Carregando...

PlayStation não deseja imitar o Xbox Game Pass

A Sony está ciente do potencial do PlayStation Now e de seus estúdios internos, mas não deseja imitar a estratégia da Microsoft e do Xbox Game Pass em termos de lançamentos de first party em seu serviço de streaming. A empresa japonesa sabe que o futuro da distribuição digital envolve a oferta de jogos exclusivos e de alto perfil, mas, no momento, não deseja adotar uma posição comercial semelhante à Redmond. Segundo Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment, a qualidade de seus produtos é enorme e não se encaixaria nesse planejamento.

No momento, a Microsoft tem uma ideia clara: seus jogos estão disponíveis no dia do lançamento no Xbox Game Pass, o serviço de assinatura. Por exemplo, Forza Horizon 4 ou Gears 5 estão disponíveis a partir do momento em que são lançados no mercado, permitindo que os jogadores desfrutem sem precisar comprá-los. Jim Ryan acredita que a Sony deve abordar seus sucessos de bilheteria e first part do PlayStation Now de outra perspectiva. De fato, não esperem que The Last of Us Part 2 entre no PSN Now no dia do lançamento.

“É uma área que muda rapidamente, de forma constante e fluida”, explicou Ryan à GamesIndustry. “A natureza e a escala de alguns dos first party que estamos fazendo nos levam a pensar que, no momento, é melhor gastar energia para garantir que o lançamento desses jogos seja um grande evento de entretenimento”, confirma Ryan em em relação às manobras publicitárias e aos desafios de colocar esse jogo no mercado pelos métodos tradicionais, mais próximos dos filmes cinematográficos.

“No entanto, nossa posição sobre a inclusão de jogos de first party no PlayStation Now é muito diferente , especialmente se compararmos o que começamos a fazer este mês em relação ao ano passado”, disse ele. “Não quero dizer ou afirmar que o PlayStation Now será assim para sempre. Mas certamente, agora, já que parte de nossas sagas de first party é tão incrivelmente especial e valiosa, a verdade é que queremos tratá-las com incrível cuidado e respeito, e por isso esses lançamentos são limpos e puros“, concluiu.

Nas últimas semanas, o PS Now recebeu descontos nos preços e até lançando alguns de seus exclusivos para o público do PC, mas tais jogos não são lançamentos.

O que vocês acham? A Sony está certa?

 

Fonte

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.