Carregando...

Phil Spencer diz que Xbox Scarlett vai priorizar as sensações dos jogadores e os gráficos

Phil Spencer, líder da divisão do Xbox.

A chegada do Xbox Scarlett permanece um mistério em quase todos os aspectos fundamentais. Mas das editoras e da Microsoft você pode ver que há uma grande paixão e entusiasmo pelo que está por vir. As vantagens oferecidas pelo novo hardware são claras, mas com a falta de informações que detalhem as especificações do Xbox Scarlett, temos aquelas declarações que buscam exaltar o que sabemos. Por este e outros aspectos, o chefe do Xbox, Phil Spencer, diz que o Xbox Scarlett irá priorizar as sensações do jogador, ou seja, vai além dos gráficos.

Uma das nuances que os usuários esperam ver nessa próxima geração é um notável aumento na parte técnica. Em uma entrevista com Weekly Famitsu (traduzido por Twinfinite), Phil Spencer mencionou que a nova geração do Xbox irá impulsionar os gráficos. No entanto, ele diz que o Xbox Scarlett irá priorizar os sentimentos do jogador para os gráficos.

E o que você quer dizer com “sensações”? Traduzimos o termo ‘sensações’ usado pelo gerente da Microsoft de maneira um tanto ambígua, mesmo que esteja correto. O objetivo que eles definiram é criar uma melhor latência e taxa de quadros em todos os jogos, sendo um dos aspectos mais frágeis da geração atual. Não é apenas uma questão de fazer o jogo parecer melhor, mas de jogar melhor.

Para Spencer, essa sensação de jogo é tão importante quanto os gráficos. É claro que o novo console da Microsoft quer atravessar barreiras e remover gradualmente as paredes que separam os PCs dos consoles, inclusive com a remoção das telas de carregamento com a inclusão de um SSD. Veremos como o Xbox Scarlett avança, o que é, sem dúvida, um trabalho ambicioso da equipe de coaching da empresa Redmond.

E você acha que fluidez e desempenho são tão importantes quanto os gráficos?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.