Carregando...

Phil Spencer acredita que foi um erro a Sony não ir para a E3

A Sony não estava presente na E3 2019. A empresa japonesa ressaltou que não era hora de ir à feira de videogames mais importante do mundo, e que eles procurariam novos métodos e fórmulas para trazer seus jogos e consoles para novos públicos. Segundo Phil Spencer, ele acredita que a ausência de seu grande rival no mundo do entretenimento prejudica a E3 como um todo. Na verdade, ele espera que tanto a Sony quanto a Activision, a outra grande ausente, retornem.

O chefe do Xbox tem sido muito sincero e honesto em suas declarações ao Giant Bomb, que produziu uma série de streamings entrevistando as principais figuras do setor. Spencer, que ressalta a importância da E3 como formato e contêiner das novidades do mundo dos videogames, acredita que o perfil e a feira foram prejudicados sem a presença de empresas como Sony e Activision, que lembramos não ter mostrado nada de seu novo Call of Duty.

“Acho que a E3 não é tão boa quanto uma feira se a Sony não estiver aqui”

Eu adoraria que a Sony estivesse aqui“, explicou ele . “Eu acho que a E3 não é tão boa em quanto uma feira se eles não estão aqui”, ressaltou em relação à decisão dos donos de PlayStation e  fãs Call of Duty serem excluídos do evento. Spencer acha que é um erro tais empresas se ausentarem, porque elas ainda são importantes e relevantes para o público, desenvolvedores e fãs. “É uma época do ano em que todos estão assistindo à indústria de videogames, o que é muito importante quando estão nos submetendo ao escrutínio público ao longo do ano”, diz ele.

Você concorda com as declarações do chefe máximo do Xbox?

 

VIA

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.