Xbox Scorpio rodará jogos Win32 (da Steam) que chegarão à Windows Store?

project-scorpio

Este é uma das perguntas mais emblemáticas para o público que acompanha o desenvolvimento do Windows 10 e os passos da Microsoft. Inclusive, muitos acreditavam que o anúncio “bomba” da E3 2016 fosse justamente a revelação do Projeto Centennial ser compatível com o Xbox.

A Microsoft está em trabalho árduo para unificar todos os seus produtos concentrando tudo em uma única loja, a Windows Store. Enquanto a Steam é restrita aos PCs, a Microsoft quer atingir de celular a consoles com uma tacada só.

Contudo, a Steam é muito mais farta de grande títulos do que a Windows Store. Isso ocorre pelo fato da Microsoft ainda estar trabalhando com as desenvolvedoras para que liberem seus jogos em sua loja, e para isso se torne um fato, ou seja, para vermos os jogos mais antigos que não foram criados em UWP na Windows Store, a Redmond usará o Projeto Centennial.

O que isso significa para o Projeto Centennial? Chega aos consoles?

[youtube]ON54dN32m2A[/youtube]

O Projeto Centennial, no contexto de jogo, foi demonstrado por Phil Spencer na Build 2016, é um sistema que permite ao desenvolvedor tornar um jogo Win32 (típico da Steam) em um UWP para ser levado até a loja do Windows 10. A Microsoft demonstrou isso com Age of Empires II HD e The Witcher 3, e afirmaram que foi fácil a conversão.

No entanto, de acordo o Windows Central, o Projeto Centennial não está sendo usado para no Projeto Scorpio. Jogos convertidos dessa forma para UWP ainda são, em seu núcleo, Win32, o que significa que o Project Scorpio e o Xbox One não serão capazes de executá-los. Alguns especularam que o Scorpio poderia vir com uma arquitetura mais parecida com o PC, permitindo que os jogos do Centennial funcionassem no sistema.

O fato do Scorpio exigir que os desenvolvedores construam seus jogos de forma nativa (UWP) com o novo XDK, garante que a Microsoft mantenha a promessa de que o Scorpio não terá jogos exclusivos em relação ao Xbox One original (com exceção do VR). Se o Scorpio rodar os “jogos da Steam publicados na Windows Store” iria quebrar a paridade de games com o Xbox Original.

Então, a Windows Store tentará competir com a Steam?

jogos-steam

A curto prazo? Provavelmente não. Isso só será possível quando a Microsoft amadurecer melhor o Project Centennial e lançar o Projeto Scorpio. O primeiro ficará responsável por trazer o vasto legado dos jogos que presentes no Windows para a loja e o segundo será uma peça fundamental na criação de novos jogos UWP. A essa atura você já conhece o Projeto Helix, certo?

Mike Ybarra, da Microsoft, afirmou anteriormente que não vê o Xbox “se tornando a Steam”, e de fato, os jogos UWP .appx podem ser distribuídos em lojas de terceiros, como a Steam. A Microsoft não quer acabar com nada, quer apenas ampliar a sua competitividade.

Um jogo UWP têm algumas vantagens sobre os jogos Win32 tradicionais. Desenvolvido corretamente com o DX12, os títulos UWP usam os recursos do sistema de forma mais eficientemente, tornando a multi-tarefa muito mais fácil, por exemplo. O Scorpio será decisivo a “obrigar” aos desenvolvedores a se valerem do DX12.

No entanto, UWP ainda precisa amadurecer. É algo completamente novo que os desenvolvedores terão que reprender a explorarem para extrair todo o seu potencial. Como exemplo recente, a Activision não conseguiu fornecer cross-play entre as versões de PC do UWP e do Win32 do Call of Duty Infinite Warfare, apesar da Windows Store suportar essa funcionalidade. Os Mods também precisam ganhar atenção no UWP e consoles.

De qualquer maneira, o Project Scorpio chega para mudar o cenário gaming, ele é uma peça fundamental para o sucesso da Plataforma Universal (UWP) presente no Windows 10.  Quanto aos 4K? O Scorpio muito mais além que isso.

Fonte: Windows Central.

9 comments on “Xbox Scorpio rodará jogos Win32 (da Steam) que chegarão à Windows Store?

      1. Sim, evoluindo se encaixa muito bem, se isso realmente acontecer o Xbox ganhará muito, mas muito mais jogos e entre um PC Gamer e um Consoler o consoler sai bem mais barato e a pessoa não se preocupara com especificações, então… Bom, realmente seria muito bom.

  1. Eu não acho que o Xbox precisa desse projeto centennial pra se tornar competitivo também no PC. Não é necessário reaver todos os jogos já lançados no passado para tal. Basta disponibilizar os mais recentes games na Windows Store, de agora em diante, todos o que vierem a ser lançados. Só isso…

  2. O problema que vejo de rodar qualquer jogo é que deixaria os devs “relaxados” pq não precisariam otimizar o jogo pro console pra lançar nele e ao mesmo tempo deixaria a experiência do jogador prejudicada.. hoje eu compro e executo qualquer jogo da loja do Xbox e sei que vai rodar bem, com menus visíveis mesmo a distancia e que vou poder jogar no controle, se liberar qualquer jogo alguns deles podem não ter esses “requisito” (como um jogo de estratégia por exemplo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *