poderia ter sido o que nunca foi. Mas como nossos avôs dizem: “Você tem que olhar para o futuro e não ficar ao passado”.

O que vocês acharam?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.