Carregando...

Phil Spencer: Xbox Series X sendo ‘freado’ pelo Xbox One é um meme criado por obsessivos em guerra de consoles

Phil Spencer, líder do Xbox.

O chefe do Xbox, Phil Spencer, conversou com o GamesIndustry.biz no fantástico artigo mais recente do site sobre a Xbox Game Studios, e vamos abordar mais algumas declarações que o líder disse sobre sua visão na indústria dos jogos eletrônicos. Dessa vez, Spencer rebate alegações de que o Xbox Series X será “retido” pelo Xbox One.

Isso decorre de uma entrevista do MCVUK com o chefe do Xbox Games Studios, Matt Booty, em janeiro, que explicou na época que “quando nosso conteúdo sair no próximo ano, ou dois anos, todos os nossos jogos, da mesma forma que ocorre na indústria dos PC, serão jogados para cima e para baixo nessa família de dispositivos”.

Em outras palavras, todos os jogos lançados para o Xbox Series X em seus anos iniciais serão lançados também para o Xbox One. Por exemplo, nos PCs, quando sai um novo jogo que roda em máquinas mais potente, também roda máquinas mais fracas, e isso não “freia” ou retém o poder. Na prática, jogos como Halo Infinite irão sair para Xbox One e Xbox Series X.

Como resultado, algumas pessoas sugeriram que o Xbox Series X pode ser freado pelo suporte ao Xbox One também, com Spencer respondendo ao seguinte:

“Francamente, retido [freado/contido] é um meme criado por pessoas que são obcecadas com a guerra de consoles …”

“Sim, todos os desenvolvedores encontrarão uma linha e dirão que este é o hardware que eu suportarei, mas a diversidade de opções de hardware no PC não impediu os jogos de PC de maior fidelidade no mercado. O PC de maior fidelidade rivaliza com qualquer coisa que alguém já tenha visto em videogames.Então, essa ideia de que os desenvolvedores não sabem como criar jogos, engines de jogos ou ecossistemas que funcionam com um conjunto de hardware … há um ponto de prova no PC que mostra que não é esse o caso“.

O chefe dos estúdios da Xbox Games, Matt Booty, também explicou que suas equipes têm um bom conjunto de habilidades em arquitetar coisas que são escaláveis ​​e que ele não acredita que as equipes estejam em uma situação em que não estejam aproveitando ao máximo o que é dado a eles no Xbox Series X.

O que vocês acham?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.