Carregando...
0 1

Panos Panay, da Microsoft, diz que a empresa não está planejando lançar um Surface Phone, mas isso não significa cancelamento

Panos Panay, da Microsoft, diz que a empresa não está planejando lançar um Surface Phone, mas isso não significa cancelamento

Tem havido muitos rumores e especulações sobre um Surface Phone dobrável da Microsoft, mas salvo pelo e-mail interno que vazou, a gigante do software não forneceu grande detalhes sobre o dispositivo. No entanto, hoje (16), Panos Panay, chefe da empresa do grupo Surface Devices, mencionou o Surface Phone pela primeira vez.

Panos Panay afirma que o próximo Surface mudará a maneira como as pessoas se comunicam – impondo que o Surface Phone não esteja morto depois de tudo.

Panos Panay falou sobre o dispositivo Surface durante um podcast. Infelizmente, temos medo de que os fãs da Microsoft não fiquem satisfeitos com o que ele disse, o que significa que a petição que foi assinada anteriormente pode ter sido um desperdício. Ao falar sobre a direção em que a Microsoft está indo, Panos disse que os planos futuros não incluem um Surface Phone.

Ele também afirmou que qualquer nova categoria de produto com uma nova forma que está sendo criada pela Microsoft não incluiria um Surface Phone. Panay foi inicialmente esquivando-se de perguntas sobre o Surface Phone e, em vez disso, falou sobre os novos dispositivos com novos formatos que se adaptam de acordo com os usuários e a capacidade de alternar de uma caneta para o teclado.

O executivo afirmou ainda que o futuro dispositivo Surface será uma máquina de computação centrada na comunicação, mas não do tipo que vemos agora. Ele disse que isso vai melhorar a maneira como as pessoas se comunicam, o que está de acordo com os rumores anteriores de que o terá recursos de celular, mas não será um telefone em si.

Havia rumores no passado de que o dispositivo Andromeda da Microsoft teria recursos telefônicos, mas seria diferente dos telefones tradicionais. No entanto, isso significaria que o dispositivo não substituirá os smartphones atuais e, portanto, o mercado pode ser mais limitado.

O que vocês acham?

 

VIA

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.