Os melhores processadores do Android chegaram aos PCs, “Windows 10 ARM” nasceu hoje

arm-love

No evento hoje no Havaí, a Qualcomm e a Microsoft revelaram que a popular linha de processadores Snapdragon – que roda em todos os smartphones Android de maior destaque – chegaram aos PCs. Esta é uma grande notícia para quem usa um PC: a duração da bateria está prestes a ser incrível.

O melhor dos smartphones chegaram aos PCs“, afirmou a Qualcomm durante o evento. A arquitetura dos processadores Snapdragon da Qualcomm é fundamentalmente muito mais eficiente do que as arquiteturas dos processadores x86 e x64 que tradicionalmente eram as únicas disponíveis no Windows. Estamos falando 20 horas de duração da bateria, em vez de 8; dispositivos que “acordam” do standby tão rápido quanto um iPad, em vez de levar 20 segundos para retomarem; e sempre conectados – na conectividade LTE (4G) que não drena a vida útil da bateria.

Parece mágica.

[youtube]Nyxl3_cVBro[/youtube]

A Asus teve a honra de ser a primeira, com Asus NovaGo. É um tablet que converte em um laptop, mas este possui algumas especificações impressionantes: 22 horas de vida útil da bateria e velocidades de download Gigabit LTE (o primeiro dispositivo com Windows a realizar essa proeza).

O Qualcomm SoC é o Snapdragon 835, o mesmo processador que é vem em dispositivo como o Pixel 2 e LG V30. Ele vem com até 256GB de armazenamento e 8GB de RAM.

Os dispositivos Windows equipados com Qualcomm podem executar versões “otimizadas” dos aplicativos regulares da loja do Windows, mas também os programas e jogos tradicionais do legado do Windows – que não estão na loja.

O Asus NovaGo terá preço inicial de US$ 599 para a versão com 4 GB de RAM/64 GB de armazenamento, ou US $ 799 para a versão completa de 8GB/256GB. Inclui uma tela HD de 13,3 polegadas. Curiosamente, isso significa que o preço vai estar muito perto de smartphones que possuem as mesmas especificações.  Não foi mencionada uma data de lançamento, mas o fato de termos obtido um preço e uma lista completa de especificações significa que devemos esperar uma data de lançamento mais cedo do que mais tarde.

[youtube]Z2qQ3e0YsWg[/youtube]

A HP também anunciou um novo dispositivo usando Snapdragon, este é um tablet com um teclado destacável como o Microsoft Surface e chegará no primeiro semestre de 2018. A Qualcomm também promete que o da Lenovo será lançado na CES em janeiro.

Se a vida e a performance da bateria estiverem à altura do que foi dito pela Microsoft e Qualcomm, então poderá ser um ano emocionante para os notebooks do Windows. A Microsoft também possui boatos de estar criando o seu próprio dispositivo especial dobrável com processador ARM e, se a empresa continuar com isso, veremos ele no próximo ano. Por enquanto, daremos uma olhada nos novos PCs portáteis do Windows baseados em ARM.

O que vocês acharam?

69 comments on “Os melhores processadores do Android chegaram aos PCs, “Windows 10 ARM” nasceu hoje

          1. Veja lá como ele deu uma curva e deturpada total no que sempre se falou. Os chamados techmanjas (nós) sempre afirmaram que o sistema mobile da Microsoft estava morto, morro pro mercado, que ninguém mais se importa, inclusive a Microsoft, a questão sempre foi essa, agora ele inventa coisas que nunca foram afirmadas, eu nunca disse que o Windows 10 iria morrer, mas ele insiste que afirmavamos isso. Um bufão.

          2. Exato.

            Só um louco, alguém completamente fora da realidade afirmaria que o Windows 10 seria um fracasso ou que não vingaria.

            É simplesmente o SO de produtividade mais usado no mundo, desde sempre, e será por muito tempo ainda.

            Oque sempre afirmamos foi quanto a questão do Windows Mobile, que sempre foi o fraco da Microsoft e não há nada além de rumores apontando para outro destino.

            O cara além de mentiroso é desonesto.

          3. Daqui a pouco só fica chupa rola do Nadella naquele blog. Cara, até o Márcio esse animou já esculachou, cara, o Márcio Vianna…

          4. O cara não respeita nem os leitores mais antigos do blog.
            Acompanho lá há anos e sei que o Fábio acessa praticamente todos os dias e sempre postou comentários sensatos e que agregam valor à discussão, mas agora o sujeito comprou um Android e virou alvo do Buss.

            Se o Alexandre não se espertar logo o cara toma o blog dele, se é que já não o fez.

          5. Ele deve acreditar que o André tem contatos importantes dentro da Microsoft, por isso não expulsa ele de lá. Tava lembrando agora, se uma vez que o gardenal tava falando de Windows completo rodando em smartphones, daí o bufão com toda a arrogância dele disse que isso era insano, que nunca aconteceria. Agora leia os comentários, ele tá mudando, dizendo que vem aí uma plataforma nova, 64 bits em smartphones. Ele sobra fazendo leitura fria, coisa que esses adivinhos de esquina fazem. Eu sinceramente não duvido que a Microsoft tente levar o Windows completo pra smartphones, não sei como ela faria, mas isso não quer dizer que seria um sucesso. Só aguardando pelos próximos anos as seguintes notícias:
            Microsoft volta aos smartphones
            Microsoft tentar levar desenvolvedores pra Microsoft store
            Microsoft não consegue convencer o público a adotar seu novo smartphone
            Microsoft resolve matar plataforma e apostar em novo sistema.
            Como diz o bufão lá, pode dar print

          6. Puxa-sacos podem ser dar bem na vida e mesmo assim continuam sendo burros. E vc vem me chamar de arrogante em defesa daquele sujeito, que fica escrotizando arrogantemente os leitores que sustentam aquele site? Rapaz, tenha bom senso.

  1. “dispositivos que “acordam” do standby tão rápido quanto um iPad, em vez de levar 20 segundos para retomarem”

    Quando eu critiquei isso no meu Acer Surface Clone fui chamado de hater.

    1. tenho um ipad desde 2012 e acho que devo ter desligado ele umas 5 vezes em 5 anos

      por isso que ipad vende pra caralho e “surfaces” não

  2. Em resumo: ultrabooks mais finos.

    Vou esperar um tempo até abaixar o preço e ver se realmente é algo utilizável. Pra Windows 10 achei 4gb bem pouco, tomara que tenham otimizado alguma outra coisa.

      1. A vantagem dos smartphones não é exatamente a autonomia de bateria ou o preço, mas estar ao alcance das mãos, no bolso de qualquer um, a qualquer hora, em qualquer lugar.

      2. que vantagens? a principal vantagem de um smartphone é fazer ligações e rodar aplicativos cabendo no bolso

        isso aí não faz ligações tampouco cabe num bolso

    1. Tablet e afins são apenas uma das categorias que vão se beneficiar dessa parceria. Ademais, pagar menos, ter mais tempo de bateria e ter modem LTE integrado é mais uma opção para o consumidor. Além de fazer a Intel se mexer nesse segmento (Ryzen e Epyc feelings).

  3. Então o mítico mobile PC não era um smartphone com windows full rodando software de gente grande, mas sim um notebook com rede LTE? Mais uma desilusão pra conta.

      1. Cara, faz tempo que rola essas conferências e sempre lei isso: “mas hoje é só o primeiro dia.” Acha mesmo que um windows full rodando em smartphones seria algo pra não estar no primeiro dia?

          1. Nem num complexo. Cara, quando tiver “pronto”, vão inventar outra mudança, outro reset, e adiar de novo. Vimos isso no windows 8 RT, windows 8.1, windows 10, aniversary edition, fall creators update, andromeda… é sempre um festival de “estão reescrevendo o core do kernel para unificar a plataforma, binário universal, blah blah blah”; Esse papo está aí faz anos, não cansa disso não? Isso é balela. Quem quer fazer, faz sem ficar só prometendo e sem precisar jogar fora toda uma plataforma porque não gosta de ficar em terceiro lugar momentaneamente. Pra consumidor é até menos chato esperar, mas devs não vão investir meses ou anos de aprendizado nisso mais porque não há nenhuma segurança nas ações da microsoft. Eles se queimaram.

  4. Aguardando os dispositivos compactos que serão lançados pela Lenovo. E já imagino o convite à imprensa, feita pela Microsoft para anúncio de seu novíssimo Surface *_*

  5. Gente, que aue por um notebook que tem bateria que dura mais. Primeiro que ele tem capacidade de processamento menor que de notebooks na mesma faixa de preço, ele não roda um novo sistema operacional, é apenas o Windows rodando em outra arquitetura. Meu deus, que fase.

          1. Revolução no Windows concordamos. Para mim é a maior mudança no Windows desde o 95.

            Agora para o mercado é sim somente uma evolução natural.

  6. Mas alguém tinha dúvidas que o ARM 64 ia rodar nesses Qualcomm? Só os #TechManja aguardem agora as desculpas tipo. Era o Windows 10 Mobile que eu disse que morreu… Vai vendo…

  7. Como diz o ditado, não há almoços grátis, o que se ganha em duração da bateria, vai-se perder em performance, no fundo vamos ter um tablet com teclas e windows.

    1. Está correto, em parte, acho que atenderá um nicho que precisa estar conectado o tempo todo, mas tem também o preço elevado que não é nada convidativo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *