Phil Spencer revela que há um plano de negócio para os desenvolvedores virem ao Xbox Game Pass

2020 foi um ano muito estranho para a indústria de videogames – e para todos nós. A partir deste ano, sabíamos que os consoles de próxima geração seriam lançados. Obviamente, não esperávamos que ocorresse um surto de pandemia global de saúde que empurrasse as pessoas para fora de seus escritórios e para dentro de suas casas. No entanto, a nova geração chegou e o Xbox aumentou as vendas com números recordes. Agora Phil Spencer revela que há um plano de negócio para os desenvolvedores virem para o Game Pass.

Com uma forte aposta no seu hardware de última geração, que começa a mostrar as suas capacidades face à concorrência, a Microsoft está a fazer alguns planos interessantes para o seu futuro, que todos já conhecemos. Em vez de focar exclusivamente no hardware mais recente, a Microsoft apresentou ao mundo um ecossistema que anda de mãos dadas com o serviço de assinatura, o Game Pass. Isso permite que mais jogadores ingressem na marca Xbox sem ter que possuir nenhum dos novos consoles. Os consoles se tornaram a forma premium de desfrutar de videogames, mas é claro que não a única.

Acima de tudo, o futuro do Game Pass está ao lado do xCloud, que abrirá ainda mais possibilidades para que os jogos do Xbox estejam disponíveis em uma série de dispositivos. Isso é algo que a Microsoft atualmente tem uma vantagem sobre a Sony. Portanto, a chave está em como atrair desenvolvedores, terceiros , para o serviço. The Verge recentemente teve a oportunidade de falar com Phil Spencer.

De acordo com Phil Spencer, há vários acordos sendo feitos para jogos no Xbox Game Pass que não são feitos diretamente por seus próprios estúdios.

Nossas ofertas estão, eu diria, em toda parte. Isso parece não planejado, mas na verdade é baseado nas necessidades do desenvolvedor. Uma das coisas que tem sido bom ver é que um desenvolvedor, geralmente um desenvolvedor de pequeno a médio porte, pode estar lançando um jogo e dizendo: “Ei, estamos dispostos a colocar isso no Game Pass no dia do nosso lançamento, se vocês quiserem, dê X dólares agora”. O que podemos fazer é criar uma base para eles em termos de sucesso de seu jogo. Eles sabem que receberão esse reembolso.

Phil Spencer prossegue dizendo que existem negócios onde os desenvolvedores podem ser recompensados ​​por toda a produção. Outros são mais propensos à ideia de ganhar dinheiro com uma taxa única e inicial para permitir o título no Xbox Game Pass. Parece ser algo a ser decidido caso a caso, mas mostra que a Microsoft está disposta a trabalhar com uma variedade de cenários para garantir a presença de títulos de videogame em seu serviço de assinatura . Sem dúvida, será interessante ver como o Game Pass evolui nesta última geração de consoles.

 

200 comments on “Phil Spencer revela que há um plano de negócio para os desenvolvedores virem ao Xbox Game Pass

          1. Falou o “especialista” que falou que SSD dá FPS

            https://uploads.disquscdn.com/images/9a874eb3470f81a2d5d8b7b0c03c5e3af1df629c233381177be0aa11560556c1.png

            E que o SSD do Xbox era “2240”, quando foi confirmado que era um 2230.

            https://uploads.disquscdn.com/images/52df62a6db00e1f8888a629629e0d5355fbd54a5e32be20a57021ca940a4170a.png

            É Carlinhos/Irae, você não pode falar nada dos outros, pois você é tão leigo quanto. E pior: Um leigo que quer se passar por especialista.

          2. a primeira afirmação está correta, você só tem um QI baixo demais pra compreender

            a segunda foi apenas uma pequena confusão, mas que não altera o argumento

          3. tirando esse aí da dell eu só achei 1 da sk hynix que é nvme, e ele custa o olho da cara também e o tamanho máximo é de 512gb e ainda por cima é um ssd lento de apenas 900mb de escrita e 2300mb de leitura

            o meu ponto ainda é válido, não tem ssd nvme 2230 no mercado

          4. Você acabou de se contradizer. Se tem um da Dell e um outro de uma marca, é obvio que existe no mercado.

            E o pior, que você nem pode usar esse argumento, pois o do PS5 é soldado na placa. Ou seja, se o SSD do PS5 queimar, vai custar os olhos da cara para arrumar.

            https://uploads.disquscdn.com/images/bcce8d25a65a6a5115b67d3a9cbde30e21535763196707981fed093985133ee5.png

            E para completar, existem relatos de que mesmo o SSD mais rápido do mercado não é compatível com o PS5 e o sistema do console pede para retirar o SSD… parece estar com uma cara de ser proprietário 🤔

            https://uploads.disquscdn.com/images/9e226010c1945285f5bdacd226b2a3a232d77eb051e71417cce80c648f066524.jpg

            E por fim, você não pode falar que encontrou SSD NVMe no mercado e depois falar que não existem. É desespero de um sonysta leigo que fala?

          5. Você não chega a nem estar errado na verdade.

            Até porque, um SSD é muito mais lento do que uma memória RAM, não importa a taxa de transferência dele. Uma CPU potente, uma GPU potente e mais RAM (principalmente com uma frequência de operação maior) aumentam o FPS, e armazenamento não faz isso.

            E é só usar a lógica: Como que algo que é ordens de magnitude mais lento que uma memória DDR3 das mais vagabundas irá aumentar os FPS dos jogos e dar acesso instantâneo com um tempo de resposta muito maior do que a RAM?

          6. Falou o “especialista” que falou que SSD dá FPS

            https://uploads.disquscdn.com/images/9a874eb3470f81a2d5d8b7b0c03c5e3af1df629c233381177be0aa11560556c1.png

            E que o SSD do Xbox era “2240”, quando foi confirmado que era um 2230.

            https://uploads.disquscdn.com/images/52df62a6db00e1f8888a629629e0d5355fbd54a5e32be20a57021ca940a4170a.png

            É Carlinhos/Irae, você não pode falar nada dos outros, pois você é tão leigo quanto. E pior: Um leigo que quer se passar por especialista.

  1. Eu já estou me acostumando com a ideia do Series S ser um console magnifico, pra quem nunca teve um Xbox, é a melhor escolha, não gasta tanto, e entra com um consolezinho com design ímpar e super bacana.

    Minhas críticas sobre ele ainda ficam, como a retrocompatibilidade do one S, pois deveriam colocar a versão do One X, e a pouca memória RAM aliado com a baixa largura de banda.

    Fora isso é como se ele fosse a ALEXA dos consoles all-in-one, fora que parece que ele será o REI da emulação, até pra rodar switch… show de bola meu amigo.

          1. Claro que tem… é que você só pensa em exclusivos, aí de fato eles estão pecando um bocado.

            Mas pra quem não tem console nenhum, o cara assina a gamepass vai jogar W3, destiny 2 com todas expansões, forza, resident 7, battlefield, finalfantasy XV etc…

          2. alugar é coisa de corno
            compro com gosto, mas só sendo mídia física

            comprar mídia digital = aluguel disfarçado
            assinar serviço de aluguel = corno de corporação

          3. Quer dizer que tu nunca alugou algum filme/jogo na vida?
            Tá forçando muito a barra mano.

            ps: sobre mídia fisica x digital é tudo a mesma coisa, ambas te dão direito de licença de uso próprio, fora que a tendencia é todos os devices com mídia física sejam extinguidos

          4. Mano, a prova do que eu to dizendo são os novos pc’s e notebooks, ambos estão vindo sem leitor de mídia física (pc’s com leitor de mídia física ainda tem alguns que vendem na casas bahiana e nos ricardos eletro da vida, e dos que tem a maioria são somente pra dvd/dvd-rw, leitor de bluray pra pc além de ser escasso é mais caro).

          5. Com q dinheiro… até pc da xuxa tá caro mano… vc mau consegue sair do ps4 fat.. vc é uma piada pronta mesmo…

          6. Quem joga três jogos por ano a mídia física ainda é o caminho mesmo. Pode ficar rejogando os teus três de 2019, os teus três de 2018, os teus três de 2017.

            Game Pass é para quem gosta de videogame.

          7. correção: gamepass é pra quem gosta de tomar no cu, pq quem não tem dinheiro pra comprar jogo deveria piratear, não ficar assinando serviço de aluguel

          8. Quem não tem dinheiro não deveria gastar o que não tem com jogos das últimas gerações, não teria dinheiro para comprar máquinas capazes de rodá-los.
            Os lançamentos para eles é o que aparece na Play Store.

            Quem tem dinheiro para comprar um console atual, ou PC com configuração atual, possui 40 reais por mês para ter acesso descomplicado para mais de 200 jogos da Game Pass.

            O tempo que a pessoa vai gastar para rodar direito UM piratinha é mais caro do que o acesso ao gamepass 😉
            A não ser que não trabalhe e precise pedir pro papai o cartão de crédito para assinar. Aí só sobra piratinha mesmo, ainda mais que o tempo dessa piazada vale nada.

            Mas fez eu refazer a minha frase:

            Game Pass é para quem gosta de videogame e não depende do papai.

          9. Não porque codex já tá difícil de achar, e fora que piratear não se joga online, e vem uma chuva de trojans que podem complicar a performance da sua máquina.

          10. Falou tudo o que cabaço? O retardado fala asneira igual uma metralhadora e vc lambe o saco dele ainda, da uma vergonha alheia gigantesca

          11. Então tá, faz uma cotação de um PC pra rodar Cyberpunk 2077 com o mesmo nível do Series X e depois a gente conversa.

          12. Vamos usar um pouco a mente, se existisse o Game Pass na minha infância tenha certeza que seria perfeito. O pai compra um Series S pro filho de natal, e assina o Game Pass, olha o custo benefício que que essa criança vai ter, mais de 380 jogos por apenas 45,00.
            Hj trabalho, compro tudo o que eu quero, mas se fosse há 30 anos atrás seria perfeito.

          13. O bom da mídia física é poder comprar mais em conta em alguns sites, mas tem muitas promoções legais de mídia digital.
            Por exemplo, hj o Mortal Kombat 11 Ultimate custa:
            Mídia física = 339,00
            Mídia digital = 299,00

            Mas no futuro o valor da Mídia Física vai cair bastante.

          14. Kkkk vc é muito mongolóide, a comodidade da mídia digital matou a mídia física. Só seu tipinho fica chorando por isso. Corporações kkk daqui a pouco vc aparece com um chapéu de alumínio dizendo que os annunakis estão te perseguindo

          15. tu é muito gado
            vc daqui 20 anos:

            “tem que comer inseto mesmo, mêo, comer carne faz mal pra saúde e pro meio ambiente, eu vi na tv”

          16. Mídia física é uma opção, quem está se afastando dela é o consumidor. Assume que dói menos, o choro é livre…

          17. “faz uma cotação de um PC pra rodar Cyberpunk 2077 com o mesmo nível do Series X” e ganha R$1.080,00 de crédito na montagem do PC, que seria o preço de 24 meses de Game Pass Ultimate

            kkkk

          18. Agora os jogos da Bethesda não servem né? Falou o Idiota que acha que é rico por defender a Sony e quer pagar preço cheio em todos os jogos … 🤡

            Prefiro pagar meus 45,00 e jogar esses 380 jogos do Game Pass, quando quero muito jogar algo que não esteja no Game Pass ai efetuo a compra (como por exemplo o Cyberpunk 2077)

          19. Já, é um Xbox one S mais poderoso, só que roda igual 95% dos jogos igual o One… os outros 5% são os que recebeu patch. De resto, mesma coisa de comprar um Xbox One Fat.

          20. R$9,50 o aluguel de um jogo de PS4, por 2 dias, na locadora mais perto da minha casa (5km). E lutar na lista de reserva se quiser jogar lançamento.

            R$45,00 para alugar mais de 380 jogos por 30 dias, da comodidade da sua casa, e sonysta chorão fala que é caro.

            É de dar pena…

          1. a diferença é que ac valhalla tem em seu favor é o gráfico, enquanto nier tem uma história boa e gameplay bom

            difícil argumentar com subhumanos com QI de 69

          1. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣 Irae é muito fácil coitado, é o mascote do WC 🤣🤣🤣🤣

    1. Gamer Careca, ele não tem a retrocompatibilidade do One S.

      Lembre-se, nos consoles de nova geração os frames são dobrados em alguns jogos (muitos a Microsoft está trabalhando como Fallout 4). Gears 5 roda até 120fps, e nem o One X faz isso.

      Mano, isso foi uma notícia bem antiga que você não consegue tirar da sua cabeça por algum motivo.

      1. Meu amigo tem o Series S e X, testei o series S, é o mesmo gráfico do Xonão fat jorge… sem tirar nem por. Não existe diferença.

        Só terá diferença nestes jogos no series S se tiver patch, caso não tenha, ele é a versão de one Fat.

          1. Então foi o que falei. Por exemplo, o COD warzone está com patch pro series S, e ele roda bem melhor no Series S do que no One Fat, legal.

            Agora o resident evil 2 remake, que testamos, é a mesma versão e mesmo framerate jorge, não tem melhorias nenhuma…

          2. Pode sim, só que a diferença é que no PS5 já roda o port do ps4 pro, e não o do fat… só nisso já tem uma boa diferença gráfica dos jogos na retro, pois o do Xbox de 2013 são só alguns jogos a 1080p

          3. RE 2: Remake tem frame-rate desbloqueado, não é possível que não tenha melhoria… Só fazendo um frame-rate test.

          4. “Cap” Como assim, não entendi? Fica 60 FPS no Series S? Por que no One Fat e S fica na maior parte do tempo em 45 FPS.

          5. Então não é o mesmo frame-rate, pra mim já é uma melhoria significativa frame-rate é um dos pontos mais importantes de um jogo. E provavelmente não deve ter drop na resolução.

            Não é a melhor retro de todas, mas não é tão ruim assim, e com o tempo os jogos podem ganhar melhoras…

        1. O Series S possui algumas melhorias em relação aos jogos da retro mas utiliza a resolução do One Fat (ou One S), mas nada tira o brilho desse pequeno console. Ele é surpreendente.
          A única coisa que achei que a Microsoft poderia ter melhorado nele era colocar um SSD de 1Tb nele.
          Acredito que num futuro próximo o Series X vai chegar com SSD de 2Tb e o Series S com um SSD de 1Tb.

      2. Na minha visão, tem jogos que estão otimizados de acordo com o One X, e isso pra quem tem o Series X não, pq tem jogos com a otimização limitada do One X e não tira tudo do Console, e tem jogos q isso ta atrapalhando muito, como o Ark, PUBG, SoD2. No caso do SS, a otimização de acordo com o One X é bem válida.

          1. Sim,com você, Bibinha, minha travekinha preferida . Suga mais que te do mais im mês de mendigo pass 🤣🤣🤣🤣🤣😈

          2. Sua vida amorosa é assistir Sem Pregas e imaginar ele socando no seu bóga 🤣😂🤣😂🤣😂🤣😂🤣

    2. O trunfo do XSS em relação a memoria é o Sampler feedback streaming, vamos ver o quanto essa tecnologia ajuda quando os jogos começarem a usar o DX 12.2

          1. você fica postando esse print como se tivesse dito algo errado, sendo que na verdade tudo que escrevi aí está correto

            é uma pena que você é burrinho demais pra compreender

          2. Na verdade, você não chega nem mesmo a estar errado. E só de afirmar que SSD dá FPS, não levando em conta que o tempo de resposta do SSD é muito mais lento do que a RAM [1], apenas mostra que você é leigo.

            Um processador mais potente, uma GPU mais potente e, dependendo do cenário, mais RAM [2] aumentam o FPS, e armazenamento afeta em nada isso [3].

            Isso, levando em conta apenas a força bruta. Como armazenamento pode aumentar FPS se ele é muito mais lento que a memória RAM?

            Enfim, você é apenas um leigo que se acha especialista, assim como vários “especialistas de youtube” que a gente vê por aí, como o Sem Pregas 🙂

            Fontes no Pastebin: https://pastebin.com/w9Jbawb6

          3. ele não precisa ser mais rápido que a memória ram, só precisa ser capaz de carregar a memória toda em 1 segundo ou menos

          4. Você ainda não chega nem a estar errado com uma afirmação dessa, e isso apenas mostra o quão leigo você é no assunto 🙂

            Como que o SSD irá encher a memória RAM em menos de um segundo, se o tempo de acesso da RAM é medido em nanossegundos e o tempo de um SSD é medido em microssegundos?

            Somente para se ter uma ideia de como é a diferença, se colocássemos o tempo que leva um clock de CPU (0,3 nanossegundos) em segundos da vida real, o tempo de acesso a RAM (125 nanossegundos) demoraria 6 minutos enquanto que o acesso do SSD (50 microssegundos) demoraria 2 dias! [4]

            Um SDD perde desempenho com calor [1], e o PS5 tem um pequeno problema com temperaturas altas [2], inclusive com a memória RAM fritando a 90ºC, devido a solução de refrigeração [3]. Ou seja, o SSD não será usado em sua potencialidade máxima por causa do calor do console.

            É justamente por isso, que SSD não dá FPS, mas você é leigo demais para entender isso, Irae.

            Fontes: https://pastebin.com/n3cdXkWy

          5. Ué, mas os seus argumentos não fazem sentido nenhum a realidade, por isso que você não chega nem mesmo a estar errado, Irae.

            A realidade maior é que: SSD não dá FPS. E otimizações de CPU e GPU fazem muito mais diferença do que poder bruto puro, e não é sempre que um SSD funciona no pico de sua velocidade.

            E explique aí, porque o SSD encher a RAM em 1 segundo daria FPS, sendo que o que processa os FPS é a CPU?

  2. Que ter um plano te trazer um jogo 90+ para os caixistas já estão cansados de jogar flop.
    Meu pêsames aos caixistas viúvas de Halo 97 no metacritic

    1. Eu fui um dos Beta tester a testar ele, foi grátis pra mim por um mês quando estava em teste já q sempre fui Incider, e cara, não consigo viver sem, quem fala mal é pq tem inveja do serviço, la na frente esse serviço vai estar ainda mais espetacular.

      1. mano o cara elogiou um bagui do xbox só que é incrível vei, qual a nescecidade de ser fanboy mlk “ain çoni uins” af da um odio, o uno foi bem mais vendido que um ferrari mas isso n quer dizer que o uno seja melhor ne

          1. Chorar quem ta e muito sao vcs sonystas sendo banidos por querer jogar no ps4 o tal playsterco collection cjora mininum

      2. Existem notícias e notícias de jogos mais caros na PSN, jogos melhores da Plus só no final da geração, metade dos jogos da Gold, exclusivo é gosto.

  3. Quando eu tinha PS4 os meus problemas era falta de jogos, controle que era a bateria ainda que tinha poucas horas de duracao, barulho do console que atrapalhava a minha gameplay e por fim a dasboard e o navegador que vivia travando

    No Xbox o meu único problema é tempo pra jogar tantos jogos

    1. dash/navegador travando: hd com problema

      falta de jogos: falta de dinheiro pra comprar os jogos

      bateria curta: verdade

      console barulhento: ou era o modelo fat ou tava muito sujo por dentro ou com pasta térmica seca

  4. bizarro, de um lado cara podendo jogar até no seu smartphone, do outro cara tendo que estender uma cama na calçada pra dormir numa fila de pessoas esperarando pra comprar uma das duas unidades de PS5 à venda.

    1. Infelizmente esse “poder jogar até no seu smartphone” ainda vai demorar bastante pra pegar.
      Por mais que já faça parte da nossa realidade e de vários outros lugares, na maior parte do mundo não existe infra estrutura de conexão e servidor suficientemente boa pra se ter uma qualidade aceitável.

      1. Porém, aparentemente o futuro dos jogos é esse, e a Microsoft está se preparando pra isso.

        Vai demorar um pouco para pegar, mas nada melhor estar preparado quando isso for popular, mas não vejo nem a Sony e nem a Nintendo se preparando pra isso, e espero que quando isso começar a ficar forte, as duas acordem e comecem a correr atrás disso.

          1. Tipo, a Microsoft está levando o “Play Anywhere” realmente a sério.

            Gosta de Xbox? Jogue nativamente no Xbox. Gosta de PC? Não se preocupe, os nossos jogos estão lá para você jogar. Não tem condições de comprar um PC e não quer comprar um Xbox? Assine o Gamepass Ultimate e jogue via xCloud.

            E também, até a opção de jogar no Browser eles estão trazendo (https://www.theverge.com/2020/10/8/21508706/microsoft-xcloud-ios-web-browser-2021). Realmente, jogar em todo lugar e levar os seus jogos com você e na palma da sua mão.

            Momento de Viagem Braba: Pode ser que a Microsoft esteja criando um mercado próprio pra ela, onde ela irá estar em todo lugar. Seja num console próprio, nos concorrentes, no PC, no seu Celular ou na sua TV

            OFF: Poderia ser um ótimo momento para a Motorola fazer uma parceria com a Microsoft lançar um novo Moto Z com uma assinatura Gamepass Ultimate incluída por um ano junto com o Snap de Gamepad na caixa. Pra mim, casaria perfeitamente. Ou mesmo, a Samsung fazer algo parecido.

            https://uploads.disquscdn.com/images/4cbdab26c702668a16be3c5086c25819ef8eaafe3bc10dea7bb8c4b407f538cc.jpg

          2. por enquanto, sim. mas pelo que notícias dizem, há projetos de levar primeiramente pra smarttvs e depois smartphones

  5. No futuro as empresas iram pedir pra colocar seus jogos no game pass pq só de aparecer no anúncio do jogo do mês vai fazer a galera testar e vai fazer um marketing pessoal bem eficaz do produto, é claro a MS pagando tbm
    Digo vai ficar muito fácil a a negociação pra Microsoft

  6. A Microsoft até agora não aproveitou o Game Pass como deveria.

    Game Pass não é como Netflix que eles lançam as séries completas lá e pronto. É preciso entregar um produto liso. Primeira coisa que deveria ter sido feita quando houve a ideia de colocar os exclusivos no Game Pass é desenvolver um padrão mínimo de qualidade pros jogos publicados pela XGS. O que, a julgar pelo desastre do Halo Infinite, ninguém se preocupou em fazer.

    É inadmissível saírem jogos tão bugados como Gears 5 e Ori no serviço. Ori estava injogável, esperei umas 2 semanas antes de encostar no jogo de novo. Você perde toda a vantagem de ser day one no serviço. Se for assim, melhor esperar vir promoção e comprar.

    No final das contas o Game Pass acabou beneficiando mais os jogos que não foram publicados pela Microsoft, pois essas publishers usam o serviço como vitrine/degustação pra dar um gás em seus jogos. O que beneficia o Xbox mas não sei se é esse o principal objetivo deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *