Carregando...

Próxima conferência do Xbox poderá exibir três novos IPs, novos consoles, nuvem e muito mais

No domingo, a Microsoft irá para Los Angeles, onde a empresa realizará a palestra anual da E3. Ao contrário dos anos anteriores, a empresa já deve chegar com todos os holofotes, já que não dividirá as atenções com a Sony que resolveu não participar, e com o xCloud e uma nova geração de consoles no horizonte. A empresa tem muito o que falar.

Nas últimas semanas, fóruns, Twitter, Reddit e quase todas as outras comunidades de jogos foram preenchidos com “vazamentos”. Embora acreditamos que a maioria deles seja simplesmente uma suposição lógica, Brad Sams conversou com muitas pessoas da indústria e com pessoas de dentro da Microsoft, e falará o que poderá acontecer no evento. Cabe notar que, Brad é um dos maiores “vazadores” da Redmond, então encare isso como um rumor muito forte.

Do lado do hardware, é esperado que a Microsoft quebre o sigilo sobre os seus próximos consoles de codinomes Anaconda e Lockhart. Para aqueles que estão esperando para ver uma lista de especificações cruas, aparentemente não será o momento. Em vez disso, a empresa deverá mostrar o desempenho para o hardware; Parece que Lockhart e Anaconda estão tendo pelo menos um ganho de desempenho alto comprado com a atual geração.

Além disso, a empresa provavelmente destacará os recursos da nova plataforma, como o uso de unidades de disco, gráficos Navi, Zen 2, retrocompatibilidade e outros componentes da plataforma AMD. Além disso, espere ouvir sobre como esses novos consoles podem aproveitar os jogos Xbox One X e aprimorar os gráficos e a experiência de jogo. Mantendo as especificações explícitas, isso permite que a empresa fale sobre os recursos subjacentes do console sem jogar falar de tudo detalhado.

E há uma razão importante por trás dessa abordagem, as configurações finais e o desempenho ainda estão em desenvolvimento. Tenha em mente que esses consoles estão a mais de um ano de distância, a Microsoft não anunciará tudo neste evento, apenas o suficiente para manter o evento interessante, mas eles reterão os principais detalhes até o lançamento.

No lado dos jogos, a Microsoft exibirá 14 títulos de seus próprios estúdios, de acordo com Phil Spencer. Dessa forma, espero que títulos como Gears of War 5 (codinome Halifax) tenham uma forte presença, e também veremos itens como o novo DLC para o State of Decay 2, o Forza Horizon 4 Expansion 2, o trailer e gameplay de Halo Infinite, Age of Empires, detalhes de Fable podem ser jogados também; Parece que haverá pelo menos três novos IPs que não vimos anteriormente.

Para o Halo Infinite, esta será a primeira exibição real do jogo da próxima geração. A Microsoft executará as demonstrações de um PC com um controle do Xbox, já que elas não querem que a primeira impressão do novo jogo seja executada no hardware Xbox One, agora datado.

Além de a Microsoft ter uma sólida presença em first party, fontes da empresa segundo Brad disseram que esta é uma das mais fortes exibições de empresas com a ajuda de terceiros em sua história na E3. Mas a queridinha do evento será o serviço xCloud da empresa. A Microsoft tem falado sobre este serviço há cerca de um ano e na E3 teremos uma nova visão da oferta. Aparentemente vai contra-atacar os 10,7 teraflops do Google Stadia.

Como a Microsoft anunciou na semana passada, o GamePass para o PC será discutido com muito mais detalhes. A empresa estava trabalhando em um novo aplicativo de PC para o serviço com o nome de código Garrison e o WalkingCat encontrou evidências de sua existência. A Microsoft também está renomeando hoje o aplicativo Xbox PC para o Xbox Console Companion, abrindo caminho para o novo aplicativo chegar em um futuro muito próximo. Além disso, é possível que o Game Pass para o PC seja incluído no Game Pass Ultimate.

Ainda há dúvidas se a Microsoft terá um SKU separado para apenas o GamePass no PC. De acordo com marcas registradas francesas, parece que será esse o caso, uma vez que a Microsoft reivindicou o nome para proteção de direitos autorais, mas eles também poderiam estar fazendo isso para simplesmente se proteger legalmente e não lançar o SKU independente. E, claro, você pode esperar que novos anúncios de jogos para o Game Pass sejam anunciados.

Já que a Sony não estará por perto, parece que eles realmente irão dobrar o cronograma para um dos melhores em anos. Com Phil Spencer agora no topo da Xbox por vários anos, seus planos de transformar a marca estão começando a se materializar. Entenda que, acompanhamos a Microsoft há muitos anos, inclusive desde o Windows Mobile e Windows Phone estavam no mercado, e Brad sempre foi muito confiável, este é um dos melhores rumores que você ouvirá sobre a E3. O próprio nome “Scarlett” foi ele quem descobriu.

O que vocês acham?

Fonte

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.